Fla abre vantagem, vê Flu encostar, mas sai com vitória no clássico

97

Da redação do SportsManaus, com informações do LANCE – Fernanda Teixeira – Rio de Janeiro (RJ

Rubro-Negro abriu 3 a 0, mas viu o Fluminense reagir e encostar no placar, neste domingo, no Maracanã. Os dois times voltam a se enfrentar nas semis da Taça Rio 

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Os talentos individuais fizeram a diferença, neste domingo, no Maracanã, e o Flamengo venceu o Fluminense por 3 a 2. A vitória na sexta e última rodada na Taça Rio, no entanto, não veio barata. Bruno Henrique, duas vezes, e Gabigol abriram vantagem de três gols no placar. Dodi e João Pedro diminuíram para o Tricolor. 

Com o resultado, as duas equipes se classificaram para as semifinais da Taça Rio e voltam a se enfrentar já na próxima quarta-feira, às 21h30, também no Maracanã. O Tricolor terminou na liderança do Grupo B, com 11 pontos, à frente do Vasco. Já o Rubro-Negro avançou em segundo no Grupo C, com 14, atrás do Bangu, com 15.

O Maracanã praticamente todo rubro-negro deve ter empolgado o time do Flamengo, que começou a partida com mais intensidade e criando as melhores chances nos minutos iniciais do clássico. Gabigol teve duas oportunidades de abrir o placar. A defesa de um Tricolor com muitos reservas em campo dava sinais de nervosismo e errava passes e posicionamento. Abel colocou o time para pressionar a saída de bola adversária. E, neste ritmo, o primeiro gol rubro-negro não demorou a sair. Pará, que já vinha bem na partida, cruzou da direita para Bruno Henrique finalizar de canhota de dentro da área e correr para o abraço. 

Flu acorda e quase empata

O Fluminense, que mal havia cruzado a linha de meio-campo até os dez minutos de partida e não havia finalizado até a parada técnica, finalmente acordou. Os papéis se inverteram e quem errou a saída de bola foi o Fla, com um vacilo de Rodrigo Caio. Caio Henrique acertou o travessão e no rebote de Matheus Gonçalves chutou, Arão salvou o gol de empate em cima da linha. A partir daí o jogo ficou mais equilibrado. O Flu aumentou a posse de bola, mas as melhores chances de gol foram do Fla. Arão, de cabeça, fulminou o travessão após cruzamento de Everton Ribeiro pela esquerda e uma bicicleta de Diego foi bloqueada por Agenor. 

Contra-ataques mortais

Fernando Diniz colocou o time para cima do Fla na volta do intervalo. O que prevaleceu, no entanto, foram os talentos individuais do time de Abel. Em um contra-ataque rápido, aos cinco minutos, Diego fez lançamento na medida para Bruno Henrique ficar na cara do gol e só ter o trabalho de tocar na saída de Agenor. Sete minutos depois, em lance bem parecido, Allan errou passe no meio e Bruno Henrique lançou Gabigol. O artilheiro da temporada invadiu a área e bateu cruzado para fazer o terceiro do Fla e incendiar a torcida rubro-negra no Maraca.

Reação tricolor

Quando o jogo parecia definido a favor do time da Gávea, o Flu voltou a dar sinais de vida. Marcos Calazans fez bela jogada individual pela direita e cruzou para Dodi diminuir a diferença no placar. Partindo para o tudo ou nada, Diniz deu uma chance ao jovem João Pedro, que mostrou que tem estrela. Em sua primeira jogada, o garoto de 18 anos, já vendido para o Watford, mandou a bola para o fundo das redes de cabeça, aproveitando cruzamento de Julião. Mas foi só. Mesmo lutando, faltou qualidade técnica para buscar o empate, e um Flamengo mais equilibrado saiu com três pontos do Maracanã. 

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 3 X 2 FLUMINENSE

Data/Hora: 24/03/2019, às 16h (de Brasília)
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Público/Renda: pagantes: 44.783, presentes: 48.385/ R$ 1.547.146,00
Árbitro: João Batista de Arruda Nota (RJ) L!: 5,5 Teve dificuldades de manter a disciplina no jogo, mas não influenciou no resultado
Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ)
Cartões amarelos: Renê, Ronaldo e Diego (FLA); Daniel, Nino, Igor Julião, Allan, Marcos Calazans e Marlon (FLU)
Cartão vermelho: Pablo Dyego (48’/2ºT)

Gols: Bruno Henrique, 13’/1ºT (1-0) e 5’/2ºT (2-0), Gabigol, 12’/2ºT (3-0), Dodi, 18’/2ºT (3-1) e João Pedro, 25’/2ºT (3-2).

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Ronaldo, Willian Arão, Diego (Lucas Silva, 38’/2ºT) e Everton Ribeiro, Bruno Henrique (Vitor Gabriel, 47’/2ºT) e Gabigol (Uribe, 27’/2ºT). Técnico: Abel Braga.

FLUMINENSE: Agenor; Igor Julião (Pablo Dyego, 30’/2ºT),Nino, Léo Santos, Marlon e Allan (João Pedro, 23’/2ºT); Daniel,Caio Henrique, Ganso e Mateus Gonçalves (Dodi, intervalo); Marcos Calazans Técnico: Fernando Diniz.



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.