37

Da redação do SportsManaus, com informações da ESPN.com.br – Francisco De Laurentiis

A luta do Palmeiras para tentar ser bicampeão brasileiro ficou mais complicada neste domingo.

Foto: Agência Galo / Clube Atlético Mineiro

Mesmo jogando no Allianz Parque, o Verdão teve uma atuação muito irregular e só empatou por 1 a 1 com o Atlético-MG, pela 23ª rodada do torneio.

O tento atleticano saiu dos pés de Nathan, no último lance da primeira etapa.

Em bela jogada individual na meia-lua, ele tirou a marcação para dançar e bateu cruzado, acertando o cantinho de Weverton.

No segundo tempo, o Galo só se defendeu, e o Verdão achou o empate no abafa: em bela troca de passes com Gustavo Scarpa, Dudu acertou belo chute e igualou.

Nos minutos finais, o Alviverde pressionou em busca da virada, mas ela não veio.

Com o resultado, a equipe comandada por Mano Menezes vai a 47 pontos e vê o Flamengo ampliar sua vantagem na ponta para 5 pontos, com a vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense, na manhã deste domingo.

O time de Rodrigo Santana, por sua vez, vai a 31 pontos, em 11º lugar.

Na próxima rodada, o Palmeiras visita o Santos, atual 3º colocado, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), na Vila Belmiro.

No dia seguinte, às 20h, o Atlético visita o líder Flamengo, no Maracanã.

O JOGO

No Allianz Parque, a primeira boa chegada foi do Atlético: em cobrança de falta de intermediária, Otero soltou um balaço, que saiu zunindo por cima do travessão de Weverton.

O Galo jogava fechadinho, com três zagueiros e os laterais dando apenas subidas tímidas. Isso, aliado ao gramado ruim, fazia o Palmeiras ter dificuldades para concatenar as jogadas de ataque.

Enquanto isso, os mineiros seguiam especulando nos chutes de longe: aos 10, Otero teve nova oportunidade em cobrança de falta, e dificultou para Weverton, qeu fez a defesa em dois tempos.

Pouco depois, o time alvinegro teve outra chance de ouro de abrir o placar: Luan cruzou da esquerda, a bola passou por todo mundo e Di Santo, completamente livre, finalizou horrivelmente, perdendo um gol feito.

A resposta alviverde veio aos 20: após confusão na área, Lucas Lima fez o cruzamento e Gustavo Gómez apareceu para cabecear na pequena área, mas pegou mal na bola e acabou jogando nos braços de Cleiton.

Depois disso, o Verdão passou a ficar bastante com a bola, mas sem conseguir ameacar de maneira efetiva a meta atleticana. Os visitantes, por sua vez, se defendiam bem e fechavam os espaços corretamente.

Por meio da bola aérea, o Galo ainda criava perigo: aos 38, Fábio Santos apareceu de surpresa no segundo pau após bom cruzamento de Guga e testou forte, mas por cima do gol de Weverton.

Pouco depois, aos 42, foi a vez de Di Santo aparecer muito bem na área e acertar uma forte cabeçada, exigindo ótima defesa do arqueiro palestrino.

Réplica alviverde: Gustavo Gómez raspou de cabeça após cobrança de falta na área e levou perigo à meta de Cleiton, aos 45.

Já nos acréscimos, Otero mandou mais um foguete de longe, que tinha endereço certo. Weverton, em mais uma oportunidade, salvou o Alviverde com uma ótima defesa.

Mas o arqueiro palestrino não pode fazer nada no último lance de ataque da primeira etapa: Nathan carregou pelo meio, tirou dois marcadores com um drible para a direita e bateu cruzado, no cantinho, para abrir o placar.

Gol merecido de um Galo melhor em campo na etapa inicial.

Na volta do intervalo, o Palmeiras quase empatou logo em seu primeiro lance de ataque: Dudu bateu escanteio e Borja cabeceou, mas Cleiton, bem colocado, fez a defesa sem dar rebote.

Mas o Verdão, assim como na primeira etapa, voltou insosso ao jogo, sendo facilmente anulado pela boa marcação montada por Rodrigo Santana no Atlético.

Para tentar mudar o panorama do jogo, o técnico Sidnei Lobo, que atuou no lugar do ssupenso Mano Menezes, tirou Lucas Lima e colocou Deyverson para brigar pelas bolas aéreas.

Do outro lado, Santana respondeu tirando Luan, completamente exaurido e com dores, para colocar Maicon Bolt e puxar contra-ataques em velocidade.

Na sequência, Lobo mexeu novamente, sacando Borja e colocando Gustavo Scarpa para voltar a ter um armador. O Galo também mudou: Ricardo Oliveira entro no lugar de Di Santo.

O Verdão seguiu insistindo nas bolas aéreas para tentar encontrar o empate. Ao 28, Diogo Barbosa cruzou e Deyverson testou para o fundo das redes, mas a arbitragem assinalou impedimento.

Em sua última alteração, Lobo tirou Felipe Melo, já sem função em campo, e colocou Raphael Veiga para tentar aumentar o volume ofensivo.

A pressão aumentou, e o empate saiu: em uma linda jogada, Dudu tabelou com Gustavo Scarpa e bateu colocado, sem chances para Cleiton.

No embalo da torcida, o Alviverde partiu para a pressão total e martelou em busca da virada.

Ela quase veio aos 42, quando Marcos Rocha bateu escanteio, Vitor Hugo cabeceou e exigiu milagre de Cleiton, que buscou no cantinho e salvou o Galo.

E mesmo com 6 minutos de acréscimo, o Palmeiras não conseguiu o gol da vitória, ficando mesmo no empate no Allianz Parque.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 x 1 ATLÉTICO-MG

Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Data: 6 de outubro de 2019, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Público: 32.659 pagantes
Renda: R$ 2.052.902,35
Árbitro: Rafael Traci
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro e Alex dos Santos
VAR: Rodrigo Nunes de Sá
Cartões amarelos: Dudu e Gustavo Gómez (PAL); Cleiton, Léo Silva, Di Santo e Luan (ATL)

GOLS
PALMEIRAS
: Dudu, aos 38 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Nathan, aos 47 minutos do primeiro tempo

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Raphael Veiga), Bruno Henrique e Lucas Lima (Deyverson); Willian, Dudu e Borja (Gustavo Scarpa) Técnico: Sidnei Lobo

ATLÉTICO-MG: Cleiton; Guga, Maidana, Léo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Nathan (Zé Welison), Elias, Luan (Maicon Bolt) e Otero; Di Santo (Ricardo Oliveira) Técnico: Rodrigo Santana



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.