SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

Ciente das dificuldades do Campeonato Amazonense, técnico do Iranduba afirma: “Todo jogo será uma final”

Foto: Divulgação / Iranduba

Sem vencer há duas temporadas, o Iranduba quer mudar essa história e se consolidar de vez como uma das grandes equipes do futebol amazonense. Para isso, o Hulk da Amazônia, realiza sua pré-temporada intensamente há dez dias para conquistar bons resultados no Campeonato Amazonense da Série A. O primeiro compromisso do Verdão será fora de casa diante do Princesa do Solimões, no dia 26 de janeiro, às 15h30 (16h30 de Brasília), no Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, na cidade de Manacapuru (a 86 km da capital).

Com passagem por Tianguá, Uniclinic, Atlético-CE e por último pelo Horizonte, quando disputou a segunda divisão do Campeonato Cearense ano passado, o jovem treinador Michel Lima, 35 anos, já comanda os treinos do Hulk. Para ele, o fato de o estadual contar com um número expressivo de clubes, mas principalmente a queda de quatro times, já está sendo analisado pela sua equipe de trabalho.

– De fato essa questão de 12 equipes, sendo que quatro a serem rebaixadas, a disputa se torna muito acirrado, porque todo jogo será uma final. Tem que pontuar, porque se não pontuar, vai dar a chance para uma equipe se distanciar. Esses pontos que se perde ou deixa de ganhar pode tirar um benefício no final. A gente tem que viver isso com muita intensidade, mas também com muita estratégia e inteligência, sabendo lidar com as situações do jogo daquilo que nos oferece em campo pelo adversário – disse ao SPORTS MANAUS.

De acordo com o técnico do Iranduba, para conquistar bons resultados e somar pontos para não correr o risco de rebaixamento, é preciso jogar estrategicamente dentro das circunstâncias que a partida pode apresentar naquele momento.

– Se a gente tem que segurar o resultado, tem que correr atras ou segurar o empate. Penso que nessas condições da competição, a gente não pode perder pontos, mas temos que pontuar. Quando tivermos o resultado a nosso favor, temos que segurar o resultado, porque nos dará condições de se distanciar do rebaixamento, porque esse é o nosso primeiro propósito, ou seja, deixar o Iranduba em condições do próximo ano de disputar novamente a primeira divisão – explicou Michel.

 

Outras postagens...

No clássico Pai e Filho, Nacional joga bem e vence Fast por 3 a 0 pelo Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

Campeão pelo Nacional em 2007, Carlos Tozzi acerta com Penarol para temporada de 2018

Paulo Rogério

Corinthians é dominado do início ao fim e perde para o Fortaleza no Castelão

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol