Site www.sportsmanaus.com.br full screen background image

“Não pode interferir negativamente”, disse presidente do Nacional-AM sobre protesto de torcedores

413

Depois de um jogo tenso e dramático, mas no final com a vitória de virada do Nacional diante do Penarol por 2 a 1, pela segunda rodada do returno, pelo Campeonato Amazonense, a torcida fazia na arquibancada fazia seu protesto contra a diretoria, estendendo faixas com mensagem de repúdio, tendo como alvo principal, o presidente do clube, Roberto Peggy.

O resultado aliviou a pressão do Naça, que ocupava as últimas colocações na zona de rebaixamento do estadual. A vitória foi importante, mas não poupou os protestos dos torcedores com o desempenho do time na temporada, com exceção do jogo com a Ponte Preta, pela Copa do Brasil, quando jogou e merecia até a classificação para próxima fase.

Alheio a insatisfação do torcedor e das organizadas do Leão da Vila Municipal com a campanha no estadual, o gestor do Naça, disse ao SPORTSMANAUS, que a democracia permite o manifesto, desde que não prejudique o time em campo.

Presidente encara os protestos dos torcedores como atoa de revolta (crédito: Paulo Rogério)

– É natural, o torcedor está insatisfeito, ele quer fazer protesto, o que não podemos permitir é um protesto que influencie o time negativamente. Se nós permitirmos algo antes do apito final, como aconteceu no jogo que o Nacional sobrou em campo, até com direito a perder pênalti com Penarol, seria precipitado. Sou muito tranquilo com relação ao protesto, porque a relação aqui é passional, se o torcedor não está satisfeito com time ele tem que protestar – disse, mas ainda concluiu.

– Se o torcedor paga os ingressos, compra camisa oficial do clube, participa do programa sócio torcedor, o diretor tenta montar o elenco decente que jogue um bom futebol proporcional ao espetáculo. A torcida faz a parte dela, a diretoria e os jogadores e a comissão técnica também, ou seja, se estão todos quites em dia, não tem protesto nesse caso. Apesar de considerar plenamente prematuro, porque não se pode fazer um protesto num campeonato, onde o Nacional pode terminar, inclusive em primeiro – lembrou.

De acordo com presidente, a diretoria realiza um trabalho nos bastidores para oferecer as melhores condições possíveis aos jogadores e comissão técnica. Para ele, é preciso ter paciência e acreditar mais no trabalho, pois tudo não acontece de imediato.

– A minha gestão procuramos fazer tudo com descrição, sem muito alarde antes da hora, mas quando está tudo no ‘preto e no branco’. O que não vou fazer é qualquer tipo de acordo se não tiver um retorno positivo. A tendência é de crescimento no momento certo. Há cerca de 40 dias da Série D, e se o torcedor perguntar, porque não fez tudo isso em dezembro com a Coca-Cola, poios não tinha recursos para tudo isso. Vamos chegar voando na Série D.

Torcedores mostraram sua insatisfação sobre a participação do clube no campeonato (crédito: Paulo Rogério)



Paulo Rogério/sportsmanaus@gmail.com

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) / +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.