full screen background image

Em duelo de eliminados, Arábia Saudita vence Egito com gol no último lance

22

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações da GAZETA ESPORTIVA

Foto: Getty Images

Quem compareceu a Arena Volgogrado nesta segunda-feira para acompanhar o duelo entre Arábia Saudita e Egito tinha, possivelmente, a expectativa baixa diante do cenário que se apresentava. Com ambas as seleções eliminadas, o clima de abatimento que se evidenciava no início do jogo durou pouco. Depois que Salah abriu o placar, o VAR se tornou decisivo para marcar dois pênaltis. Apenas na segunda chance, Al-Faraj converteu e empatou. No último minuto Al-Dawsari virou o jogo para 2 a 1 e deu a primeira vitória a sua seleção na Copa do Mundo 2018.

Nem mesmo a partida histórica do goleiro El-Hadary adiantou para os egípcios. O arqueiro, que se tornou o jogador mais velho a disputar uma partida de Copa, apareceu de forma expressiva para defender um dos dois pênaltis. Entretanto, não conseguiu evitar o revés.

Os primeiros 45 minutos saíram muito melhores e mais emocionantes do que se era esperado, ainda mais pelos primeiros minutos. Visivelmente abatidos pela eliminação, as duas seleções começaram o jogo sem mostrar agressividade e ímpeto ofensivo. Quem conta com um jogador como Salah, porém, precisa de apenas uma chance para se ver na frente do placar. Aos 21 minutos, o Faraó foi lançado e tocou por cobertura para abrir o placar.

No decorrer da primeira etapa, o árbitro Wilmar Roldan ganhou destaque pelos dois pênaltis marcados em sequência para a Arábia Saudita. No primeiro, Essam El-Hadary fez ainda mais história ao, além de se tornar o jogador mais velho a disputar uma partida de Copa do Mundo, defender uma penalidade. Na segunda chance, entretanto, o arqueiro nada pôde fazer e Al-Faraj deixou tudo igual.

O segundo tempo foi bem menos intenso e emocionante. Apesar de melhor, a Arábia Saudita viu o Egito ter as melhores chances, mas pecar na má pontaria. No entanto, o jogo só acaba quando termina e Al-Dawsari fez o gol, literalmente no último lance, que deu a vitória para os árabes.

O JOGO

Início morno e seleções claramente abatidas com a desclassificação

Arábia Saudita e Egito entraram em campo com o abatimento pela eliminação precoce evidenciado nos primeiros minutos. Sem ambições de seguir em solo russo, as duas seleções até tentavam ter a bola, mas abusavam nos erros de passe e, dessa forma, tornaram a partida morna, sem obrigar intervenções dos goleiros.

Uma imagem significativa dos primeiros 15 minutos é a impaciência de Mohamed Salah. O camisa 10 demorou não via a bola chegar e a todo momento se virava para os companheiros egípcios pedindo mais precisão no passe. Do outro lado, o técnico Juan Antonio Pizzi até se exaltou para mostrar seu descontentamento, chutando as garrafas de água.

Arábia Saudita melhor, mas Salah decisivo coloca Egito na frente 

Atacantes da pompa e da qualidade de Salah não costumam precisar de muitas chances para decidir, desde que elas aconteçam. Primeiro, o jogador do Liverpool viu a Arábia não só assustar, como esboçar um domínio. Aos 17 minutos, Al-Dawsari recebeu na intermediária, driblou dois marcadores e testou o goleiro mais experiente da história das Copas. Porém, o arqueiro precisou apenas acompanhar e bola pela linha de fundo.

Dois minutos depois de sofrer o gol, Salah foi lançado em profundidade, mas teve marcado o impedimento. O lance acabou se tornando um indício de qual seria a proposta egípcia: procurar seu principal jogador por meio de lançamentos. Aos 21, o Faraó foi letal. Abdalla lançou o camisa 10, que aproveitou o goleiro adiantado e tocou por cobertura para marcar um golaço e abir o marcador.

A vantagem motivou o Egito, que passou a ser melhor e ter o controle da partida. Em nova jogada de profundidade, Salah saiu mais uma vez na cara do goleiro, tentou o toque por cima, mas errou o alvo. Depois, coube a Trezeguet perder duas chances que poderiam ter mudado a história da partida. Primeiro o meia tentou o chute colocado, mas para fora. No lance seguinte, cortou o marcador e bateu novamente com categoria…novamente pela linha de fundo.

Reta final de penalidades culmina em empate árabe e VAR atuante

O bom momento da Arábia Saudita na reta final rendeu o gol de empate. Entretanto, apenas com a conversão do segundo pênalti para dentro da rede. Na primeira vez que o árbitro colombiano Wilmar Roldan apontou a cal, Al-Shahrani havia tentado o cruzamento, que desviou na mão de Fath. Após confirmação pelo VAR, Al-Muwallad bateu no canto esquerdo e El-Hadary espalmou, se tornando o goleiro mais velho a defender um pênalti em uma Copa do Mundo.

Quando todos aguardavam o apito final do primeiro tempo, foi marcada uma nova penalidade a favor da seleção árabe. Em lance muito duvidoso, Al-Dawsari caiu dentro da área após choque com Ali Gabr. Na hora, Roldan apontou a cal, mas recorreu novamente ao VAR, que tinha em sua comissão o brasileiro Wilton Pereira Sampaio. Resultado: Al-Faraj deslocou o goleiro e empatou.

Segundo tempo da Arábia Saudita melhor e do Egito acuado

O gol de empate na reta final deixou o time da Arábia motivado para o segundo tempo. Na volta do intervalo, aos oito minutos, Bahbir foi o responsável pela primeira chance. O lateral Al-Burayk chegou bem na linha de fundo e cruzou para o corte de Hegazy. A bola ainda sobrou nos pés de Bahbir, que emendou de primeira, mas para fora. A resposta egípcia veio com Trezeguet, que testou firme para bola passar rente à trave.

Aos 23 minutos, a Arábia chegou novamente, mas voltou a não conseguir converter a superioridade em gols. Al-Faraj cruzou para Al-Moghawi, que testou e obrigou mais uma boa intervenção de El-Hadary. Depois, o Egito voltou a criar oportunidades, mas parou no mau posicionamento de seus atacantes e na má pontaria.

Gol da Arábia no último lance

Quando alguns já deixavam o estádio de Volgogrado, a Arábia Saudita marcou o gol que deu o primeiro triunfo da seleção na Copa do Mundo. Al-Dawsari aproveitou a confusão na área e bateu cruzado, de primeira, para fazer 2 a 1.

FICHA TÉCNICA
ARÁBIA SAUDITA 2 X 1 EGITO

Local: Volgograd Arena, em Volgogradskaya (Rússia)
Data: 25 de junho de 2018 (Segunda-feira)
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldan (COL)
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e Cristian de la Cruz (COL)

GOLS:
Arábia Saudita: Al-Faraj, aos 50 minutos do 1T, e Al-Dawsari, aos 48 minutos 2T
Egito: Mohamed Salah, aos 21 minutos 1T

Cartão amarelo:
Egito: Ali Gabr, Fathi

ARÁBIA SAUDITA: Yasser Almosailem; Al-Burayk, Osama Howsawi, Motaz Hawsawi e Yasser Al-Shahrani; Abdullah Otayf, Salman Alfaraj, Hussain Almoqahwi; Hatan Bahbri (Muhannad Asiri), Salem Aldawsari e Fahad Almuwallad (Al-Shehri)
Técnico: Juan Antonio Pizzi

EGITO: Essam El-Hadary; Ahmed Fathi, Ali Gabr, Ahmed Hegazi e Mohamed AbdelShafy; Tarek Hamed, Mohamed Elneny; Mahmoud Trezeguet (Kahraba), Abdallah Said (Amr Warda) e Mohamed Salah, Marwan Mohsen (Ramadan Sobhy)
Técnico: Héctor Cúper



Paulo Rogério/sportsmanaus@gmail.com

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) / +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.