Palmeiras fecha as contas de 2018 com arrecadação recorde

35

Da redação do Sports Manaus, com informações do PLACAR  – ESTADÃO CONTEÚDO

Faturamento de R$ 688,5 milhões é o maior da história do futebol brasileiro

Foto: Ricardo Moraes/Reuters

O Palmeiras fechou as contas do último ano com arrecadação recorde e números bem acima da meta. Na noite desta segunda-feira, 25, o Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) do clube aprovou de forma unânime o balanço da última temporada, na qual o time conquistou o título do Brasileirão. A arrecadação de 688,5 milhões de reais é a maior da história da equipe e também do futebol brasileiro – os outros clubes ainda não divulgaram seus balanços de 2018.

O clube fechou o balanço com superávit de 30,7 milhões de reais. A arrecadação de quase 700 milhões de reais superou em cerca de 200 milhões a estimativa, que era de 477 milhões de reais. Em 2017, o clube teve faturamento de 531 milhões de reais, abaixo apenas do Flamengo, com 648,7 milhões (o recorde nacional até então).

O aumento no número final se explica principalmente pela venda de jogadores. As negociações de nomes como Keno, Róger Guedes, Tchê Tchê, Fernando, Fuzato e João Pedro renderam 108 milhões de reais aos cofres do clube.

A conta referente a 2018 inclui também a premiação pelo título brasileiro. O valor pago pela CBF, assim como o bônus dado pela Crefisa, alcançou quase 30 milhões de reais. No fim do ano passado, o COF também aprovou a previsão orçamentária para 2019. A estimativa será de fechar a atual temporada com novos números positivos, com 561 milhões de reais em receitas.

Este número, no entanto, deve aumentar. O Palmeiras traçou esse panorama com a estimativa de vender 50 milhões de reais em jogadores, valor que pode ser maior. A conta também não inclui a negociação de direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro. Como a diretoria continua negociando com a Rede Globo para a exibição de partidas no pay-per-view e TV aberta, há a possibilidade de receber mais recursos.

Apesar da aprovação do balanço, o COF fez uma ressalva sobre o contrato aditivo do Palmeiras firmado com a Crefisa, em janeiro de 2018. A mudança obrigou a diretoria a mexer nos acordos de compra de todos os jogadores contratados com recursos financeiros da patrocinadora. A estimativa é que seja necessário devolver à empresa mais de 120 milhões de reais pelo investimento realizado.



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.