Corinthians bate na trave, leva gol no fim e cai para o Flamengo

175

Da redação do SportsManaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – Tiago Salazar -enviado especial ao Rio de Janeiro, RJ

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O Corinthians fez um bom jogo na noite desta terça-feira, contra o Flamengo, no estádio do Maracanã, mas não foi capaz de superar o revés obtido na sua arena, há três semanas. Com três bolas na trave e momentos de pressão, o Alvinegro viu Rodrigo Caio, já na parte final da partida, marcar o único gol e definir a segunda vitória dos rubro-negros no confronto.

O vencedor agora espera a definição do adversário nas quartas de final, que tem sorteio marcado para a próxima segunda-feira, dia 10 de junho, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A fase, porém, será disputada apenas após a parada para a Copa América, em julho.

Enquanto isso não acontece, os comandados de Fábio Carille terão pela frente o Cruzeiro, no sábado, em Belo Horizonte, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Já os rubro-negros, provavelmente com o português Jorge Jesus na arquibancada, terão pela frente o Fluminense, no domingo, às 19h (de Brasília), no Engenhão.

Corinthians vai bem e fica na trave

O primeiro tempo no estádio do Maracanã mostrou os donos da casa buscando a posse de bola e o Corinthians esperto para tentar um desarme e sair em vantagem para o gol. A situação quase pendeu para o lado dos paulistas em vacilos de Rodrigo Caio e Piris da Motta, mas faltou ao Timão acertar o último passe. Quando Avelar achou Love na área, Rodrigo Caio foi muito bem no desarme.

Os anfitriões pareceram sentir um pouco o bom momento corintiano e não conseguiram colocar a bola no chão, deixando os visitantes rodarem a bola no entorno da área, com faltas e escanteios. O melhor lance, porém, acabou explodindo no travessão de Diego Alves. Depois de bola afastada em escanteio, Ralf pegou de primeira e carimbou a meta do goleiro, que não tinha chances de defesa.

A oportunidade pareceu reacender o ânimo dos donos da casa, que foram para o ataque puxados por dois bons passes de Willian Arão. No primeiro, Cássio abafou finalização de Gabigol. No segundo, o volante clareou a jogada para Diego, que cruzou na medida para Éverton Ribeiro, em rara disputa “justa” pelo alto, ganhar de Clayson e fazer Cássio trabalhar para manter o 0 a 0 no intervalo.

Rodrigo Caio define

O segundo tempo recomeçou com o Corinthians em cima do adversário e buscando o gol usando Vagner Love no pivô. O camisa 9 quase abriu o placar em bom giro sobre a marcação de Léo Duarte, chutando de direita para boa defesa de Diego Alves. O Flamengo respondeu ficando com a bola no campo de ataque, mas sem uma grande chance.

Carille então apostou na entrada de Gustagol para ter mais presença de área, colocando na sequência Boselli para buscar as bolas aéreas. O Timão rondou a área adversária e teve chances de marcar, mas um vacilo na bola parada deu o gol ao Mengão: Rodrigo Caio aproveitou cruzamento de Éverton Ribeiro e desviou. Cássio ainda tocou nela, mas a bola balançou a rede.

Logo na saída de jogo, Boselli tentou do meio do campo e carimbou o travessão. O Alvinegro seguiu na pressão, mandando bolas na área e quase empatou quando Diego Alves soltou cruzamento na área, Jadson bateu de primeira e carimbou a trave direita, no último lance de perigo.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 0 CORINTHIANS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 4 de junho de 2019, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Assistentes: Rafael Alves e Jorge Bernardi (ambos do RS)
VAR: Emerson Ferreira (RS)
Público: 60.171 presentes
Renda: R$ 3.571.041,25
Cartões amarelos: Léo Duarte, Gabigol (Flamengo); Michel, Clayson (Corinthians)
Gols:
FLAMENGO: Rodrigo Caio, aos 41 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Piris da Motta, Willian Arão (Ronaldo), Éverton Ribeiro (Berrío), Diego e Bruno Henrique (Vitinho); Gabigol
Técnico: Marcelo Salles (interino)

CORINTHIANS: Cássio; Michel Macedo, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Régis) e Júnior Urso (Boselli); Jadson, Sornoza (Gustagol) e Clayson; Vagner Love
Técnico: Fábio Carille



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.