SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL NACIONAL

Corinthians sofre, mas passa para as semis do Paulista nos pênaltis com defesa de Cássio

Da Redação do Sports Manaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – Marina Bufon – São Paulo, SP – 24-03-2022 21:20:59

Foto: Divulgação / Corinthians 

Não foi da forma como a torcida esperava, mas o Corinthians conseguiu sua classificação para as semifinais do Campeonato Paulista, na noite desta quinta-feira, na Neo Química Arena, nos pênaltis, com defesa de uma única cobrança, de Cássio. No tempo normal, 1 a 1 contra o Guarani, com um gol em cada tempo.

Dessa forma, o Timão fará a partida única da semifinal contra o São Paulo no estádio do Morumbi, no domingo, às 16h (de Brasília). Como o Tricolor venceu o São Bernardo por 4 a 1, acabou ficando à frente na tabela geral pelos gols marcados. Do outro lado, Palmeiras e RB Bragantino disputam a outra vaga, em partida que acontecerá no Allianz Parque no sábado.

O primeiro tempo do Alvinegro foi de muita posse de bola e chances de abertura do placar, principalmente pelo lado esquerdo, com Willian e Lucas Piton, além de boa atuação de Du Queiroz. Paulinho chegou a balançar as redes, mas o impedimento foi corretamente marcado. Finalmente, após duas tentativas anteriores, Gil fez de cabeça após cobrança de escanteio aos 44.

A postura continuou ofensiva na etapa complementar, mas o Bugre deu a resposta na mesma moeda, com gol de cabeça também após escanteio, com João Victor, aos oito minutos. A partida, então, ficou tensa e com impaciência do Alvinegro, que teve apenas uma chance clara com Renato Augusto, em chute para fora, aos 37. Assim, a decisão foi para os pênaltis, terminando em 7 x 6 para o Corinthians, com defesa de Cássio em chute de Madison.

O jogo

A partida iniciou preocupante, com Renato Augusto precisando de atendimento após encontrão com o lateral adversário e Willian parado (com cartão amarelo) por Ludke. Na sequência, Du Queiroz lançou para Fagner na direita, que chutou para defesa de Kozlinski.

Aos dez, Lucas Piton fez grande lance pela esquerda, driblando dois jogadores, mas Renato Augusto furou e desperdiçou uma ótima chance. Pouco depois, Willian recebeu na entrada da área e arriscou, mas o goleiro espalmou.

O Alvinegro seguiu com muita posse de bola e abrindo espaços, tentando infiltrar e abrir o placar. Aos 18, Willian recebeu de Du Queiroz e fez bom lance pela esquerda, junto com Renato Augusto, mas o camisa 10 acabou mandando para fora.

Mais uma vez, Du Queiroz fez bom lançamento para Piton, que surgiu nas costas da defesa, e passou para Róger Guedes, mas o camisa 9 não pegou em cheio. Aos 27 minutos, Paulinho marcou após rebote do goleiro, mas o impedimento foi corretamente marcado.

O Bugre deu sua primeira resposta logo na sequência, com muito perigo, em forte chute de Madison, que bateu na trave. Depois disso, a partida ainda ficou no campo ofensivo corintiano, e o gol finalmente chegou com Gil, de cabeça, após cobrança de escanteio de Renato Augusto, aos 44 minutos. Chute de Paulinho ainda estourou na trave no fim.

A postura continuou ofensiva, uma característica do técnico Vítor Pereira, mas o Bugre chegou ao gol de empate, também de cabeça, após cobrança de escanteio, com João Victor, botando fogo na partida. Cássio, pouco depois, defendeu um chute um tanto quanto esquisito de Lucão do Break. Isso fez com que o Timão produzisse menos, com menos agressividade e já demonstrando algum cansaço e impaciência.

Assim, a partida foi ficando lá e cá, mas sem grandes chances de gol, mesmo com modificações no time corintiano. A melhor chance aconteceu com Renato Augusto, aos 37, em chute na entrada da área, desviado pelo goleiro. Já nos acréscimos, Fagner cruzou rasteiro na área, a bola passou por todos e saiu.

Assim, a decisão por uma vaga nas semifinais foi para os pênaltis. Fábio Santos, Giuliano, Renato Augusto, Júnior Moraes, João Victor, Fagner, Adson converteram suas cobranças. Do outro lado, Giovanni Augusto, Kozlinski, Lucas Venuto, Lucão do Break, Bruno Silva, Ronald (no meio, de cavadinha) fizeram para o Guarani, mas Cássio pegou a cobrança de Madison, garantindo a vaga ao Corinthians.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 (7) X (6) 1 GUARANI

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Data: 24 de março de 2022 (quinta-feira)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Luis Marques
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Cartões amarelos: Mateus Ludke, Rodrigo Andrade, Giovanni Augusto e Kozlinski (Guarani); João Victor e Gil (Corinthians)
GOLS: CORINTHIANS: Gil, aos 44’ do 1ºT; GUARANI: João Victor, aos 8′ do 2ºT.
Público: 38.283 pessoas
Renda: R$ 2.296.941,00

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Lucas Piton (Fábio Santos); Du Queiroz (Giuliano), Paulinho e Renato Augusto; Gustavo Silva (Adson), Willian (Júnior Moraes) e Róger Guedes (Mantuan).
Técnico: Vítor Pereira

GUARANI: Kozlinski; Mateus Ludke (Rodrigo Andrade), Ronaldo Alves (Derlan), João Victor e Matheus Pereira; Madison, Índio (Bruno Silva) e Giovanni Augusto; Júlio César (Lucas Venuto), Nicolas Careca (Ronald) e Lucão do Break
Técnico: Daniel Paulista

 

 

Outras postagens...

Inter vence Gre-Nal, volta à ponta e frustra o São Paulo

Paulo Rogério

Corinthians vence o Botafogo e se aproxima do G6 no Brasileirão

Paulo Rogério

Visitantes estão em ‘casa’ e já têm segunda melhor marca nos pontos corridos

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol