Em jogo sem graça, Botafogo e Chapecoense empatam sem gols

67

Da redação do SportsManaus, com informações do LANCE – João Vítor Castanheira – Rio de Janeiro (RJ)

Sem inspiração, equipes empatam em 0 a 0, no Nilton Santos, pela 16ª rodada do Brasileiro

Foto: Vítor Silva/Botafogo

Amargo, sem graça, decepcionante… Os adjetivos servem para definir tanto o resultado para o Botafogo nesta segunda-feira, contra a Chapecoense – um 0 a 0 sem gols – quanto o desempenho da equipe de Barroca no Nilton Santos. Sem inspiração, o Alvinegro criou poucas chances e ainda viu Gatito fazer boas defesas para segurar os catarinenses. Com o resultado, válido pela 16ª rodada do Brasileiro, o Glorioso fica na nona posição, com 23 pontos. 

Botafogo volta a campo no próximo sábado, às 21h, diante do Internacional, em Porto Alegre. No mesmo dia, a Chape recebe o Santos, às 19h. 

Estrela apagada
O início no Nilton Santos foi para lá de lento, com as equipes presas no meio-campo, sem conseguir finalizar. O primeiro chute perigoso veio somente aos 23 minutos, com Camilo, que da entrada da área, exigiu boa defesa de Gatito em bola rasteira. Do lado Alvinegro, viu-se menos ainda. O Botafogo chegou apenas em uma bola cruzada, que terminou numa cabeçada sem direção de Diego Souza e em um arremate de longe de Santana, facilmente defendido por Tiepo. 

Luz de esperança
Não foi em uma jogada brilhante, mas com três minutos de segundo tempo, o Botafogo fez o que não conseguiu em toda primeira etapa: assustar a Chape. Gilson cobrou escanteio, e Alex Santana desviou de cabeça, acertando o poste esquerdo do gol catarinense. 

Por um fio! 
O Alvinegro avançava suas linhas e até dava algum espaço para o adversário contra-atacar, mas, dessa forma, se aproximava do gol. Bochecha, com um lançamento magistral da intermediária, rasgou a defesa alviverde e achou Diego Souza na grande área. O camisa 7 bateu na saída de Tiepo, a bola ia entrando lentamente até que Gum, em cima da linha, tirou. 
 
Justiça feita 
A animação inicial do Botafogo no segundo tempo foi, aos poucos, minada pela falta de intensidade da equipe de Barroca. No último lance do jogo, Alex Santana ainda quase marcou em um belo voleio. Mas foi só. No fim, clima de melancolia em um empate sem gols, justo para o que foi o jogo. 

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 0 CHAPECOENSE

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-hora: 26/08/2019, às 20h
Árbitra: Edina Alves Batista (Fifa/SP) Nota L!: 5,5 – Deixou passar algumas faltas e inverteu outras
Assistentes: Marcelo Van Gasse (Fifa/SP) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Assistentes de VAR: José Mendonça da Silva Júnior (PR) e Evandro de Melo Lima (SP)
Público e renda: 7.095 pagantes; 8.241 presentes; R$ 216.404.
Gramado: Muito bom
Cartões amarelos: Marcinho, Víctor Rangel (BOT); Everaldo (CHA)
Cartões vermelhos: não houve. 

BOTAFOGO
Gatito; Marcinho, Carli, Gabriel e Gilson; Bochecha, Alex Santana e João Paulo (Marcus Vinícius 22’/2ºT); Luiz Fernando (Rhuan, 13’/2ºT), Lucas Campos (Víctor Rangel, 30’/2ºT) e Diego Souza. Técnico: Eduardo Barroca 

CHAPECOENSE
Tiepo, Eduardo, Gum, Maurício Ramos e Bruno Pacheco; Márcio Araujo, Augusto (R. Kayser, 20’/2ºT), Campanharo, e Camilo (Amaral, 38’/2ºT) ; Arthur Gomes (Bryan, 44’/2ºT) e Everaldo. Técnico: Emerson Chris​



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.