Palmeiras atropela Godoy Cruz e vai às quartas de final da Libertadores

81

Da redação do SportsManaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – São Paulo, SP

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras está nas quartas de final da Copa Libertadores. Nesta terça-feira, a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari recebeu o Godoy Cruz, no Allianz Parque, pelo jogo de volta das oitavas do torneio continental, e não decepcionou sua torcida, que lotou o estádio alviverde. Depois de um primeiro tempo apático, o Verdão voltou com tudo para a etapa complementar e conseguiu sair de campo com a importante vitória por 4 a 0, graças aos gols de Raphael Veiga, de pênalti, depois de o VAR entrar em ação para que a infração fosse marcada, Borja, aproveitando o vacilo do goleiro adversário, Scarpa e Dudu.

Agora, o Palmeiras aguarda o vencedor do duelo entre Libertad, do Paraguai, e Grêmio para saber quem será seu próximo adversário na Libertadores. No jogo de ida, o Tricolor gaúcho levou a melhor, vencendo o rival por 2 a 0, gols de Diego Tardelli e David Braz. A decisão acontece nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no estádio Defensores Del Chaco.

Pelo segundo ano consecutivo o Palmeiras avança às quartas de final da Libertadores. No ano passado, o Verdão chegou até a semifinal do torneio, sendo eliminado pelo Boca Juniors. Em 2017, caiu nas oitavas para o Barcelona de Guayaquil, do Equador. Nesta terça, o time de Felipão jogava pelo empate depois de ter voltado da Argentina com o placar de 2 a 2. O Godoy Cruz só avançaria com uma igualdade no marcador se fosse por 3 ou mais gols.

O jogo – Logo no primeiro minuto de jogo o Palmeiras deu o primeiro susto no adversário. Raphael Veiga mandou a bola na área e, após bate-rebate, a bola sobrou para Luan, que bateu de primeira, mas sem precisão. Ainda assim, seu arremate cruzou toda a área do Godoy Cruz, porém, ninguém desviou para o fundo das redes.

Já aos 12 minutos foi a vez de o Palmeiras atacar de uma forma um tanto quanto incomum. Marcos Rocha abandou a lateral direita e, centralizado, correu rumo à grande área. Enquanto isso, Willian, aberto, fez o cruzamento na cabeça do camisa 2, que não conseguiu finalizar de maneira certeira.

Com Dudu atuando no meio e Raphael Veiga aberto pela esquerda, o Verdão tentava surpreender o Godoy Cruz de alguma forma, mas o que a torcida alviverde viu no primeiro tempo foi uma equipe com pouca criatividade. Embora não tenha sido agredido, o time comandado por Felipão também não dominou os visitantes como todos imaginavam. Cometendo erros bobos e pecando no último terço do campo, coube ao Palmeiras se conformar com o empate em 0 a 0 ao fim do primeiro tempo.

Segundo tempo

Se o Palmeiras foi apático na primeira etapa, no segundo tempo a história foi diferente. Logo aos quatro minutos por pouco a torcida não extravasou nas arquibancadas do Allianz Parque. Willian recebeu na direita, deu um lindo corte no marcador e cruzou na cabeça de Gustavo Gómez, que viu o goleiro fazer a defesa à queima-roupa em dois tempos.

Pouco depois, aos 11 minutos, não teve jeito. Após o árbitro marcar pênalti para o Palmeiras com o auxílio do VAR pelo fato de o zagueiro ter tocado na bola com o braço, Raphael Veiga foi para a cobrança e não desperdiçou, batendo forte, no cantinho, para abrir o placar.

Não satisfeito com a vantagem parcial, o Palmeiras tratou de não correr qualquer risco de ser surpreendido balançando as redes mais uma vez e praticamente assegurando a classificação às quartas de final da Libertadores aos 28 minutos, quando Weverton repôs a bola no campo de ataque, e Borja aproveitou a saída do goleiro para ficar com a sobra depois de o goleiro Mehring se chocar com a defesa e deixar a meta do Godoy Cruz sem ninguém, facilitando a tarefa do atacante colombiano, que precisou apenas empurrar para o fundo das redes com um carrinho.

Antes do apito final, ainda deu tempo para Gustavo Scarpa, que havia entrado na vaga de Raphael Veiga, carimbar a trave e, posteriormente, aos 38 minutos do segundo tempo, ir às redes ao completar de primeira o cruzamento de Dudu, não dando chances para que o goleiro Mehring fizesse a defesa. Já nos acréscimos, foi a vez de Dudu receber livre pela direita, dentro da área, e soltar a bomba, no ângulo para fechar a conta, transformando a elástica vitória em goleada.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 X 0 GODOY CRUZ

Local: Allianz Parque, em São Paulo, Brasil
Data: 30 de julho de 2019, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Esteban Ostojich (URU)
Assistentes: Richard Trinidad e Gabriel Popovits (URU)
VAR: Gery Vargas (BOL), auxiliado por Eduardo Gamboa (BOL) e Nicolás Taran (CHI)

Gols: Raphael Veiga, aos 11 do 2ºT, Borja, aos 28 do 2ºT, Scarpa, aos 38 do 2ºT, e Dudu, aos 49 do 2ºT (Palmeiras)
Cartões amarelos: Bruno Henrique, Raphael Veiga (Palmeiras); Cardona, Varela (Godoy Cruz)
Cartão vermelho: Manzur (Godoy Cruz)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Raphael Veiga (Gustavo Scarpa); Dudu, Willian (Hyoran) e Borja (Deyverson)
Técnico: Felipão

GODOY CRUZ: Mehring; Arena (Prieto), Varela, Cardona e Breitenbruch; Gutiérrez, Andrada e Bullaude; Brunetta (Manzur), Merentiel e Santiago García
Técnico: Lucas Bernardi



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.