Athletico vence o Tolima e encaminha a classificação no Grupo G

109

Da redação do SportsManaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – Do correspondente Luiz Felipe Fagundes – Curitiba, PR 

Foto: Miguel Locatelli/Site Oficial

Em um jogo bastante complicado na Arena da Baixada, com marcação implacável em campo, o Athletico Paranaense conseguiu uma suada vitória por 1 a 0 sobre o Tolima e encaminhou sua classificação para a próxima fase da Libertadores da América. Com o resultado, o Furacão chegou aos nove pontos, na liderança do Grupo G, enquanto os colombianos estacionaram em quatro pontos, na terceira posição.

O gol rubro-negro aconteceu apenas na segunda etapa, aos 33 minutos, em um chute de Bruno Guimarães, de longe, que desviou no meio do caminho e enganou o goleiro, morrendo no fundo rede.

Na próxima rodada, o Athletico encara o Jorge Wilstermann, quarta-feira, dia 24 de abril, no Estádio Félix Capriles, em Cochabamba, podendo garantir a vaga. Já o Tolima encara o Boca Juniores, no mesmo dia, no Estádio Manuel Murilo Toro, em Ibagué.

O jogo – No seu estilo, o Furacão começou a partida tocando bola, mantendo aposse e esperando por espaço para atacar o time colombiano, todo recuado. O clima, entretanto, começou quente, com os jogadores se estanhando, aos cinco minutos. Aos seis minutos, após cobrança de falta, Carrascal arriscou de longe e isolou a bola. Apesar de ter pose quase total de bola, o Rubro-Negro não conseguia quebrar a defesa adversária.

O Tolima mostrava muita aplicação tática, mas se arriscava em chegar ao final da partida fisicamente desgastado. Os 20 minutos, Léo Pereira conseguiu descolar um cruzamento fechado para a área, mas Mosqueta subiu para afastar o perigo. Aos 24 minutos, foi a vez de Bruno Guimarães tentar e levantar nas mãos de Montero.

Lucho tentava se virar no meio-campo e, aos 33 minutos, achou Marco Rúben na área, mas Montero deixou a meta para interceptar. O clima seguia quente, com atletas se estranhando a cada disputa. Aos 40 minutos, os colombianos chegaram com perigo, com Luis González recebendo na pequena área e escorregando no momento do arremate.

Para a etapa final, o Rubro-Negro voltou com Tomás Andrade no lugar de Lucho González. Aos três minutos, Camacho pegou sobra de bola após cobrança de escanteio e chutou para defesa tranquila de Montero. A primeira grande chance da partida aconteceu aos sete minutos, com Renan Lodi, que recebeu cruzamento, bateu de primeira e parou em um milagre de Montero, que ainda viu a bola explodir no travessão.

O Furacão voltou mais ligado e, aos nove minutos, Rony recebeu em velocidade, deixou o goleiro para trás, e bateu na rede, pelo lado de fora. O jogo ficou mais aberto no segundo tempo. Aos 15 minutos, Alex Castro avançou com liberdade e soltou o tiro para defesa de Santos. O técnico Tiago Nunes apostou, então, na entrada de Marcelo Cirino para dar outra movimentação no ataque athleticano.

O Athletico já se mostrava ansioso em campo e errava alguns lances com a bola nos pés. Aos 30 minutos, Rony chegou ao fundo, cruzou e Cirino, no meio da defesa, testou para fora. Até que, aos 33 minutos, Bruno Guimarães arriscou o chute, a bola desviou no meio do caminho e matou o goleiro Montero, morrendo no fundo da rede. Aos 44 minutos, Rony fez fila e soltou o pé para boa intervenção de Montero.

ATHLETICO PARANAENSE 1 X 0 TOLIMA

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 09 de abril de 2019, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Jesús Valenzuela (Venezuela)
Assistentes: Luis Murrilo (Venezuela) e Carlos Lopez (Venezuela)
Cartões amarelos: Santos (Athletico); Castrillón, Vásquez, Carrascal, Pérez (Tolima)
Gol
ATHLETICO: Bruno Guimarães, aos 33 minutos do segundo tempo

ATHLETICO: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Camacho, Lucho (Tomás Andrade) e Bruno Guimarães; Nikão (Marcelo Cirino) e Rony; Marco Ruben (Paulo André).
Técnico: Tiago Nunes

TOLIMA: Álvaro Montero; Castrilllon, Mosquera, Quiñones e Balanta (Vargas); Gordillo (Valdés), Carrascal e Vásquez (Robles); Luis González e Alex Castro; Marco Pérez.
Técnico: Alberto Gamero



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.