SportsManaus
NOTÍCIAS

Grêmio vence a Universidad Católica por 2 a 0 e se garante nas oitavas da Libertadores

Da redação do SportsManaus, com informações do CLICRBS – LUÃ HERNANDEZ

Gols de Alisson e Thaciano deram ao Tricolor sua terceira vitória seguida na competição

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

O Grêmio voltou a jogar bem na noite desta quarta-feira (8) e, desta vez sem dar mole, conseguiu uma vitória tranquila por 2 a 0 sobre a Universidad Católica na Arena, com gols de Alisson, no primeiro tempo, e Thaciano, na etapa final. Assim, a equipe gaúcha termina esta fase da Libertadores na segunda posição do Grupo H, com 10 pontos, e está nas oitavas de final.

Ciente de que não precisava arriscar, já que poderia até mesmo empatar para garantir a classificação, o Grêmio tratou de fazer o que está acostumado: trocar passes em busca de espaços. Foi assim, sem pressionar e sem deixar a Universidad Católica jogar, que o Tricolor ditou ao ritmo ao longo de toda a etapa inicial. A primeira boa chegada ao ataque foi aos cinco minutos, quando Everton recebeu bom passe de André e invadiu a área antes de ser derrubado dentro dela, o que seria pênalti se o árbitro Néstor Pitana não tivesse assinalado um impedimento equivocado.

Os minutos seguintes foram de domínio da bola. A preocupação gremista parecia segurá-la para evitar que o time chileno pudesse atacar. Até que, aos 22 minutos, o volante Michel fez um lançamento primoroso, do campo de defesa, que caiu nos pés de Alisson na entrada da área. O atacante saiu cara a cara com Dituro e não deu outra, deslocou o goleiro Matías Dituro e abriu o placar: 1 a 0.

Depois do gol, o Grêmio melhorou. A confiança, abalada após a virada vexatória sofrida diante do Fluminense, no domingo, havia voltado. O futebol encantador que referiu o técnico Renato Portaluppi em coletiva de imprensa na véspera do jogo contra a Católica estava na Arena.

Aos 28 minutos, Jean Pyerre cobrou falta na direita de ataque para dentro da área. Mesmo agarrado pela defesa adversária, Kannemann cabeceou com perigo, para fora. No lance seguinte, após boa troca de passes no meio-campo, Maicon escorou para Jean Pyerre, que mandou uma bomba de fora da área por cima do gol. Era o domínio completo do Tricolor, que tabelava como se estivesse enfrentando um adversário do Gauchão.

A melhor chance da Católica no primeiro tempo foi aos 35 minutos, mas por falha gremista. Os chilenos alçaram uma bola para área e Paulo Victor saiu mal do gol. Na rebatida, a bola sobrou para Pinares, que chutou para fora, com perigo. E parou por aí.

No final da primeira etapa, o Grêmio adiantou a marcação. Aos 40, a equipe roubou a bola no campo de ataque e quase marcou com Jean Pyerre, que teve seu chute defendido por Dituro. Aos 42 e 43, outras duas boa oportunidades, em finalizações de Everton e Maicon, que também pararam nas mãos do goleiro adversário.

Para o segundo tempo, a Católica voltou postada mais à frente, ficando com a bola, ainda que pouco tenha ameaçado. O Grêmio respondia com contra-ataques puxados pelos velozes Alisson e Everton, além do lateral-esquerdo Juninho Capixaba, que entrou no intervalo na vaga de Cortez. A primeira chance da etapa final teve em sua origem boa tabela entre André e Alisson, que virou o jogo para Everton chutar nas mãos de Dituro. A resposta chilena veio no lance seguinte, com Aued, que arriscou de longe para fácil defesa de Paulo Victor.

Para recuperar o fôlego no meio-campo, Renato mandou a campo Thaciano no lugar de Jean Pyerre. E ele foi responsável por sacramentar o triunfo gremista. Aos 30 minutos, o lateral-direito Léo Gomes roubou uma bola na direita de ataque, carregou até o fundo e cruzou rasteiro para Thaciano, livre no meio da área, colocar para dentro e garantir de vez a classificação às oitavas de final.

Sob os gritos e aplausos dos mais de 30 mil torcedores que estiveram na Arena, o Grêmio continuou no ataque até o fim. Fez o que deixou de fazer na derrota por 5 a 4 contra o Fluminense e está na próxima fase da principal competição do continente. Agora, aguarda o sorteio na segunda-feira que vem para saber quem será o seu adversário.

LIBERTADORES — SEXTA RODADA — 8/5/2019

GRÊMIO (2)
Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Kannemann e Cortez (Juninho Capixaba, int.); Michel e Maicon (Luan, 33’/2º); Alisson, Jean Pyerre (Thaciano, 22’/2°) e Everton; André.
Técnico: Renato Portaluppi

UNIVERSIDAD CATÓLICA (0)
Dituro; Magnasco (Lobos, 10’/2º), Kuscevic, Lanaro e Cornejo; Fuentes (Buonanotte, 37’/2º), Aued e Pinares; Fuenzalida, Riascos (Sáez, 28’/2º) e Puch.
Técnico: Gustavo Quinteros

Gols: Alisson (G), aos 22 minutos do primeiro tempo, e Thaciano (G), aos 30 da etapa final.Cartões amarelos: Kannemann (G); Lanaro, Cornejo, Fuentes (U)
Local: Arena, Porto Alegre (RS)

Arbitragem: Néstor Pitana, auxiliado por Hernán Maidana e Juan Belatti (trio argentino).
Público: 34.187 pessoas (31.814 pagantes)
Renda: R$ 1.478.779,00

Próximo jogo
Brasileirão
Sábado, 11/5
Itaquerão
Corinthians x Grêmio
19h

Outras postagens...

Justiça Federal ordena suspensão de eventos esportivos no DF; Medida coloca em risco jogos de Santos e Palmeiras

Paulo Rogério

A decisão foi anunciada pelo diretor de futebol do clube, Alexandre Farias

Paulo Rogério

Ao lado de ídolos, Daniel Alves é apresentado à torcida no Morumbi

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol