full screen background image

Flamengo empata com o River e avança em segundo na Libertadores

130

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações da GAZETA PRESS

Foto: Staff Images/Flamengo

Já classificados para a próxima fase da Copa Libertadores da América, River Plate e Flamengo empataram sem gols em partida disputada na noite desta quarta-feira, no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires. Assim, o time argentino terminou em primeiro lugar no grupo 4, com 12 pontos ganhos, enquanto o rubro-negro carioca ficou com 10 pontos ganhos, na segunda colocação. Os dois times ainda estão invictos na competição sul-americana.

O jogo teve poucos momentos de emoção, quase todos por conta do River Plate que chegou a mandar uma bola no travessão nos minutos finais. O Flamengo entrou mais preocupado com a defesa e pouco ameaçou o gol defendido por Armani. O goleiro Diego Alves mostrou muita insegurança e cometeu algumas falhas que poderiam ter causado a derrota do time brasileiro, se os atacantes do River Plate estivessem numa noite inspirada.

O jogo 

O River Plate chegou com perigo na área do Flamengo antes do primeiro minuto com um chute de Scocco que foi facilmente defendido por Diego Alves.

O time argentino ficava mais tempo com a bola, enquanto o time carioca tentava imprimir velocidade nas jogadas de ataque. Aos sete minutos, o Flamengo criou sua primeira boa chance para marcar.Lucas Paquetá bateu forte, Armani deu rebote, Éverton Ribeiro chutou prensado com a zaga e a bola sobrou para Vinicius Júnior que mandou por cima do travessão.

A partida ficou equilibrada com as duas equipes buscando a marcação do gol, mas encontrando dificuldades por causa da boa marcação das defesas.

Mesmo atuando fora de casa. a equipe dirigida por Maurício Barbieri mostra mais vontade de atacar. Aos 19 minutos, o lateral Renê tentou achar Henrique Dourado na área, mas o goleiro Armani saiu bem e ficou com a bola.

Aos 23 minutos, Fernández investiu em direção à área carioca e foi derrubado por Paquetá; Ele mesmo cobrou a falta e Montiel cabeceou por cima do gol. O River Plate se animou com a jogada e com o apoio da torcida, tentou fazer pressão contra a defesa rubro-negra.

Depois dos 30 minutos, a partida caiu de nível com as duas equipes se preocupando mais com a marcação do que com a organização dos ataques.

Aos 42 minutos, o River Plate construiu sua primeira grande jogada de ataque. Palacios cruzou na área, a bola passou por todo mundo e caiu nos pés de Fernández que lançou Scocco na área, mas a conclusão do atacante encobriu o travessão defendido por Diego Alves.

No último lance importante do primeiro tempo, aos 45 minutos, Rodinei cruzou da direita e a bola passou por quatro jogadores rubro-negros na área argentina, sem que ninguém conseguisse encostar o pé na bola.

As duas equipes voltaram sem modificações para o segundo tempo. E o jogo recomeçou com um ataque perigoso do River. Scocco recebeu na esquerda, derivou para o meio e soltou a bomba. A bola passou muito perto da trave direita.

A equipe da casa se comportava de modo mais agressivo e, aos 11 minutos, Saracchi cruzou e Scocco cabeceou por cima.

Sem muitas ambições, o Flamengo apenas tocava a bola sem incomodar a defesa do time argentino. Só aos 25 minutos é que a equipe rubro-negra voltou a aparecer na área portenha. Henrique Dourado recebeu na área, se livrou do marcador e concluiu forte, mas a bola saiu.

O jogo era de baixo nível técnico com as duas equipes sem demonstrar muito interesse pela vitória. Aos 32 minutos, Lucas Pratto, pouco participativo, recebe lançamento na área e chuta sem levar perigo para Diego Alves.

Aos 35 minutos, o goleiro do Flamengo errou ao tentar colocar a bola em jogo com os pés e acabou fazendo um passe para Scocco que demorou a concluir e permitiu que Diego Alves consertasse o erro, fazendo uma boa defesa.

Aos 44 minutos, após cruzamento na área, Diego Alves saiu mal e a bola sobrou para Borré que, de voleio, manda a bola no travessão, no último lance importante da partida.

FICHA TÉCNICA
RIVER PLATE 0 X 0 FLAMENGO

Local: Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires (Argentina)
Data: 23 de maio de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Andres Cunha (Uruguai)
Assistentes: Mauricio Espinosa (Uruguai) e Nicolás Taran (Uruguai)
Cartões amarelos: Nacho Fernández, Scocco, Enzo Pérez, Maidana (River) ; Lucas Paquetá, Jean Lucas(Fla)

RIVER PLATE: Armani, Montiel, Maidana, Pinola e Saracchi; Ponzio, Enzo Pérez, Palacios (Rojas) e Nacho Fernández; Scocco (Mora) e Lucas Pratto (Borré)
Técnico: Marcelo Gallardo

FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei, Rhodolfo, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e Jean Lucas (Jonas); Vinicius Júnior (Marlos Moreno) e Henrique Dourado (Lincoln)
Técnico: Maurício Barbieri



Paulo Rogério/sportsmanaus@gmail.com

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) / +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.