Libertadores: Palmeiras vence Bolívar na altitude com golaço de Gabriel Menino e segue 100%

33

Da redação do Sports Manaus, com informações da ESPN.com.br

Foto: Cesar Greco / Palmeiras

Palmeiras conquistou grande resultado nesta quarta-feira ao vencer o Bolívar-BOL por 2 a 1, nos 3.640m de altitude de La Paz, pela 3ª rodada do grupo B da Conmebol Libertadores.

A equipe alviverde saiu na frente com Willian, batendo pênalti, no 1º tempo, e ampliou com Gabriel Menino, num verdadeiro golaço de fora da área, no ângulo do goleiro Rojas. Os donos da casa diminuíram com Riquelme, e pressionaram nos minutos finais, com o Alviverde já sem fôlego. No entanto, o Verdão prevaleceu, decretando aquela que foi apenas a 2ª derrota do Bolívar para times brasileiros em La Paz, encerrando um tabu de 37 anos.

Com o resultado, o clube do Palestra Itália segue com 100% de aproveitamento no torneio internacional, com 9 pontos em 3 jogos no grupo B e larga vantagem na liderança.

Em campo, o Palmeira tentou dosar o fôlego desde o início, preocupado com os efeitos da altitude de La Paz. A marcação foi encaixada atrás do meio-campo, e a jogada era explorar os contra-ataques.

Em duas boas puxadas, Raphael Veiga recebeu em condições de finalizar da entrada da área. Seus chutes, porém, foram tranquilamente defendidos pelo goleiro Rojas.

Aos 33, foi a vez de Rony ser acionado em velocidade. Ele carregou até a grande área, fintou e foi derrubado por Jusino: pênalti claríssimo.

Na cobrança, Willian “Bigode” bateu no cantinho e abriu o placar para o Verdão.

O Bolívar ensaiou uma pressão nos minutos finais, mas a etapa complementar terminou com 1 a 0 para os visitantes.

No 2º tempo, Vanderlei Luxemburgo voltou com o mesmo time, mas logo os atletas mais veteranos começaram a cansar. O 1º a sair foi Remires, dando lugar a Bruno Henrique.

O Verdão melhorou, e conquistou seu 2º gol em uma verdadeira pintura.

Aos 15 minutos, Gabriel Menino recebeu de Rony na intermediária e soltou um torpedo teleguiado, que entrou no ângulo de Rojas.

GO-LA-ÇO!

O time boliviano, então, resolveu partir com tudo para cima, aproveitando o cansaço alviverde. E, na bola aérea, conseguiu diminuir.

Aos 22, Gutiérrez desviou cobrança de escanteio e Riquelme apareceu livre na pequena área para cabecear e estufar as redes de Weverton.

Luxa, então, resolveu fazer mais duas mudanças: sacou Raphael Veiga e Rony, ambos exaustos, e ingressou Danilo e Gabriel Veron. Depois, Gustavo Scarpa ainda entrou na vaga de Zé Rafael.

O Bolívar pressionou bastante, mas a defesa palestrina conseguiu segurar o resultado até o final. Ainda houve tempo para Scarpa acertar o travessão em cobrança de falta.

Ficha técnica

Bolívar-BOL 1 x 2 Palmeiras

GOLS: Bolívar: Riquelme Palmeiras: Willian (pênalti) e Gabriel Menino

BOLÍVAR: Rojas; Bejarano, Jusino, Gutiérrez e Flores; Machado (Rey), Oviedo, Saavedra (Anderson Emanuel) e Fernández (Ábrego); Arce e Riquelme Técnico: Claudio Vivas

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña; Ramires (Bruno Henrique), Gabriel Menino, Zé Rafael (Gustavo Scarpa) e Raphael Veiga (Danilo); Rony (Gabriel Veron) e Willian (Vitor Hugo) Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Estatísticas

10º gol de Willian em 28 jogos pelo Palmeiras na temporada

O Bolívar teve 64% de posse de bola no 1º tempo

Das 5 finalizações do Palmeiras no 1º tempo, 4 foram no gol

Das 7 finalizações do Bolívar no 1º tempo, 0 foram no gol

O 1º tempo teve apeneas 9 faltas no total

 gol de Gabriel Menino em 23 jogos pelo Palmeiras na temporada

 gol de Riquelme em seu  jogo pelo Bolívar na temporada

Foi apenas a  vez que um time brasileiro venceu o Bolívar em La Paz

O Bolívar não perdua há 37 anos para times brasileiros em La Paz

15ª partida seguida sem derrota do Palmeiras

Classificação

Grupo B

  1. Palmeiras: 9 pontos em 3 jogos
    2.Guaraní: 3 pontos em 2 jogos
    3. Bolívar: 3 pontos em 3 jogos
    4. Tigre: 0 ponto em 2 jogos

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo na próxima semana pela Libertadores.

  • Terça-feira, 22/09, 19h15*, Tigre x Bolívar
  • Quarta-feira, 23/09, 21h30*, Guaraní x Palmeiras

*horário de Brasília



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.