full screen background image

Com dois gols no final, Manaus perde para o Paysandu no jogo de ida pela semifinal da Copa Verde

306

Foto: Fernando Torres/Paysandu

Com dois vacilos no final, o Manaus perdeu para o Paysandu de virada por 2 a 1, no primeiro jogo pela semifinal da Copa Verde. Com resultado, o Papão joga com a vantagem do empate para chegar a sua quarta final na competição. Já o Gavião do Norte com uma simples vitória garante presença na final inédita para o futebol amazonense. O primeiro jogo da semifinal foi realizado na noite desta terça-feira, 27/3, no Estádio da Curuzu, em Belém.

O jogo de volta, entre Manaus e Paysandu, será no dia 11 de abril, na Arena da Amazônia, na capital amazonense. Pelo Campeonato Amazonense, o Gavião tem compromisso com Penarol, na semifinal do segundo turno, na Arena da Amazônia. Já o Papão tem dois jogos com Remo para decidir o título do Campeonato Paraense. A primeira partida do Re-Pa, será neste domingo, 31/3, no Mangueirão.

Mostrando toda sua irritação, o treinador do Manaus, Igor Cearense, lamentou os gols perdidos, mas principalmente as falhas em campo, o que foi fatal para o resultado negativo no primeiro jogo da semifinal.

– A competição está aberto e não está nada definido. Para uma equipe que deseja ser campeão, não pode vacilar como houve no final da partida. Vamos trabalhar para corrigir os erros, mas tivemos seis atletas ausentes, porque não é fácil jogar com Paysandu aqui dentro. Mesmo assim, estou feliz com esse resultado, porque temos tudo para reverter esse placar – explicou ao SPORTSMANAUS.

Segundo o zagueiro Paulão, o Manaus não conseguiu evitar os lances no final de jogo, o que mudou totalmente o resultado da partida. Para ele, o trabalho será feito para mudar o resultado e conseguir a classificação jogando em casa.

– Vacilamos em nosso segundo gol, mas vamos procurar trabalhar para reverter esse resultado para chegar na final. Temos agora um tempo e vamos para cima deles em Manaus e brigar pela vaga na decisão.

O jogador Fábio Matos entrou no segundo tempo no Paysandu. Para ele, mesmo a equipe não jogando bem, o importante foi a vitória para ficar com a vantagem na partida decisiva em Manaus.

– Nosso pensamento era vitória e não fizemos um bom jogo. No segundo tempo, tivemos um jogo melhor e conseguimos a vitória. No segundo jogo, com certeza vamos contar com a nossa torcida e será nosso 12º jogador para conseguir a classificação – disse.

Jogo

O primeiro lance no ataque foi do Paysandu, com o jogador que chutou de fora da área, mas a bola passou por cima do gol. Aos nove minutos, bola lançada para Moises pela direita, que parou na frente do zagueiro e chutou pressionado, mas Jonathan fez a defesa pelo Manaus.

Aos 21 minutos, ataque do Paysandu com Moises, que chuta e a bola bate na zaga, na sobra Mike sozinho toca na saída do goleiro, mas o assistente Eduardo Gonçalves anula o gol marcando impedimento do jogador do Papão.

O Paysandu até começou bem tocando a bola e colocando uma pressão no adversário para marcar o primeiro gol. Depois de algum tempo, o Manaus conseguiu se recompor e aos pouco chegou ao ataque, mas sempre com cuidado para não levar o contra-ataque na retaguarda.

Aos 32 minutos, o atacante Nena em um lance com jogador do Papão sente a pancada e saiu de campo. Dois minutos depois, ao retornar, o jogador novamente saiu para ser atendido, porém, não retornou, entrando Wesley Napão no seu lugar. Aos 36 minutos, jogada pela direita com Cleitinho, que cruza na pequena área e Rossini entre dois zagueiros conseguiu tocar, 1 a 0.

O Papão quase chegou ao empate na jogada pela direita. Aos 43 minutos, Mike cruza e Walter desvia de cabeça, mas Jonathan praticou uma grande defesa evitando o tento. Aos 48 minutos, pela meia direita Mike cruza na grande área, o goleiro Jonathan escorrega ao sair do gol e Walter sobe alto para marcar de cabeça, 1 a 1.

O segundo tempo começou sem nenhuma mudança de ambos os lados, mas com Paysandu tomando a iniciativa em campo, enquanto o Manaus, se postou recuado na espera do adversário.

Aos nove minutos, o Papão chegou com perigo com Nando Carandina, tocando na direita para Cáceres, que chuta forte, mas a bola passa por cima da meta de Jonathan. O Manaus chegou com perigo aos 15 minutos. Pela direita Negueba cobra de pé trocado, e Deurick sobe entre os zagueiros para cabecear a esquerda do goleiro.

Aos 20 minutos, o zagueiro Fernando Timbo pela direita tentou proteger a bola e escorrega, Wesley Napão rouba e avança na grande área, mas ele chuta cruzado e perde uma grande chance de marcar o segundo gol. O Papão deu o troco aos 22 minutos. De longe Nando Carandina arrisca e o goleiro Jonathan no canto esquerdo defende e evita o gol.

Pouco minutos depois, o Manaus teve tudo para marcar o segundo gol. Aos 29 minutos, pela esquerda Negueba cruza na grande área e na segunda trave Wesley Napão chega atrasado no carrinho e perde o segundo tento sozinho na pequena área.

Aos 43 minutos, pela direita Walter cruza na grande área e Cassiano em velocidade se antecipa a zaga e toca para marcar o segundo gol, 2 a 1. Para piorar a situação, o atacante Romarinho, sentiu uma contusão e saiu de campo. Como o Gavião do Norte já tinha feito todas as mudanças, terminou a partida com um jogador a menos

Já no final, aos 48 minutos, o zagueiro Paulão chuta de longe e o goleiro do Papão defende e coloca para escanteio. Tiro de canto pela direita por Negueba e He-Man cabeceia sozinho e perde a chance do empate.

Ficha técnica:

Jogo:  Paysandu 2×1 Manaus FC

Motivo: Copa Verde/Semifinal /Jogo de ida

Local: Estádio da Curuzu

Horário: 18h

Renda: R$ 83.270,00

Público pagante: 2.200

Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS)

Árbitros assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS)

Paysandu: Marcão; Edimar, Fernando Timbó e Nando Carandina (Lucas Geovani); Maicon Silva, Cáceres (Daniel Pires), Moisés e Matheus Muller; Mike (Fábio Matos), Cassiano e Walter. Técnico Dado Cavalcanti.

Manaus: Jonathan; Derlan, Paulão, Deurick e Panda (He-Man); Negueba, Juninho e Rossini; Cleitinho, Wander (Romarinho) e Nena (Wesley Napão). Técnico: Igor Cearense.



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.