SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL NACIONAL SÉRIE D

No primeiro jogo pelas oitavas da Série D com ASA-AL em casa, técnico do Rio Branco-AC alerta: “Buscar a vitória”

Será o segundo adversário nordestino pela frente, já que o Estrelão bateu o Pacajus-CE pela segunda fase.

Após o empate dramático em casa e a vaga na cobrança de penalidades, o Rio Branco-AC, se prepara para mais um desafio e com a esperança de superar seu adversário para se aproximar mais ainda do acesso à Série C do ano que vem. O Estrelão encara a boa equipe do ASA-AL, no primeiro jogo, pelas oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D, neste domingo, 7/8, às 19h local, no Florestão, na capital acreana. A partida de volta acontece no próximo domingo, 14/8, às 16h local, no Estádio Coaracy Fonseca, em Arapiraca.

De acordo com o técnico Bruno Monteiro, serão dois jogos muito difíceis e decisivos, mas admitiu que é fundamental conquistar um bom resultado em casa, já pensando na partida de volta na definição da vaga na próxima fase.

Bruno afirmou que o time precisa de um bom resultado, mas de uma forma organizada (Foto: Agência Sports Manaus)

– Sem dúvida, sabemos da importância de buscar o resultado em casa para levarmos para o segundo jogo um bom resultado, o que será fundamental para buscarmos nossa classificação, mas é um jogo de 180 minutos. Acredito que o equilíbrio vai prevalecer, mas sabemos que a equipe do ASA vem fazendo uma boa competição, e é uma equipe que vem mostrando solidez e consistência mesmo fora de casa – disse ao SPORTS MANAUS, mas ainda frisou.

– O confronto de fato vai se decidir apenas no segundo jogo. Sabemos das dificuldades, que vamos encontrar em casa, mas temos que nos impor, que buscar a vitória, porém, de uma forma organizada e equilibrada. Sabemos que teremos mais um confronto diante do ASA e desta vez fora de casa – completou Bruno.

Contando com as melhores equipes na reta final do acesso, o comandante do Estrelão, sabe que terá pela frente um time qualificado, mas não define como o mais difícil até agora, pois o campeonato em si proporciona várias situações complicadas.

LEIA MAIS:

 – A princípio não consigo dimensionar se será a equipe mais difícil, mas de fato pelo que estive analisando o ASA, possui atletas com alto poder de decisão e técnica. É uma equipe extremamente técnica e tem um jogo muito forte com atletas como Anderson Feijão, Roger Gaúcho, Ermínio, Didira, sendo este que chegou recentemente e estava na Série B. É uma equipe qualificada, mas não consigo dimensionar se de fato será mais a difícil – salientou, mas ainda afirmou.

– Temos sim informações do ASA, assim como também nosso adversário possui. Cabe a comissão técnica operacionalizar e filtrar essas informações para passarmos aos atletas da melhor forma possível. Nesse sentido, podemos fazer um jogo consistente, equilibrado e impositivo para conquistarmos um bom resultado em casa, o que dará uma tranquilidade no jogo da volta – finalizou o comandante do Estrelão.

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Premier League: Liverpool vence o Watford por 2 a 0, assume a liderança provisória e ‘secará’ o Manchester City

Paulo Rogério

Fluminense vence e aumenta jejum de vitórias do Atlético-PR

Paulo Rogério

Fortaleza supera Juventude e garante classificação para a Copa Libertadores

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol