SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Com camisas quase iguais, Holanda empata no final com Tarumã pelo Amazonense Sub-19

Em uma partida de muita correria, mas sem qualidade técnica, o Holanda empatou no final com Tarumã em 2 a 2, e garantiu a terceira colocação, com 10 pontos, do Campeonato Amazonense Sub-19. A partida válida pela 7ª rodada, foi realizada na tarde desta quarta-feira, 4/7, no Estádio Carlos Zamith, Zona Leste da cidade.  As duas equipes jogaram com uniforme praticamente iguais.

Pela penúltima rodada, o time da Laranja encara o CDC Manicoré, no sábado, 7/7. O jogo será às 14h (15h de Brasília), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, Zona Oeste da capital. Já o Lobo do Norte, que deixou escapar sua primeira vitória vai jogar com Sul América, último colocado com três pontos. O confronto também será no sábado, no Estádio da Colina.

Treinador do Holanda lamentou o resultado e o desempenho abaixo do esperado (crédito: Paulo Rogério)

Na terceira colocação, atrás de Rio Negro e Fast Clube, o treinador do Holanda, Antônio Silva, apesar do empate no final, lamentou o resultado. Para ele, sua equipe tem potencial para ter saído com uma vitória.

– Infelizmente, nossa equipe não foi nem sombra do que vem fazendo durante a competição. Acabamos de vir de um grande jogo contra o Atlético Amazonense, de um bom jogo anterior, mas nessa partida o time não foi bem. Tentamos de tudo, mudamos a equipe para crescer e no momento que estava crescendo, levamos um gol. Isso serve de aprendizado para próxima partida, porque o time vai entrar mais antenado e concentrado.

Comandante do Tarumã criticou severamente a atuação do árbitro na partida (crédito: Paulo Rogério)

Muito irritado e revoltado com o placar adverso, o comandante do Tarumã, Fernando Lage, afirmou ao SPORTSMANAUS, que o resultado final em campo teve influencia da arbitragem. Segundo ele, o árbitro não soube conduzir uma bola ao chão, que prejudicou o que seria a primeira vitória no Amazonense.

– Nós estávamos vencendo por 2 a 1 com 10 jogadores em campo. Tivemos um jogador que foi expulso justamente. Agora, estava ganhando de 1 a 0 e o árbitro sinaliza bola ao chão, onde só tinha um jogador do Holanda. Esse jogador pegou a bola sozinho e fez o gol. Isso não tem condição de acontecer. Para ter uma bola ao chão tem que ter dois jogadores, um de cada time. O árbitro influenciou direto no resultado, devido ao gol feito, porque só houve um jogador que tocou na bola. Em uma bola ao chão, tem que ter dois jogadores. Se quisesse dar a bola ao Holanda que fizesse isso, mas tem que ter critério no lance – esbravejou.

Goleiro do Holanda no meio-campo tentou parar a jogada no setor defensivo da Laranja (crédito: Paulo Rogério)

Outras postagens...

“Nem sempre jogar em casa é melhor”, diz técnico do Avaí-SC sobre jogo com Nacional pela Copa do Brasil

Paulo Rogério

Amazonas empata com Manaus, termina em primeiro e garante vantagem na semi do Amazonense

Paulo Rogério

Manaus FC anuncia contratação do atacante Sávio, ex-Goiânia

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol