Site www.sportsmanaus.com.br full screen background image

Ceará vence, afunda Galo na crise e ajuda o Santos

45

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações da GAZETA ESPORTIVA – Do correspondente Marcellus Madureira

Foto: Lucas Moraes/Ceará

O Atlético voltou a perder no Campeonato Brasileiro. Desta vez, a equipe mineira foi vítima do Ceará, na noite desta segunda-feira, no Castelão, em confronto válido pela 31ª rodada. O Galo chegou ao quarto jogo sem vitória. É a segunda partida de Levir Culpi e o segundo revés.

O resultado deixa o Galo na sexta colocação, com 46 tentos. No entanto, o Santos – clube que estava na zona de rebaixamento há algum tempo – já encostou e luta para ocupar o posto alvinegro. O Peixe tem os mesmos 46 pontos, mas perde nos critérios de desempate. O Ceará que lutava contra o rebaixamento há até rodadas anteriores, agora sonha com uma vaga na Sul-Americana, na 13ª colocação, com 37 tentos.

O amontoado formado por Alexandre Gallo e Sérgio Sette Câmara independentemente do treinador (Thiago Larghi ou Levir Culpi) não consegue ter intensidade e faz partidas ruins. O time parece sem vida em campo e as jogadas não saem. Vale ressaltar neste texto que os salários dos atletas estão atrasados.

O Ceará que nada tem com os problemas atleticanos, segue em sua plena recuperação no Campeonato Brasileiro. Desde a chegada do técnico Lisca, o clube deixou a zona de rebaixamento e faz ótima campanha.

O Atlético volta a campo no próximo sábado, às 17h (de Brasília), no Independência, contra o Grêmio. Já o Ceará vai até a Ilha do Retiro e enfrenta o Sport, na segunda-feira, às 20h.

Primeiro tempo

O confronto iniciou bastante disputado, com batalhas claras no meio campo. E o Ceará deu sorte logo nos primeiros minutos de jogo. Em cruzamento na área, aos 9 minutos, Maidana ficou com a bola. O zagueiro, no entanto, decidiu chutar a bola contra o adversário e a bola pegou em Juninho Quixadá e morreu dentro do gol.

Após o tento, o Galo voltou a melhorar em campo. A equipe conseguia ficar com a bola mais tempo. O Atlético, porém, tinha um claro problema: a saída de bola era fraca e confusa. Por duas vezes quase entregou mais gols para o adversário.

O empate atleticano ocorreu aos 25. Em ótima tabela entre Cazares e Ricardo Oliveira, o camisa 10 recebeu na frente e tocou na saída do goleiro para conseguir a igualdade.

Aos 37, o Ceará, por pouco, não consegue ficar novamente em vantagem. Em cobrança de escanteio, Arthur subiu muito e Victor precisou se esticar para conseguir evitar o pior.

Os últimos minutos de jogo, a partida perdeu em qualidade técnica. Vários erros de passe, com vacilos dos dois lados.

Segundo tempo

O técnico Levir Culpi voltou para o segundo tempo com alterações. Ele mandou a campo o lateral-direito Patric, desta vez improvisado na esquerda, e David Terans também ganhou oportunidade na vaga de Luan. Já Lisca mandou Pedro Ken no lugar de João Lucas, o treinador cearense claramente com expectativa de girar mais a bola, colocando um atleta com boa qualidade de passe.

A partida, no entanto, ficou equilibrada. O Atlético tinha maior posse de bola, trocava mais passes. Mas o Ceará conseguia também agredir. Aos 9 minutos, por exemplo, Felipe Jonatan aproveitou um rebote para chutar e a bola tirou tinta da trave.

Aos 15 minutos o Ceará conseguiu a virada. Após grande pressão, em duas tentativas seguidas no ataque, Leandro Carvalho recebeu a bola na direita e chutou cruzado. O goleiro Victor não conseguiu alcançar a redonda e viu ela morrer no fundo das redes.

O Galo voltou a atacar. A equipe alvinegra tendo intensidade novamente, com pouca criatividade. O melhor em campo para o Galo era Chará, mas ele sozinho não conseguia ser tão eficaz. Ricardo Oliveira era praticamente inexistente.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 2 X 1 ATLÉTICO

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Data: Segunda-feira, dia 29 de outubro de 2018
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Eduardo Goncalves da Cruz (MS)

Gols: Juninho Quixadá, aos 9 minutos do primeiro tempo, Leandro Carvalho, aos 15 minutos do segundo tempo (Ceará); Cazares, aos 25 minutos do primeiro tempo (Atlético)
Cartões: Iago Maidana, Hulk, Patric, Luan (Atlético); Edinho (Ceará)

CEARÁ: Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas (Pedro Ken); Edinho, Richardson, Juninho Quixadá (Valdo); Felipe Jonatan, Leandro Carvalho e Arthur
Técnico: Lisca

ATLÉTICO: Victor, Emerson, Léo Silva, Maidana e Hulk (Patric); Adilson (Edinho), Elias, Luan (Terans), Cazares e Chará; Ricardo Oliveira
Técnico: Levir Culpi



Paulo Rogério/sportsmanaus@gmail.com

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) / +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.