Argélia bate Senegal e leva o título da Copa Africana de Nações

56

Da redação do SportsManaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – São Paulo, SP

Foto: Javier Soriano/AFP

A Argélia conquistou o título da Copa Africana de Nações, nesta sexta-feira, depois de bater o Senegal por 1 a 0 na decisão. Um gol de Baghdad Bounedjah, logo aos dois minutos de jogo, deu a vitória para os argelinos, que levantam a taça pela segunda vez em sua história.

O primeiro título dos argelinos foi em 1990, quando a seleção bateu a Nigéria na edição que aconteceu no país. Desde então a Argélia não chegava em uma final de Copa Africana.

Já o Senegal perdeu a oportunidade de levantar o título pela primeira vez. Liderados pelo craque Sadio Mané, que atua pelo Liverpool, os senegaleses jogaram a final pela segunda vez em sua história. A outra decisão foi só em 2002, quando a equipe perdeu para Camarões nos pênaltis.

O jogo – As redes não demoraram para balançar em Cairo. Logo na primeira chegada de perigo no ataque, aos dois minutos, a Argélia abriu o placar. O camisa 9 Baghdad Bounedjah recebeu em profundidade e bateu da entrada da área. A bola desviou na zaga, subiu muito e enganou o goleiro senegalês, caindo dentro do gol.

O Senegal só deu uma boa resposta aos 37 minutos, com M’Baye Niang. O centroavante recebeu de costas para a marcação, girou rápido e bateu forte. A bola, entretanto, subiu e passou raspando o travessão.

Na segunda etapa, a história do jogo parecia mudar logo aos 15 minutos, quando o árbitro viu um toque de mão do jogador argelino e marcou pênalti para Senegal. Depois de ser chamado pelo VAR para rever o lance na beira de campo, entretanto, ele alterou a marcação e a penalidade foi cancelada.

Mesmo assim, a pressão senegalesa pelo gol de empate continuou forte. Aos 23, Sabaly dominou na entrada da área, avançou e bateu em direção ao ângulo do goleiro Rais M’Bolhi, que voou bonito e fez uma defesa espetacular.

O jogo continuou movimentado, com Senegal tendo a posse de bola e a Argélia apostando nos contra-ataques. A última chance de Senegal foi em cobrança de falta, na última jogada da partida. A bola, entretanto, parou na barreira e o árbitro apitou o fim do jogo para a festa dos argelinos.



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.