“Não tem pressão”, afirma técnico do Brusque-SC sobre a final histórica da Série D na Arena da Amazônia

158

Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Com 32 anos de fundação, o Brusque Futebol Clube, de Santa Catarina, vive seu momento mais significativo em toda sua história. A partida de volta com Manaus na grande final do Brasileiro da Série D, neste domingo, 18/8, às 15h (16h de Brasília), na Arena da Amazônia, pode marcar o maior feito do clube no futebol brasileiro. No primeiro jogo na semana passada, as equipes empataram em 2 a 2, mas quem vencer conquista a Série D, porém, se houver empate no tempo normal a decisão será na cobrança de penalidades.

Apesar de jogar fora de casa na decisão da Série D, o técnico Waguinho Dias, disse ao SportsManaus, que o Bruscão está preparado para enfrentar o Manaus e o grande público que deve lotar o estádio. Para ele, os jogadores não vão sentir a pressão e muito menos jogar no palco que sediou os jogos da Copa do Mundo de 2014.

– Nós já sabemos que vai ser casa cheia, vai ser muito bom jogar em um estádio de Copa do Mundo. Não tem pressão nenhuma jogar assim, o que vale é dentro de campo, tentar fazer o melhor, jogar dentro de campo e os atletas estão bem equilibrados emocionalmente. Não vai ter interferência nenhuma jogar na Arena da Amazônia, pelo contrário, é muito bom, mas isso não vai influenciar em nada para nós – alertou, mas afirmou sobre o primeiro jogo.

No centro, o técnico Waguinho ao lado de sua comissão técnica no treino na manhã deste sábado, no CT do Nacional (crédito: Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC)

– Nós estávamos vencendo por 2 a 0, e acabou tendo o empate com muita honra e garra com muitas situações do Manaus que fez por merecer. Não tem lição nenhuma para a partida de volta, não tem nada disso, foi uma situação de momento de jogo. O Manaus foi feliz realmente em poder fazer dois gols de cabeça e conseguiu o empate. Infelizmente não fomos competentes para fazer o terceiro, onde tivemos condições, mas foi um belo jogo – comentou Waguinho.

 Agora conhecendo de perto seu adversário, o comandante Quadricolor, lamente ter perdido dois de seus principais jogadores, mas lembrou que o Manaus também não vai contar com duas peças importantes no esquema tático do clube.

– Depois do primeiro jogo que fizemos com Manaus, lógico que as duas equipes se conhecem melhor, já se estudaram e jogaram, uma equipe já conhece a outra e sabem como jogar e o esquema tático. Por mais que o Hamilton e Rossini não joguem pelo lado do Manaus, nós também perdemos Romário e Zé Matheus, que fez um gol. Acho que se equivalem as equipes, e o jogo da volta o que vai prevalecer é o equilíbrio emocional – contou, mas afirmou que o grupo veio para buscar o título.

– Todos estão confiantes, tanto a equipe do Manaus como a nossa já são vitoriosos, já estão na Série C e o título é para coroar, é para fazer um grande jogo, jogar um bom futebol, não jogar um anti-jogo e temos que fazer um belo espetáculo para 45 ou 50 mil pessoas. Nós estamos preparados, vamos fazer realmente tudo trazer o título para Santa Catarina, tanto é histórico para o Manaus, quanto para o Brusque. Os nossos jogadores estão tranquilos nesse momento e vão fazer um grande jogo.

Sobre a possibilidade de conquistar um título nacional, Waguinho Dias, afirma que será o ápice de sua carreira até agora, pois todos que trabalham no futebol quando disputam qualquer competição, sempre buscam o melhor para a equipe, no caso o título em disputa.

– É muito importante para todos que estão trabalhando, para os atletas, comissão técnica ser campeão nacional e trazer no currículo, isso é importantíssimo e muito bom para nós. É o meu título nacional que estou buscando, espero que a gente conquiste, mas do outro lado tem uma equipe e um treinador muito competente também, mas quem vai ganhar com isso é o futebol brasileiro. Espero que seja um bom jogo, que a gente continue bem na carreira e que o Manaus faça renascer o futebol da Amazônia – concluiu.



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.