Após Messi falar em ‘corrupção’ na Copa América, Conmebol dá resposta em nota oficial: ‘Falta de respeito’

337

Da redação do SportsManaus, com informações do LANCE! – São Paulo (SP

Entidade divulgou comunicado depois de críticas do camisa 10 da Argentina

Foto: Nelson Almeida/AFP

Após a vitória da Argentina sobre o Chile, neste sábado, na disputa do terceiro lugar da Copa América, Lionel Messi detonou a Conmebol e a organização da competição. O jogador, que foi expulso no primeiro tempo de forma direita – pela segunda vez na carreira -, não foi receber a medalha da posição e disparou que o torneio estaria armado para o Brasil ser campeão. Após grande repercussão das declarações, a Conmebol rebateu Messi em nota oficial e avaliou os comentários como “falta de respeito”.

No comunicado, publicado pela Conmebol em suas redes sociais no fim da noite deste sábado, a entidade vê as declarações de Messi como “falta de respeito”. No entanto, o nome do camisa 10 argentino não é citado no texto. Leia na íntegra abaixo.

– No futebol às vezes se ganha e às vezes se perde, e um pilar fundamental do fair play é aceitar os resultados com lealdade e respeito. O mesmo ocorre para as decisões arbitrais, que são humanas e sempre serão perceptíveis.

É inaceitável que em função de incidentes próprios da competição, que contou com 12 seleções em igualdade de condições, se lancem acusações infundadas que faltam com a verdade e põem em discussão a integridade da Copa América.

Tais acusações representam uma falta de respeito à competição, a todos os futebolistas participantes e às centenas de profissionais da Conmebol, instituição que desde 2016 vem trabalhando incansavelmente pela transparência, profissionalização e desenvolvimento do futebol sul-americano Em zona mista depois do apito final de Argentina 2 x 1 Chile, Messi não mediu palavras para criticar a Conmebol.

– Lamentavelmente vejo que esta Copa América está armada para o Brasil. Espero que a arbitragem não prejudique a final deste domingo. Não temos que fazer parte desta corrupção, foi falta de respeito o que sofremos durante a competição. A corrupção, os árbitros e tudo não nos permitiram que joguemos o nosso futebol – disse o jogador.

Por conta da expulsão, Messi terá de cumprir suspensão na estreia da Argentina na próxima eliminatória para a Copa do Mundo, que começa em março de 2020.



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.