Com slogan ‘É diferente’, programa Esporte Manaus conquista seu espaço na imprensa esportiva do AM

366

Foto: Divulgação / Esporte Manaus

Um dos programas esportivos que conquistou seu espaço na imprensa amazonense é realizado por uma equipe de profissionais, que hoje mostra seu valor com um trabalho de competência, esforço, mas acima de tudo de muita dedicação. O Esporte Manaus, há quatro anos no ar, com seu slogan ‘É diferente’, busca uma proposta que foge do tradicional, mas que prende o público em seu canal numa página de rede social pela internet: https://www.facebook.com/esportemanausoficial/

Superando os problemas enfrentados por outros programas na área esportiva para conseguir patrocinadores, o idealizador do projeto, Tony Ney Maquiné da Silva, 37 anos, técnico de Rádio e TV, pela Fundação Rede Amazônica, não teve medo dos desafios e colocou no ar o programa. Ele explicou como surgiu a ideia do empreendimento do Esporte Manaus

– Sempre gostei muito de esporte, e o Esporte Manaus surgiu após um problema de saúde que tive. Foi um momento, onde eu buscava superação para enfrentar o câncer e encontrei no tratamento psicológico, que surgiu a ideia de cobrir jogos, mesmo sem estar no mercado de trabalho na área de comunicação. Comecei a cobrir jogos de bairro com um colega, e partir daí me interessei da cobertura esportiva – explicou Tony Maquiné, que ainda acrescentou ao SportsManaus

Tony Maquiné em um dos vários trabalhos realizados na cobertura jornalistica do programa (crédito: Foto: Divulgação / Esporte Manaus)

– Junto com outros colegas de curso pude ter novas ideias para criação do Esporte Manaus, foi quando criei a página “Amazônia Esporte” no facebook. A partir daí, comecei a cobrir jogos na Arena da Amazônia, onde minha primeira cobertura foi “Amigos do Jose Aldo x Amigos do Antônio Pizzonia. Foi quando através do curso, comecei a colocar em prática tudo que eu estava aprendendo, a princípio sozinho com uma câmera. Posteriormente, tive apoio de outros colegas para que o Esporte Manaus fosse uma página de matérias esportivas – finalizou.

Com seu programa em uma rede social, Tony Maquiné, desde quando iniciou seu projeto, conseguiu alcançar seus objetivos, ou pelo menos dar espaço para competições, eventos ou projetos, com poucos ou praticamente sem espaço algum na chamada mídia convencional.

– O trabalho que o Esporte Manaus realiza durante esses quatro anos, é um trabalho árduo, mas de muito profissionalismo. Procuramos fazer o melhor e buscar nosso espaço com matérias esportivas e sempre valorizando o que é da nossa terra, principalmente, mostrar o esporte amador que muitas das vezes não tem a visibilidade que eles precisam. Isso faz com que o nosso trabalho, seja destaque entre outros meios de comunicação – citou.

Gratificante

Há dois anos no programa, Nayanne Silva é uma das revelações da imprensa esportiva (crédito: Foto: Divulgação / Esporte Manaus)

A jornalista Nayanne Teixeira da Silva, 26 anos, que realiza trabalhos jornalísticos para a Assessoria de Comunicação do Nacional e é repórter do Programa Câmara Esportiva, exibido às segundas e sextas-feiras, das 15h às 16h, na Rádio Câmara 105,5 FM, há dois anos integra a equipe do Esporte Manaus. Para ela, o trabalho realizado é muito valoroso por todos, pois é veiculado dentro de uma mídia digital.

– Com certeza, as redes sociais hoje tem sido um plataforma de grande crescimento, e embora o Esporte Manaus não seja exibido em uma emissora convencional, o alcance que temos através do trabalho no facebook e instagram é muito gratificante – comemorou Nayanne Silva, que cuida das redes sociais do programa e já participou de coberturas jornalísticas como da seleção brasileira de voleibol masculino, Campeonato Brasileiro da Série D, Copa do Brasil, Copa Verde, Libertadores Feminina, entre outros eventos.

Qualidade

O repórter cinematográfico e do grupo da Rede Amazônica, Douglas Henrique, 24 anos, desde quando passou a fazer parte do programa, por meio de um convite, disse que é uma honra trabalhar no Esporte Manaus, pois sempre prima pela qualidade, a exemplo de outros trabalhos realizados por onde passou.

– A importância da imagem, do valor agregado em si, dependente de onde o profissional esteja, para quem irá captar as imagens, da forma que irá produzir, necessita-se fazer um bom material, sempre. Na minha opinião, seja qualquer produção, diante de uma situação pequena ao extremo, toda a equipe deve ter o melhor empenho, a mesma dedicação, buscar a melhor qualidade de produção, edição e captação de imagem – contou.



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.