full screen background image

Antes da final, Renato repete: ‘Fui melhor que Cristiano Ronaldo’

53

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações da ESPN.com.br

Conhecido pelas suas declarações polêmicas, Renato Gaúcho voltou a dar uma das suas. Nesta sexta-feira, na véspera da decisão do Mundial de Clubes da Fifa, o técnico do Grêmio refirmou ser melhor que Cristiano Ronaldo, recém-coroado pela quinta vez o melhor jogador do mundo.

O treinador tricolor até elogiou o “Gajo”, grande destaque do Real Madrid, seu adversário na finalíssima, mas recordou que muitos dos jornalistas presentes na sala de imprensa não o acompanharam nos tempos de jogador profissional, entre 1982 e 1999.

– Eu mantenho o que disse. Cristiano Ronaldo é um grande campeão, todos os anos procura quebrar os próprios recordes. É fácil para vocês que não me viram jogar. Minha opinião continua – disse.

A primeira vez que havia dado seu veredito foi em 2013, no programa “Bem Amigos”, do SporTV. Em fevereiro deste ano, em participação no Bola da Vez, ele voltou a garantir que era mais jogador que o craque português. 

– Muita gente hoje é de uma geração que acompanha o Cristiano Ronaldo. Essa geração não me viu jogar. Daí você pega a geração da antiga, que me viu jogar, e pode ter certeza que é outra opinião – afirmou, à oportunidade. 

– Queria ver Cristiano Ronaldo jogar nos clubes onde joguei – em alguns com três, quatro meses de salários atrasados – e ser campeão como eu fui – declarou com um tom de desafio: “‘E, oh, são esses que vão jogar com você'”. 

– E eu queria estar no Real Madrid hoje, jogando uma vez por semana, com campo bom e jogando com aqueles colegas que ele tem ao lado, monstros. Só isso queria ver – falou o atacante campeão mundial em 1983.



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.