SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

Com bolas na trave e várias chances perdidas, Manaus vence Aparecidense-GO apenas por 1 a 0 pela Série C

O Manaus conquistou sua segunda vitória consecutiva, jogando na Arena da Amazônia, somando sete pontos na tabela.

Com duas bolas na trave, mas com várias chances criadas, o Manaus venceu a Aparecidense-GO apenas por 1 a 0, mas foi pouco, diante das várias chances perdidas em campo. O Gavião do Norte conquistou a segunda vitória consecutiva e assumiu a terceira posição, com sete pontos, mas embolado com Botafogo-SP, ABC-RN, primeiro e segundo, respectivamente, mas tendo atras o Floresta-CEA, também com a mesma pontuação, em quarto lugar. No segundo jogo em casa pela terceira rodada, foi realizado na tarde deste domingo (24), na Arena da Amazônia, na capital amazonense.

Pela quarta rodada, o Manaus sai de seus domínios para enfrentar o Vitória, na zona de rebaixamento, no sábado, 30/4, às 18h (19h de Brasília), no Barradão, em Salvador. Na segunda partida fora, a Aparecidense, em 14º lugar, joga com o Campinense, também no sábado, às 17h (18h de Brasília), no Estádio Amigão, em Campina Grande.    

Jogo

No segundo jogo em casa, mas agora com o apoio da torcida, o Manaus buscou o resultado para conquistar uma grande vitória. Aos quatro minutos, o Gavião do Norte chegou dando recado, pela direita com Branquinho, que arrancou em velocidade e entrou na área, mas na hora do chute a bola bateu na zaga e foi para linha de fundo.  

O Gavião do Norte fico em cima da Aparecidense para marcar logo o primeiro gol. Aos seis minutos, Weriton cobra uma falta frontal forte, mas a bola passou por cima da meta do goleiro Pedro Henrique.

Após se manter no ataque, o Manaus recuou e o Camaleão ficou mais solto em campo com a movimentação dos jogadores pelo meio campo e no ataque. Aos 18 minutos, Rodrigues sobe pela esquerda, cruza na pequena área e Alex Henrique toca mal e perde a chance de ter marcado.

Na sequência, o Manaus deu o troco e levou muito perigo a meta da Aparecidense. Aos 19 minutos, o Gavião puxou um contra-ataque rápido, com Denoni, que recebeu um passe pela esquerda, mas chutou por cima do gol do Camaleão.  

A Aparecidense quando chegava ao ataque, levava perigo. Aos 23 minutos, Daniel de Piauí passa pelo marcador e recebe falta, próximo da grande área. Na cobrança, Daniel bateu mal e na barreira.

Aos 30 minutos, o Manaus subiu com perigo pela direita. Weriton cruza na área e Hélio Paraíba de cabeça toca, mas muito longe no canto direito do goleiro. Um minuto depois praticamente aconteceu o mesmo lance. Pela esquerda, Renan Luís cruzou e Branquinho cabeceou para baixo, a bola bateu no chão e passou tirando tinta do travessão.  

Aos 33 minutos, finalmente o Gavião chegou ao seu primeiro gol. Denoni bate tiro de canto pela direita na área, após a bola no travessão, na sobra Felipe Baiano de voleio marca um golaço, 1 a 0.

Segundo tempo

O Manaus voltou no segundo tempo disposto a aumentar o placar. Aos oito minutos, Hélio Paraíba pela esquerda toca para Branquinho. O jogador de frente para meta chutou no canto direito e a bola bateu na trave e não entrou.  

Aos 15 minutos, pela esquerda Roney cruzou na área e Hélio Paraíba toca de cabeça, mas a bola explodiu no travessão e quase entrou.  Aos 21 minutos, o Camaleão pela esquerda subiu com Joãozinho, que sofreu a falta. Mas na cobrança, Renato bateu na barreira e uma boa oportunidade de arrematar para o gol.  

O time goiano teve a maior chance de marcar o gol de empate. Aos 24 minutos, Luan Sales cruza pela direita na pequena área, mas Joãozinho perdeu o tempo da bola e não conseguiu finalizar.

O Gavião continuava a pressão em campo para ampliar o marcador. Aos 30 minutos, Renan Luís bate tiro de canto pela esquerda na área. O zagueiro Claudinho se abaixou para tocar de cabeça, mas o goleiro Pedro Henrique fechou a meta e fez uma grande defesa.  

LEIA MAIS:

Em um lance inusitado, aos 35 minutos, o Manaus chegou a comemorar o segundo gol. Pela esquerda, Renan Luís cobra falta e o goleiro Pedro Henrique se atrapalha todo e quase entra com bola e tudo para dentro de sua própria meta.

Aos 40 minutos, a Aparecidense teve mais uma chance de ter empatado. Pela esquerda, sai o cruzamento na área e Gilvan toca de cabeça, mas o goleiro Matheus evita o gol no canto esquerdo.

Em seguida, o Gavião perdeu mais uma oportunidade de ampliar o placar. Aos 42 minutos, Silvano puxa um contra-ataque, toca para Neto Costa, que sozinho bate na saída do goleiro Pedro Henrique no canto esquerdo.

Ficha técnica:

Data: 24/04/2022 – domingo

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série C – 1ª fase / 3ª rodada

Jogo: Manaus 1×0 Aparecidense-GO

Local: Arena da Amazônia – Manaus/AM

Horário: 15h (16h de Brasília)

Renda: R$ 104.200,00

Público presente: 7.042

Árbitro: André Rodrigo Rocha (RR)

Árbitros Assistentes:  Fábio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO)

Gols: Felipe Baiano 33 min 1ºt (Manaus)

Advertências: Paulo Sérgio, Hélio Paraíba e Neto Costa (Manaus) e Ricardo Lima, Rodriguinho e Leandro Mendonça (Aparecidense-GO)

Expulsão: —

Manaus: Matheus, Weriton, Paulo Sérgio (Rayne), Claudinho, Renan Luís, Branquinho (Silvano), Felipe Baiano, Hélio Paraíba (Neto Costa), Roney (Marco Antônio), Denoni (Luiz Felipe) e Gilson. Técnico: Evaristo Piza.

Aparecidense-GO: Pedro Henrique, Adriel (Luan Sales), Lucas Gazal, Ricardo Lima, Rodrigues, Renato, Daniel de Piauí (Cardoso), Rodriguinho, Robert (Rafa Marcos), Alex Henrique (Gilvan) e Joãozinho (Bruno Henrique). Técnico: Eduardo Souza.

 

 

Outras postagens...

São Paulo vence o Ceará nos pênaltis e avança à semifinal da Copa Sul-Americana

Paulo Rogério

CDC Manicoré vence Holanda, retorna a elite do AM e decide Segundinha com São Raimundo

Paulo Rogério

“É um grupo forte”, avalia técnico do Velo Clube-SP sobre adversários na Copa São Paulo

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol