SportsManaus
ESPORTE AMADOR

Com 19 equipes, Campeonato Amazonense de Handebol Cadete e Júnior iniciam na quinta-feira (31)

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações da Assessoria de Comunicação

Competição serve para revelar novos talentos para a modalidade. Abertura vai contar com três partidas, no ginásio Renné Monteiro, na Zona Centro-Sul

Foto: ANDERSON SILA/PLANO 7/LIHAM

Na próxima quinta-feira (31) é a vez do futuro do handebol do Amazonas entrar em quadra, novamente, mas desta vez de forma oficial. Depois da Taça Cidade de Manaus, que abriu a temporada das categorias de base, em um torneio que serviu de aquecimento, as 19 equipes, masculina e feminina, cadete e júnior, vão brigar pelo título do Campeonato Amazonense 2018. Como todo o ano, o troféu da temporada leva o nome da família Monteiro de Paula, pioneiros da modalidade no Estado.

A competição, organizada pela Liga de Handebol do Amazonas (Liham), recebe apoio do Governo do Amazonas (Sejel e Seduc), Meca Comunicação Visual e Plano 7 Comunicação e Produção Audiovisual. 

– Teremos um mês e meio de competições. Para a categoria júnior é muito importante, tendo em vista que muitos deles já jogam o adulto. Na categoria cadete vamos ter os nossos atletas, tanto no masculino e feminino, surgindo para a modalidade. Muitos são novatos e acreditamos que teremos uma boa safra atletas – comentou o presidente da Liham, Auricélio Andrade.

Jogos de abertura

O primeiro duelo de abertura será na categoria cadete.  A partir das 15h20, no ginásio Renné Monteiro, na Chapada, Zona Centro-Sul, o Handebol Clube Manaus (HCM) enfrenta a Associação Atlético Amazonas.

No segundo e terceiro jogo, ambos pela categoria júnior, a Associação Atlética Amazonas volta à quadra para enfrentar o Zezão, às 16h30. Na última partida do dia, a Atlética UniNilton Lins – campeã em 2017 – encara a ASH Mauazinho, a partir das 18h30.

– Estamos treinando visando o júnior, como, também, o regional universitário que acontece em Belém. Estamos com um elenco bom, novo e que falta amadurecer. Mas com cautela vamos tentar o bicampeonato – disse o experiente treinador da UniNilton Lins, José Carlos.

Lobos querem espaço

Considerado a mais nova potência no handebol local, a equipe do Columbia E.C vai para a sua primeira disputa na categoria júnior. Com menos de dois anos de fundação, o clube recentemente ficou com o título da Taça Laércio Miranda adulto, e a comissão técnica adotou um ‘tom mais humilde’ para a disputa do júnior. 

– Nossa equipe vem para iniciar o projeto nas categorias de base e ganhar ritmo de jogo. Temos jogadores que fazem parte da equipe adulta e com essa força queremos ir para a segunda fase, e quem sabe beliscar uma medalha. Se avançarmos para segunda fase já estou satisfeito – comentou o técnico e dono do Lobo do Amazonas, Amilton Columbia. 

Equipes na disputa 

Com 35 dias de jogos, a competição vai contar com cinco equipes na categoria cadete, naipe feminino: A.E Manacapuru, Novo Airão, Isaías Vasconcelos e Rio Negro. No masculino, seis equipes prometem fazer uma disputa empolgante: Escola Municipal Jorge Resende, HCM, Novo Airão, A.E Manacapuru, Isaías Vasconcelos e a Associação Atlético Amazonas. 

Na categoria júnior, a disputa vai contar com nove equipes, divididos em duas chaves, somente no naipe masculino. Na Chave A, Atlética UniNilton Lins, HCM, ASH Mauazinho e Colúmbia E.C brigam por duas vagas na fase seguinte. Pela Chave B, A.E Manacapuru, Zezão, Isaías Vasconcelos, Hopeful H.C e Associação Atlético Amazonas travam os duelos pelas duas vagas restantes.

Outras postagens...

Copa Professor Chagas abre temporada do judô no AM em 2019

Paulo Rogério

Primeiro campeonato da modalidade Dadinho será apresentado ao público no Palacete Provincial neste sábado (27/10)

Paulo Rogério

Basquete: Flamengo ignora torcida da casa e conquista a Champions

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol