SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

CDC Manicoré vence Holanda, retorna a elite do AM e decide Segundinha com São Raimundo

epois de seis anos ausente da elite do futebol amazonense, o CDC Manicoré retorna na temporada de 2018. A vaga foi garantida na vitória em cima do Holanda por 3 a 1, na tarde deste domingo, 10/12, no Estádio da Colina, Zona Oeste da cidade. Os gols foram marcados por Werley, Ronan e Robinho. Na primeira partida da semifinal, houve um empate em 1 a 1, mas com a melhor campanha no Estadual, o time Bacurau conseguiu o acesso e joga a final com São Raimundo.

Campeão ano passado com Fast Clube, depois de 43 anos de jejum, o treinador João Carlos Cavalo, disse que o CDC Manicoré realizou um trabalho muito centrado sem estar entre os favoritos ao acesso.

– O primeiro passou foi conseguido que foi a vaga e não perdemos no campeonato, mostrando ser uma equipe positiva. Agora é trabalhar para fechar decidimos o título. Nós sabíamos das condições do nosso trabalho, do grupo que formamos e convicção de alcançar nosso objetivo. De maneira alguma pulamos etapas, conseguimos fazer os jogos da primeira fase considerado muito difícil, encaramos todos como uma decisão – comentou ao SPORTSMANAUS.

Cumprindo suspensão automática, depois da expulsão no 1º jogo, treinado do CDC disse que acesso foi bem planejado (crédito: Paulo Rogério)

O atacante Ronan marcou um dos gols da vitória. Para ele, apesar de considerar o adversário de qualidade, o dever foi cumprido de garantir o acesso na Série A do ano que vem.

– É gratificante, foi um trabalho bem feito na primeira fase, porque jogávamos pelo empate. Agora é focar na final, mas o nosso objetivo maior foi alcançado. Respeitamos a equipe do Holanda, mas tivemos a oportunidade de liquidar o jogo na primeira partida, mas a bola não entrou. Conseguimos matar a partida em 10 minutos, mas em um jogo bem equilibrado.

Jogo

O CDC Manicoré entrou em campo disposto a garantir definitivamente o retorno no Campeonato Amazonense da 1ª divisão. Com 10 minutos de jogo, o Bacurau já tinha marcado três gols.

Pela esquerda Robinho tocou para Werley passar pelo adversário e fazer, 1 a 0. Na sequência. Robinho tocou na esquerda para Ronan chutar sem ângulo para marcou, 2 a 0.

O terceiro gol do Tufão da Colina, veio com Vitinho pela direita. Depois de uma lance individual o jogador foi derrubado dentro da área e o árbitro marca pênalti. Na cobrança, Robinho bate no canto esquerdo, 3 a 0.

Sempre caçado em campo, Ronan é um dos principais jogadores da equipe (crédito: Paulo Rogério)

Bola na área para Anderson Palheta, e Gelvane domina a bola, mas é derruba e o árbitro marca pênalti. Na cobrança, Max cobra com categoria e diminui para o Holanda, 3 a 1.

No segundo tempo, com uma boa vantagem, o CDC entrou para administrar o resultado, mas no final do primeiro tempo o Holanda se mostrou melhor em campo.

Aos 14 minutos, o time da Laranja teve uma boa chance de marcar o segundo gol. Falta frontal para Alberto, que toca para Derik perder a chance. Aos 34 minutos, quase o time Bacurau amplia. Bola sobra para Robinho na direita que chuta e bate no travessão.

Jogo:

Motivo: CDC Holanda 3×1 Holanda

Local: Estádio da Colina

Horário: 16h

Árbitro: Antônio Carlos Pequeno Frutuoso

CCD Manicoré: Douglas, Emerson, Preto, Thiago Brandão, Gelvane, Rene, Werley (Henrique Balotelly), Robinho, Ronan, Victinho (Sassá), Thiago Felipe (Uilian). Técnico: João Carlos Cavalo.

Holanda: Nelsinho, Paulinho, Serginho, Uilton, Alberto, Anderson Palheta, Antony, João Lucas (Marinho), Max, Napão e Derik. Técnico: Alberto Silva.

Outras postagens...

“Jogamos fora para ganhar”, diz técnico do Santos sobre jogo com Iranduba pelo Brasileiro Feminino

Paulo Rogério

“O Amazonas não vai mudar sua característica”, disse Lecheva sobre semifinal com Nacional

Paulo Rogério

“Viemos para conquistar os três pontos”, diz técnica do Cefama-MA na estreia com JC pelo Brasileiro Feminino

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol