“Foi um livramento de Deus”, disse pai de Ryan Matheus, que pediu para dormir em casa e se salvou da tragédia no Ninho do Urubu

241

Foto: Arquivo pessoal/Ryan Matheus 

O pais do futebol acordou triste nesta sexta-feira, 8/2, com incêndio que vitimou 10 atletas da divisão de base do Flamengo, entre 14 a 17 anos, no Centro de Treinamento George Helal, o Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O amazonense Ryan Matheus Rodrigues Santana Andrade, de 15 anos, que atua de volante, promovido esse ano para equipe sub-16 do time rubro-negro, é um dos integrantes do CT que se salvou por instinto ou milagre.

Há duas semanas no Rio de Janeiro, para acompanhar seu filho, o pai do atleta, o industriário, Ronny Helly de Melo Andrade, 37 anos, disse ao SportsManaus, que Ryan Matheus ao saber pela direção da base que não treinaria na manhã desta sexta-feira, pediu para dormir em casa. Para seu genitor, parece que foi algo divino que livrou ele da tragédia.

– Ele estava no clube entre às 20h e 20h30 desta quinta-feira (7/2), onde justamente aconteceu o incêndio. Ele pediu para vir para casa. Pedi um carro pelo aplicativo, onde foi pegá-lo e ele veio para dormir em casa. Como falei para ele: “Deus deu uma segunda chance”, porque ele estava lá, e quando soube que não teria treino hoje de manhã (sexta-feira), ligou e pediu para vir para casa – disse, mas ainda afirmou.

– Quando foi pela manhã ao acordar tinha pelos menos 50 ligações no telefone e um monte de mensagens. Nós abraçamos (pai e mãe) ele e agradecemos muito a Deus por ter vindo para casa, porque ele não viria. Foi um livramento de Deus na vida dele – refletiu Ronny.

Segundo o pai, seu filho chegou na base do Flamengo em junho do ano passado, na equipe sub-15. Na temporada, ele subiu de categoria e passou a integrar o elenco sub-16. Para ele, é um momento muito triste, pois Ryan Matheus conhecia os 10 garotos vitimados, porém, disse que ele vai buscar forças para lutar mais ainda pelo seu sonho e agora dos seus amigos.

– Com certeza, esse fato vai servir de motivação. Ele disse para mim: “Pai, agora que não posso desistir mesmo do meu sonho, porque meus colegas morreram no incêndio e agora não vou desistir de ser jogador de futebol. Vou tentar minha vida toda. Isso me motivou mais ainda, e onde eles estiverem vão torcer por mim” – citou o atleta ao seu pai, que deu forças ao filho para lutar.

– Ele já chorou, mas já conversei com ele que a vida continua. Disse para ele honrar no futuro todos os amigos mortos, sendo campeão, sendo um jogador de futebol, uma pessoa do bem, honrando o pai e sua mãe e sempre Deus na frente. Falei que onde os amigos dele estiverem, vão torcer por ele – finalizou.

Passagem no futsal

O coordenador de esportes do Grêmio Recanto da Criança, Antônio Jailton Castro de Oliveira, de 42 anos, disse que Ryan Matheus passou na sua equipe de futsal, de 2013 a 2017. Para ele, foi um susto muito grande tudo que aconteceu, mas ao mesmo tempo um alivio em saber que seu ex-atleta se salvou, pois tem um grande futuro pela frente.

– Graças a Deus ele teve esse livramento, e tudo no tempo do senhor Jesus. Tenho certeza, que Deus tem um propósito muito bom na vida dele. O Ryan Matheus tem muita qualidade técnica, bom passe e excelente finalização. Dentro das nossas equipes de base no futsal, ele sempre foi o camisa 10, sem dúvida, tem um futuro promissor – contou.



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.