SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Com chances perdidas em ambos os lados, Iranduba e Sul América empatam sem gols pelo Amazonense

O empate sem gols entre Iranduba da Amazônia e Sul América não refletiu as inúmeras chances de gols perdidas durante a partida, principalmente pelo Trem da Colina. As equipes na briga para ficar longe da zona de rebaixamento somaram apenas um ponto. A partida válida pela quinta rodada do Campeonato Amazonense, foi realizado na noite deste sábado, 23/2, no estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade.

Na sexta colocação com quatro pontos, o Sul América continua na luta para se afastar das últimas posições. Pela penúltima rodada, o Sulão encara o Rio Negro, último colocado, no confronto direto na zona da degola, na quarta-feira, 27/2, às 20h, na Colina. Em penúltimo lugar com três pontos, o Hulk tem um compromisso mais difícil diante do Nacional. A partida será também na quarta-feira, às 20h, na Arena da Amazônia.

Visivelmente abatido com empate, o treinador do Sul América, Marcelo Galvão, lamentou as chances de gols surgidas ao longo da partida, mas acredita que o grupo vai conseguir se recuperar para o próximo jogo.

– Nós tivemos oportunidades, mesmo não tendo realizado uma boa partida e no final perdemos uma chance incrível. Hoje merecíamos ter saído com uma vitória, mas o adversário teve seu brio. Tenho certeza, que vamos melhorar, temos enfrentados adversários difíceis, não fizemos um bom jogo, mas tivemos oportunidades de vencer. Nosso grupo é jovem, mas tenho certeza que vamos evoluir – explicou.

Com poucos dias no comando do Iranduba, depois de sair do Manaus, João Carlos Cavalo, disse que vai conhecer aos poucos sua nova equipe, pois precisa colocar em pratica sua filosofia de trabalho para tirar o Hulk da incomoda zona de rebaixamento.

– Nós lamentamos o fato de ter errado muito em situações claras de gols. Vamos trabalhar todos os aspectos importantes, no que diz respeito a parte de conjunto, entrosamento, variação de jogo e a parte tática também. Uma coisa boa é ver que a equipe tem qualidade, senso assim, as coisas ficam mais fáceis. Agora é ajustar as peças e encontrar um time ideal. É um trabalho novo e o tempo é muito curto, mas precisamos ter consciência nesse momento de encaixar uma equipe ideal, depois dar sequência e conseguir as vitória para dar tranquilidade de trabalhar.

Outras postagens...

Pelo Brasileiro Feminino, técnico do São Valério-TO busca a recuperação diante do 3B

Paulo Rogério

Escola do Santos Manaus goleia Cruzeiro por 5 a 1 e assume a segunda colocação do Amazonense Sub-11

Paulo Rogério

Manaus empata, mas jogadores do Treze-PB no final causam tumulto em gol licito do Gavião do Norte

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol