SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

Com tempos distintos, Manaus faz dois, Nacional empata, mas resultado garante Gavião na final do Amazonense

Com o resultado, o Manaus decide pela sexta vez consecutiva o título do Campeonato Amazonense da Série A

Com dois tempos distintos, o Manaus saiu na frente no placar, mas o Nacional no segundo tempo foi decisivo, empatou em 2 a 2, mas no final, o Gavião do Norte pelo resultado na primeira partida, confirmou sua vaga na final do Campeonato Amazonense da Série A. O segundo confronto pela semifinal, foi realizado na tarde deste sábado (26), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade.

Com o resultado, o Manaus garante vaga na Copa do Brasil e na Copa Verde de 2023. Será a sexta final seguida do Gavião na elite do futebol amazonense, restando apenas a definição do seu adversário, na partida entre Princesa do Solimões e Fast Clube, no domingo, 27/3, às 15h30 (16h30 de Brasília), no Estádio Gilbertão, o Gilbertão, em Manacapuru (a 68 km da capital). No primeiro jogo, o Tricolor de Aço venceu por 2 a 1.

Jogo

O jogo prometia muito, principalmente pelo lado do Nacional, que precisava da vitória para conquistar a vaga na final. Já o Manaus, apenas um empate para chegar mais uma vez na final do campeonato.

O primeiro lance de perigo foi do Manaus. Aos cinco minutos, falha da zaga do Leão da Vila Municipal pela esquerda, e a bola sobra para Felipe Baiano. O jogador chutou rasteiro no canto direito do goleiro Neguet e quase abriu o marcador.  

Jogando com a vantagem, o Gavião do Norte se apresentava melhor na primeira etapa e pressionava em campo. Aos 12 minutos, pela direita Chan cruza no segundo pau e Gilson cabeceia no canto esquerdo, mas o goleiro Neguet fez a defesa e evita a abertura do placar.

Aos 26 minutos, dois lances cruciais de ambos os lados. O primeiro foi do Naça, com Matheus Padilha, que cobrou lateral pela esquerda na área para Douglas Lima. O meia dominou e chutou de canhota, mas o goleiro defendeu no canto direito. No contra-ataque, o Manaus subiu rápido com Palmares na área, que chutou, mas Neguet em outra grande defesa fechou a meta azulina.  

Aos 31 minutos, o Gavião marcou seu primeiro gol. Depois de um chute de longe, o goleiro Neguet espalmou e na sobra pela direita, Chan cruzou para Palmares no segundo pau de cabeça marcar, 1 a 0.

Perdendo, o Naca não tinha outra alternativa de sair mais para o jogo. Aos 42 minutos, Matheus Padilha pela esquerda toca para Alison na área, que chuta de canhota, mas Pedro defendeu. Um minuto depois, o Manaus quase ampliou. Felipe Baia pela esquerda chutou e novamente o goleiro Neguet praticou uma boa defesa.

Com o avanço do Nacional para empatar, o Manaus se aproveitou dos espaços abertos em campo pelo adversário. Aos 41 minutos, Ibiapino de frente para a meta bate rasteiro no canto direito do goleiro para ampliar. 2 a 0.

Segundo tempo

Era tudo ou nada para o Nacional no segundo tempo para reverter o resultado e conquistar a vaga na semifinal. Aos dois minutos, Jô cobra tiro de canto pela esquerda na área e Lucas Lopeu toca por cima da meta do Gavião.

O Naça pressionava o adversário para diminuir o placar. Aos 24 minutos, em uma boa jogada pela esquerda, Madson soltou um balaço de frente para a meta e descontou, 2 a 1.

Aos 34 minutos, o Naca continuava com sua pressão total em campo e quase empatou. Pela esquerda, Matheus Padilha cruzou na área e Luca Lopes tocou de prima, mas a bola explodiu na trave e não entrou.

Após tanta insistência, aos 37 minutos, saiu o gol de empate azulino. Matheus Padilha bate tiro de canto pela esquerda na área e o zagueiro Thiago Spice surge no meio da zaga do Gavião para marcar de cabeça, 2 a 2.

Nos descontos, o Manaus teve a chance para fechar o caixão do Naça. Aos 48 minutos, em um lance na área, a bola sobra para Vitinho, que de frente com Neguet não conseguiu ser decisivo e perdeu o gol.

Ficha técnica:

Data: 26/03/2022 – sábado

Jogo: Nacional 2×2 Manaus

Motivo: Campeonato Amazonense da Série A – Semifinal / Jogo de volta

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM

Horário: 15h30 (16h30 de Brasília)

Público: —

Renda: —

Árbitro: Antônio Carlos Pequeno Frutuoso

Árbitros Assistentes: Uesclei Regison Pereira do Santos e Dimmi Yuri das Chagas Cardoso

Gols: Palmares 31 min 1ºt e Ibiapino 41 min 1ºt (Manaus) e Madson 24 min 2ºt e Thiago Spice 37 min 2ºt (Nacional)

Advertências: Matheus Padilha, Lucas Lopeu, Alan Patrick e Jô (Nacional) e Pedro, Felipe Baiano, Palmares, Moreira e Chan (Manaus)

Expulsão:

Nacional: Neguet, Carlos Henrique (Jô), Thiago Spice, Gonçalves, Digão (Matheus Padilha), César Sampaio (Théo Maia), Caíque, Wallace Rato (Pingo), Madson, Douglas Lima (Alison) e Lucas Lopeu. Técnico: Gilmar Popoca.

Manaus: Pedro, Felipe Cordeiro (Vitinho), Rayne, Paulo, Renan Luís, Gutierrez, Felipe Baiano, Gilson, Palmares (Moreira), Chan (Toninho) e Ibiapino (Jefferson). Técnico: Evaristo Piza.

 

 

Outras postagens...

“Vamos buscar a vitória“, disse técnico do São Raimundo sobre jogo com Manaus e rebate críticas da imprensa

Paulo Rogério

Série B: Cruzeiro fica no 1 a 1 com Tombense

Paulo Rogério

Vasco e Grêmio lutam muito, mas criam pouco e empatam em São Januário pela Série B

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol