SportsManaus
NOTÍCIAS

No caminho do Brasil! Veja como a Bélgica venceu a Inglaterra na Copa

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações do LANCE – Mário Boechat – Kaliningrado (RUS)

Januzaj fez o único gol da vitória dos Red Devils sobre os britânicos por 1 a 0

Foto: Getty Images

Em jogo com poucas emoções e recheado de jogadores reservas, a Bélgica bateu a Inglaterra por 1 a 0 nesta quinta-feira, em Kaliningrado, e ficou com a primeira colocação do Grupo G. Desta forma, os Red Devils vão enfrentar o Japão nas oitavas de final e podem cruzar com o Brasil nas quartas. Já os britânicos terão a Colômbia pela frente.

A Bélgica terminou com nove pontos, contra seis da Inglaterra. Na outra partida da chave, a Tunísia venceu o Panamá por 2 a 1 e ficou em terceiro, deixando o adversário sem pontuar.

RESERVAS EM CAMPO

Inglaterra e Bélgica entraram em campo com times reservas. Pelo lado britânico, apenas Pickford e Stones. Do lado rival, Courtois esteve desde o início. A ideia dos técnicos era preservar seus principais jogadores para as próximas fases da Copa do Mundo. Mas pouparam também um bom futebol aos espectadores, que chegaram a vaiar o toque de bola infrutífero das suas seleções em campo.

QUASE GOL

Apesar do futebol desinteressado, a Bélgica quase abriu o placar em um lance curioso. Batshuayi finalizou e a bola ficou fácil para Pickford. Surpreendentemente, o goleiro não a segurou e o atacante belga tocou novamente nela, mas Cahill tirou em cima da linha. Além deste momento, a Inglaterra teve duas oportunidades com Vardy, que mandou para fora.

JANUZAJ FAZ A TORCIDA VIBRAR

O que faltou em 45 minutos, apareceu logo com cinco da etapa final. Em bonita jogada pela direita, Januzaj cortou Rose e finalizou bonito, tirando de Pickford para abrir o placar. Apesar de o marcador ter sido alterado, a toque de bola improdutivo das duas equipes se manteve, e as vaias voltaram a aparecer. Rashford teve a chance do empate, mas mandou para fora na cara de Courtois. No fim, os belgas quase ampliaram, mas Fellaini mandou na rede pelo lado de fora.

KOMPANY E VERMAELEN ESTREIAM

Cotados para serem cortados antes da Copa do Mundo, Vermaelen e Kompany, enfim, estrearam pela Bélgica na Copa do Mundo. O zagueiro do Barcelona foi titular e deixou o campo para o defensor do Manchester City fazer seu primeiro jogo na Copa do Mundo, aos 29 do segundo tempo.

MELHOR ATAQUE DA FASE DE GRUPOS

O gol de Januzaj fez a Bélgica terminar a fase de grupos com o melhor ataque. Foram nove gols marcados: Lukaku (4), Hazard (2), Mertens (1), Batshuayi (1) e Januzaj (1). 

FICHA TÉCNICA
INGLATERRA 0 x 1 BÉLGICA
Local:
 Kaliningrado (RUS)

Árbitro: Damir Skomina (SLO)
Assistentes: Jure Praprotnik (SLO) e Robert Vukan (SLO)
Cartões amarelos: Tielemans, Dendoncker (BEL)
Cartões vermelhos: Não houve

Gol: Januzaj, 5’/2°T (0-1)

INGLATERRA: Pickford; Jones, Stones (Maguire – intervalo) e Cahill; Alexander-Arnold (Welbeck, 34’/2°T), Loftus-Cheek, Dier, Delph e Rose; Vardy e Rashford. Técnico: Gareth Southgate.

BÉLGICA: Courtois; Dendoncker, Boyata e Vermaelen (Kompany, 29’/2°T); Chadli, Fellaini, Dembélé e Thorgan Hazard; Tielemans, Januzaj (Mertens, 41’/2°T) e Batshuayi. Técnico: Roberto Fernández.

Outras postagens...

Nobre vê “falta de medo” da arbitragem e pede apoio da torcida

Paulo Rogério

Sólida, defesa de Tite não sofre um gol há cinco jogos consecutivos

Paulo Rogério

Em ritmo de treino, Brasil goleia seleção de El Salvador em amistoso

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol