SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL NACIONAL SÉRIE A

Com gol de Zaracho, Atlético-MG vence o Botafogo e dorme na liderança do Brasileirão

Da Redação do Sports Manaus, com informações – LANCE! – Felipe Melo – 17/07/2022 – 20:11 – Rio de Janeiro (RJ

Argentino fez um gol improvável ao encobrir Douglas Borges e colocou o Galo na ponta. Glorioso cai para a décima primeira colocação, a três pontos da zona de rebaixamento

Foto: Divulgação / Atlético-MG

Em um jogo movimentado, o Atlético-MG derrotou o Botafogo por 1 a 0, no Nilton Santos, e assumiu de maneira momentânea a liderança do Brasileirão. O gol do triunfo mineiro foi marcado por Matías Zaracho. O Galo soma 31 pontos, um a mais que o Palmeiras, que entra em campo nesta segunda, enquanto o Glorioso tem 21, na décima primeira posição. 

O próximo compromisso do Glorioso no Brasileirão será na quarta-feira, dia 20, às 21h30, contra o Santos, na Vila Belmiro. O Galo, por sua vez, entra em campo no dia seguinte, às 19h, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal.

CONFUSÃO NA ÁREA E VAR
O confronto começou equilibrado com uma disputa intensa no meio de campo. Mas logo o Galo buscou impor o seu ritmo e antecipar a marcação. Nacho apareceu bem na esquerda e cruzou para Vargas chutar. A bola tocou na cintura de Philipe Sampaio, e o árbitro Raphael Claus marcou pênalti. No entanto, o VAR chamou Claus para analisar o lance. Após rever o momento, o árbitro mandou seguir o jogo. 

GLORIOSO CRESCE NO JOGO
Depois da demora para analisar o lance, os donos da casa subiram de produção e criaram boas chances. Na primeira delas, o meia Lucas Fernandes cobrou falta com perigo. Em outro bom momento, DG cruzou para Erison cabecear por cima. Contudo, a melhor chegada aconteceu quando Kanu invadiu a área, mas Júnior Alonso cortou bem e afastou para escanteio.

TREME A TRAVE ALVINEGRA

Em um jogo muito combativo, o Atlético-MG tinha liberdade à frente da defesa botafoguense e tentava explorar os espaços. Por outro lado, o Alvinegro tentava na força com Erison e na velocidade com Lucas Fernandes. Após cruzamento de Vargas, Zaracho se antecipou e, de cabeça, acertou a bola na trave de Douglas Borges.

INACREDITÁVEL

Na volta do intervalo, o time mineiro construiu uma boa jogada na direita. Mariano abriu para Vargas cruzar na área, mas Nacho perdeu uma chance incrível, praticamente embaixo da meta alvinegra. Pela esquerda, Saravia não conseguiu dominar e deu um presente para Guilherme Arana chutar em cima da defesa alvinegra.

CHUTOU OU CRUZOU?

O Galo percebeu que o caminho das pedras era pelo lado esquerdo, nas costas de Saravia. Foi por ali que Zaracho se deslocou e tocou por cima de Douglas Borges para abrir o placar para a equipe mineira no que era para ser um cruzamento para a área. O argentino foi um dos destaques do Galo no jogo, levando muito perigo ao gol botafoguense.

ALVINEGRO TENTA PRESSIONAR
Depois das mudanças de Turco Mohamed, o Galo perdeu o meio de campo e faltou ao Botafogo ser mais eficiente. A equipe carioca rondou a área mineira, mas não conseguiu levar perigo e colocar a bola para dentro. 

No fim, o Botafogo foi na base do abafa, com dois escanteios seguidos com Jeffinho na ponta. Matheus Nascimento teve a chance de finalizar, mas Everson fez a defesa. Lucas Fernandes arriscou de longe, mas o arqueiro do Galo encaixou mais uma bola.

MAIS UMA CONSULTA AO VAR
Já nos minutos finais de partida, Hulk cobrou falta, Douglas Borges espalmou na trave, e no rebote, Keno ficou livre para estufar a rede. No lance, Keno estava em impedimento, e após consulta ao VAR, Raphael Claus anulou o gol do Galo, no último ato do jogo no Nilton Santos.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0X1 ATLÉTICO-MG
Campeonato Brasileiro – 17ª rodada

Local: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data e horário: 17/07/2022, às 18h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Evandro de Melo Lima
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Cartões Amarelos: Tchê Tchê, Del Piage, Lucas Mezenga e DG (BOT) / Igor Rabello, Allan e Mariano (ATL)
Cartões Vermelhos: –

Gols: Matías Zaracho (10’/2T) (0-1) 

BOTAFOGO (Técnico: Luís Castro)
Douglas Borges, Saravia, Kanu, Philipe Sampaio, DG (Lucas Mezenga 15’/2T); Tchê Tchê, Luís Oyama (Del Piage 29’/2T), Lucas Fernandes, Gustavo Sauer (Jeffinho 13’/2T), Vinícius Lopes (Lucas Piazon 29’/2T) e Erison (Matheus Nascimento 29’/2T).

ATLÉTICO-MG (Técnico: Turco Mohamed)
Everson; Mariano, Igor Rabello (Nathan Silva 13’/2T), Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair (Otávio 14’/2T), Nacho Fernández (Keno 21’/2) e Matías Zaracho (Réver 45’/2T); Vargas (Ademir 14’/2T) e Hulk.

 

Outras postagens...

Jorginho é confirmado como novo técnico do Vasco

Paulo Rogério

Pumas anuncia acordo com Daniel Alves e manda recado para astro: ‘Estamos te esperando’

Paulo Rogério

Vasco supera reservas do Cruzeiro e respira na luta contra o rebaixamento

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol