SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL INTERNACIONAL

Libertadores: torcida faz até ‘mosaico permanente’ no Castelão, mas Fortaleza é surpreendido pelo Colo-Colo e estreia com derrota

Da Redação do Sports Manaus, com informações – ESPN.com.br

No Castelão, o Fortaleza foi superado por 2 a 1 pelo Colo-Colo, do Chile, em sua estreia na Conmebol Libertadores

Foto: Twitter / Conmebol 

Fortaleza estreou com derrota na fase de grupos da Conmebol Libertadores. Nesta quinta-feira (7), em um Castelão lotado, o Leão do Pici recebeu o Colo-Colo, pelo grupo F, mas foi surpreendido pelos chilenos, que venceram por 2 a 1.

Lucero e Solari balançaram as redes para a equipe visitante, enquanto Renato Kayzer descontou para o Leão do Pici.

Esta foi a primeira partida na história da equipe tricolor na competição continental, após campanha de destaque no último Brasileirão, sob comando do técnico Juan Pablo Vojvoda.

No primeiro tempo, o Colo-Colo dominou as ações e levou mais perigo do que o Leão do Pici. Aos 8 minutos, Solari quase abriu o placar após mandar uma bomba, mas Benevenuto, de forma incrível, salvou em cima da linha, e de cabeça, evitando o gol dos chilenos.

Os visitantes, porém, inauguraram o marcador no fim do primeiro tempo. Aos 38 minutos, Lucero recebeu passe açucarado e mandou direto para o gol, sem chance de defesa para o goleiro Max Walef.

Na volta do intervalo, o Colo-Colo ampliou. Ainda aos 4 minutos, Solari aproveitou falha da defesa do Fortaleza, recebeu do ex-Vasco Leo Gil, e fez 2 a 0.

A partir daí, o Leão do Pici tentou recuperar o tempo perdido e foi mais perigoso na partida. A equipe do técnico Juan Pablo Vojvoda ainda conseguiu descontar, aos 25 minutos, após grande jogada de Yago Pikachu, que cruzou rasteiro na área para Renato Kayzer, que completou para o gol e fez o único do Fortaleza na partida.

Nos acréscimos, o Colo-Colo ainda ficou com um a menos em campo, após o zagueiro Emiliano Amor cometer falta e levar o segundo cartão amarelo. O Fortaleza ainda teve um ótima chance de empatar, em cobrança de falta, mas Benevenuto cabeceou e acertou a trave. Quase!

No último lance do jogo, os chilenos também tiveram a chance de anotar o terceiro gol, mas a bola também bateu no travessão de Max Walef.

Situação do campeonato

Com a derrota, o Fortaleza terminou a primeira rodada na lanterna do grupo F, ainda sem nenhum ponto somado e -2 gols de saldo. Já o Colo-Colo, com 3 pontos, e melhor saldo que o River Plate, assumiu a liderança.

O cara: Solari

O atacante do Colo-Colo foi o grande nome do jogo e também quem levou mais perigo à meta defendida por Max Walef. Além disso, foi o responsável por marcar o segundo gol da sua equipe, e que deu ‘folga’ para os chilenos saírem com a vitória, mesmo após gol de Renato Kayzer.

Torcida do Fortaleza lota Castelão e faz até mosaico permanente

Como de costume, a torcida do Leão do Pici deu show na Arena Castelão. E teve até um mosaico permanente, já que os torcedores vestiram camisas de diferentes cores nas arquibancadas. Mesmo com o placar adverso, ninguém parou de cantar, apoiando o Fortaleza até o fim.

Polêmica no 2° tempo

Aos 11 minutos, Moisés avançou livre em contra-ataque e foi derrubado por marcador do Colo-Colo dentro da área. O árbitro mandou o lance seguir e ainda mostrou cartão amarelo para Lucas Lima, por reclamação. Na opinião do comentarista de arbitragem dos canais Disney Carlos Simon, o pênalti deveria ter sido marcado.

Vale lembrar que, na fase de grupos da Libertadores, não há a tecnologia do VAR.

Próximos jogos

O Fortaleza volta a campo pelo grupo F da Conmebol Libertadores na próxima quarta-feira (13), a partir das 21h, para partida contra o River Plate, no Monumental de Núñez, em Buenos Aires, com transmissão pela ESPN no Star+. Antes, no domingo (11), a equipe faz sua estreia no Campeonato Brasileiro e recebe o Cuiabá.

Pela segunda rodada da fase de grupos, o Colo-Colo também volta a campo na próxima quarta, em casa, contra o Alianza Lima.

Ficha técnica

Fortaleza 1 x 2 Colo-Colo

GOLS: Colo-Colo: Lucero (38′ 1°T) e Solari (4′ 2°T); Fortaleza: Renato Kayzer (25′ 2°T)

FORTALEZA: Max Walef; Landázuri, Benevenuto e Titi (Ceballos); Yago Pikachu, Zé Welison, Lucas Lima (Romarinho), Hércules (Felipe) e Juninho Capixaba (Lucas Crispim); Moisés e Silvio Romero (Renato Kayzer). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

NACIONAL: Brayan Cortés; Opazo, Falcón, Amor e Suazo; Fuentes, Pavez, Solari (Christian Santos), Gabriel Costa (Villanueva) e Leo Gil (Zaldivia); Lucero (Bolados). Técnico: Gustavo Quinteros.

 

 

Outras postagens...

Botafogo acerta contratação de Patrick de Paula, do Palmeiras; veja valores e detalhes do negócio

Paulo Rogério

Palmeiras faz quatro gols em sete minutos, bate o Atlético-GO e abre vantagem na ponta do Brasileirão

Paulo Rogério

Brasileirão: Grêmio vence o Cuiabá com gol de Borja e respira na luta para sair do Z-4

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol