SportsManaus
FUTEBOL NACIONAL

Com empate diante do Corinthians, Vasco conquista seu primeiro ponto no Brasileirão, em Manaus

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Em uma partida marcada por situações distintas, o empate entre Vasco da Gama e Corinthians em 1 a 1, não foi bom para o Vascão, mas considerado satisfatório para o Timão, devido ao grande número de desfalques. A partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, foi realizado na noite deste sábado, 4/5, na Arena da Amazônia, em Manaus. O Corinthians abriu o placar com Mateus Vital, e na sequência, Max Lopez, na cobrança de penalidade, empatou para o Vasco.

Com resultado, o Vasco não saiu da zona de rebaixamento, somando agora seu primeiro ponto, mas o suficiente para deixar a lanterna da tabela. Já o Corinthians, subiu para quinta posição, com quatro pontos. Pela quarta rodada, o Vascão enfrenta o Santos, domingo, 12/5, às 16h, no estádio do Pacembú, em São Paulo. Já o Corinthians encara o Grêmio, no sábado, 11/5, às 19h, na Arena Corinthians.

Depois de dois resultados negativos, o técnico Marcos Valadares, disse ao SportsManaus, que o Vasco mostrou uma evolução em relação ao último jogo com Atlético-MG, mesmo tendo sido derrotado. Para ele, o time foi melhor, mas o que faltou foi aproveitar as chances e transformar em gols.

– O jogo com Atlético-MG realmente, no primeiro tempo me chateou muito, mas acreditamos que jogamos um futebol melhor no segundo tempo contra eles. Hoje conseguimos fazer melhor, corrigir e mostrar aos atletas um caminho melhor para conseguir um jogo mais rico. A postura que eles tiveram taticamente foi melhor e mais confiante. Acredito muito que esse é o caminho de melhorar nesse aspecto, ou seja, trabalhando para que conseguir evoluir em um jogo mais ofensivo e de qualidade – concluiu.

Com vários desfalques, o treinador do Corinthians, Fábio Carille, considerou o resultado satisfatório, porque não pode contar com o elenco titular, por conta de várias situações. Segundo o comandante do Timão, um ponto foi bom no contexto geral do campeonato.

– Achei que a gente teria mais dificuldades, só tínhamos dois jogadores que fizeram a final do Paulistão há 14 dias atrás, que foi o Ralf e o Cássio, o restante todo com mudança, sendo uns no departamento médico e outros segurando mesmo por lesão, no caso Manuel e Fagner. Os erros de passes sabia que seria natural, pois muitos jogadores estão sem ritmo de jogo – completou Carille.

Jogo

Mal começou a partida e o Vasco partiu com tudo ao ataque, embalado pela grande torcida na Arena da Amazônia. Aos dois minutos, Yago Pikachu cobra tiro de canto pela esquerda e Danilo Barcelos veio de trás e de cabeça quase abriu o placar. Com uma forte marcação, o time Cruz-Maltino colocou uma pressão muito grande no início. Somente aos 11 minutos, o Timão chegou com perigo ao ataque com Mateus Vital, que chutou no canto esquerdo do goleiro com perigo.

O Vasco pressionou tanto, mas quem abriu o marcador foi o Corinthians, aos 16 minutos. Pela esquerda, Mateus Vital em jogada individual, passou por dois jogadores e entrou na grande área para finalizar sem problemas, 1 a 0. Aos 30 minutos, Max Lopez faz tabela com Yago Pikachu em frente da grande área, e acabou finalizando no canto esquerdo da meta.

O Vasco continuou em cima do adversário em busca do empate. Aos 34 minutos, Pikachu cobra tiro de canto pela direita e Luiz Gustavo de cabeça quase marcou. Aos 35 minutos, em jogada na grande área, o zagueiro do Timão derruba Rossi, ficando um lance duvidoso.

O árbitro Rodrigo Ferreira, foi chamado pela equipe do VAR e depois de dois minutos analisando, marcou pênalti. Aos 38 minutos, Max Lopez foi para cobrança e bateu com categoria no canto direito para empatar, 1 a 1. No último lance do primeiro tempo, pela esquerda Mateus Vital entra por dentro e chuta sem muita força em cima do goleiro Sidão do Vasco. 

No segundo tempo, o Vasco começou igual ao da primeira etapa. Aos dois minutos, Rossi entra na grande área e chuta, no rebote do goleiro Pikachu de frente para meta finaliza em cima do goleiro. Aos nove minutos, o Corinthians chegou com perigo pela direita com Jadson cruzando para Mateus Vital cabecear sem direção para gol.

Com várias mudanças, o jogo caiu um pouco da intensidade, como fora na primeira etapa. Aos 29 minutos, Carlos Augusto cruza pela esquerda e Wagner Love sozinho toca de cabeça e perde a chance de marcar o segundo gol do Corinthians.

Aos 42 minutos, Clayson bate falta pela direita e Marlon sozinho na pequena área tocou de cabeça e perdeu a chance de marcar o segundo gol.

Ficha técnica:
Jogo: Vasco da Gama x Corinthians 

Motivo: Campeonato Brasileiro / 1º turno / 3ª rodada  

Local: Arena da Amazônia – Manaus/AM

Horário: 18h

Renda: R$ 1.707.710,000

Público pagante: 23.954 / Público presente: 

Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)

Árbitros Assistentes: Kleber Lúcio Gil (CS) e Carlos Berkenbrack (SC)

Árbitro de Vídeo: Heber Roberto Lopes (SC)

Assistente de Árbitro de Vídeo 1: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistente de Árbitro de Vídeo 2: Helton Nunes (SC)

Gols: Mateus Vital 16min 1ºt (Corinthians), Max Lopez – pênalti 38min 1ºt (Vasco)

Advertências: Raul 22min 1t e Claudio Winck 39min 2t (Vasco) e Jadson 47min 2t (Corinthians) 

Vasco: Sidão, Cláudio Winck, Luiz Gustavo, Ricardo, Danilo Barcelos, Raul, Lucas Mineiro, Yan Sasse (Jairinho), Yago Pikachu (Bruno César), Rossi (Valdivia) e Max Lopez. Técnico: Marcos Valadares.

Corinthians: Cássio, Michel Macedo, Marlon, Pedro Henrique, Carlos Augusto, Ralfe, Richard (Ramiro), Jadson, Mateus Vital (Pedrinho), André Luiz (Clayson) e Wagner Live. Técnico: Fábio Carille.

Outras postagens...

Sem titulares, Botafogo perde para o Volta Redonda na estreia no Carioca

Paulo Rogério

Em jogo polêmico, São Paulo só empata com time misto do Novorizontino

Paulo Rogério

Atlético-MG perde para o Avaí e chega à sexta derrota consecutiva no Brasileirão

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol