SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Depois de um longo jejum, São Raimundo vence Tarumã na primeira vitória do ano no profissional

Foi a primeira vitória do Tufão da Colina no profissional do ano (crédito: Paulo Rogério)

Foram oito meses de espera, mas finalmente o São Raimundo conseguiu sua primeira vitória na temporada no futebol profissional. O Tufão da Colina venceu o Tarumã por 1 a 0, pela segunda rodada do Campeonato Amazonense da Série B, neste domingo, 12/11, no Estádio da Colina, Zona Oeste da cidade. Na somatória, incluindo a participação da equipe na Série A do Amazonense, no primeiro semestre, foram quatorze jogos sem saber o que é a vitória, sendo uma partida da divisão de acesso. O autor do gol colinense foi do atacante Branco.

Depois de quebrar o tabu sem vitórias, o São Raimundo folga na tabela e ganha mais tempo para ajustar o elenco. O time joga somente pela quarta rodada, no sábado, 18/11, às 18h (20h de Brasília), no Estádio da Colina. O Tarumã que perdeu em sua estreia, encara o Cliper Clube, na quinta-feira, 16/11, às 20h (22h de Brasília), no Estádio Carlos Zamith, Zona Leste.

Ciente de que a equipe não teve uma boa atuação, o treinador Sidney Bento, disse ao SPORTSMANAUS, que ficou decepcionado com o desempenho do grupo durante toda partida.

– Nosso time foi muito abaixo hoje do esperado, pois jogamos mais na estreia. Nós ganhamos mais pela fragilidade do adversário do que propriamente pelo nosso mérito. Conseguimos fazer o gol no inicio do jogo, que nós deu tranquilidade para no decorrer da partida criar alguma coisa. Infelizmente perdemos dois ou três gols ainda no primeiro tempo. O time jogou em ritmo muito lento, mas vamos ajustar isso – comentou.

Já o comandante do Lobo do Norte, lamentou a ausência de um bom número de jogadores que não foram regularizados a tempo. Para ele, se tivesse entrado com seu time titular, a história poderia ter sido outra.

– Infelizmente nós ficamos com sete jogadores titulares para cair no Bid da CBF. Tivemos que aproveitar os meninos da base, mas demos trabalho ao adversário. No segundo tempo, se estou com time completo, poderia ter jogado de igual para igual e até sair com a vitória, não menosprezando o São Raimundo. Treinamos com um time e jogamos com outro – lamentou.

Outras postagens...

“Estudamos bastante a equipe”, diz técnico do Nacional sobre o Clipper no primeiro mata-mata do Amazonense

Paulo Rogério

Pela segunda vez Darlan assume Fast na Copa Verde e posta na garotada na competição nacional

Paulo Rogério

Por falta de recursos, Penarol pode desistir da Série D, mas tem plano ‘B’ de jogar com uma equipe regional

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol