Site www.sportsmanaus.com.br full screen background image

Aniversariante Bruno Henrique faz dois, Palmeiras supera expulsão e vence o Ceará

27

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações da GAZETA ESPORTIVA – Bruno Calió -São Paulo, SP

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press 

O Palmeiras é mais líder do que nunca no Campeonato Brasileiro. Com dois gols de Bruno Henrique, que completou 30 anos neste domingo, o Verdão jogou com um a menos todo o segundo tempo, e conseguiu vencer o Ceará por 2 a 1 no Pacaembu. Agora, o Alviverde seca os rivais Internacional e Flamengo para manter os seis pontos de vantagem conquistados na liderança do Brasileirão.

Durante a semana, Dudu, que assistiu o primeiro tempo do banco de reservas já havia avisado: o Alviverde esperava mais dificuldade diante do Vozão do que contra São Paulo e Grêmio, seus jogos anteriores. E a preocupação palestrina se justificou desde os primeiros minutos.

O Ceará começou melhor o jogo e conseguiu assustar o goleiro Weverton com boas finalizações e levantamentos para a área. O domínio mandante só foi retomado quando a equipe ficou à frente no placar.

Aos 14 minutos, Hyoran cobrou escanteio, Willian desviou de cabeça e Edinho fez o corte com a mão. Depois de muita reclamação dos palmeirenses, o árbitro consultou o auxiliar de linha de fundo e marcou o pênalti. Na cobrança, o aniversariante Bruno Henrique bateu no meio do gol e abriu o marcador.

O placar aberto fez o jogo se desenhar como mostra a tabela de classificação do Brasileirão: um duelo do líder contra uma equipe que luta para fugir da zona de rebaixamento. E com 34 jogados, Bruno Henrique deu mais um presentão para a torcida ao receber na intermediária, adiantar a bola com a sola da chuteira e mandar uma bomba cruzada de perna direita para ampliar a vantagem alviverde.

Deyverson complica o Verdão

O jogo era mais do que tranquilo para o Palmeiras até os minutos finais do primeiro tempo, quando o destempero de Deyverson quase colocou tudo a perder. Após Felipe Melo sofrer falta não marcada pela arbitragem, o centroavante deixou o pé na barriga de Richardson e foi expulso pela terceira vez na temporada.

Ao deixar o campo, o camisa 16 pediu desculpas aos torcedores e foi aplaudido, diferente de Lisca. Reclamando muito com a arbitragem, o treinador do Ceará foi xingado pela torcida, se virou para as arquibancadas com as mãos na cintura e observou. Na sequência, o ‘Doido’ foi expulso, deixou o campo discutindo com os palmeirenses e fez gestos de “roubo” com as mãos.

Melhor para o Ceará, que perdeu seu comandante, mas atuou todo o segundo tempo com um jogador a mais. Mesmo com o cartão vermelho, Felipão optou por não mexer na sua equipe e quase foi premiado nos primeiros minutos da etapa final, mas o Verdão desperdiçou dois contra-ataques claros em superioridade numérica.

E pouco após o segundo contragolpe, o Ceará colocou ainda mais fogo no jogo. Leandro Carvalho recebeu pela direita, foi para cima da marcação e conseguiu cruzamento rasteiro para Arthur Cabral, que, sozinho, empurrou para o fundo das redes.

Felipão, que já havia trocado Mayke por Jean por conta de um problema físico do camisa 2, lançou Dudu em campo na vaga de Hyoran. O camisa 7 entrou bem no jogo e o Verdão conseguiu equilibrar as ações apesar dos 10 em campo, mas foi o Vozão quem seguiu melhor na partida.

Com Willian sozinho no comando de ataque, jogando bem, mas visivelmente cansado, o Palmeiras passou sufoco nos minutos finais. Cada bola tirada da defesa era uma vibração da torcida e dos atletas em campo, que mais pareciam palmeirenses desde criancinhas. E assim, o Verdão conseguiu segurar a vantagem no placar até o minuto final, para a alegria dos mais de 33 mil alviverdes no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA 
PALMEIRAS 2 x 1 CEARÁ

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 21 de outubro de 2018, domingo
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro – GO
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (GO) e Cristhian Passos Sorence
Público: 33.355 pagantes (36.323 total)
Renda: R$ 1.178.690,00

Cartões amarelos: Bruno Henrique, Lucas Lima, Mayke e Hyoran (PALMEIRAS); Samuel Xavier e Richardson (CEARÁ)
Cartão vermelho: Deyverson (PALMEIRAS)

GOLS:
PALMEIRAS: Bruno Henrique, aos 17 e 34 minutos do primeiro tempo
CEARÁ: Arthur, aos nove da etapa final

PALMEIRAS: Weverton; Jean (Mayke), Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique (Moisés) e Lucas Lima; Willian, Hyoran (Dudu) e Deyverson
Técnico: Luiz Felipe Scolari

CEARÁ: Everson; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Alves e Felipe Jonatan (Ricardinho); Edinho (Ricardo Bueno), Richardson, Calyson, Juninho Quixadá (Felipe Azevedo) e Leandro Carvalho; Arthur
Técnico: Lisca



Paulo Rogério/sportsmanaus@gmail.com

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) / +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.