SportsManaus
FUTEBOL INTERNACIONAL

Paquetá é expulso por agredir o árbitro, mas Milan vence Bologna

Da redação do SportsManaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – São Paulo, SP

Foto: Miguel Medina/AFP

Na partida que fechou a 35ª rodada do Campeonato Italiano, o Milan derrotou o Bologna por 2 a 1 nesta segunda-feira, jogando no San Siro. O resultado deu sobrevida do time treinado por Gattuso na briga por uma vaga da Liga dos Campeões. Suso e Borini marcaram para os mandantes, enquanto Destro descontou para os visitantes. Lucas Paquetá foi o destaque negativo da partida, sendo expulso na segunda etapa após dar um tapa nas mãos do árbitro.

Com a vitória, o Milan foi à sexta colocação, com 59 pontos somados, chegando à posição que dá direito à classificação à Liga Europa. Na próxima rodada, o time visita a Fiorentina, no Sábado, às 15h30. Já o Bologna estacionou na 15ª colocação, com 37 pontos somados, e ainda não escapou do risco de ser rebaixado. O próximo compromisso da equipe é contra o Parma, em casa, na segunda-feira da semana que vem, às 14h.

O jogo – Precisando da vitória, o Milan iniciou a partida pressionando o Bologna no campo de ataque. A primeira chance de gol da partida veio com Çalhanoglu, que aproveitou sua boa qualidade em chutes de fora da área para arriscar de longe. O meia recebeu na intermediária e, com liberdade, finalizou com a bola no ar, exigindo grande defesa de Skorupski.

Logo na sequência, os mandantes chegaram de novo. Suso recebeu passe em escanteio curto na direita e levantou a bola na segunda trave. Musacchio apareceu para cabecear, porém estava desequilibrado e testou para fora. O Bologna também se soltou no ataque e quase marcou com Orsini. O atacante foi lançado por Sansone e, depois de dominar no peito e adiantar a bola, ficou de frente para Donnarumma. O goleiro então saltou e salvou os rossoneros com o ombro direito.

Os visitantes, inclusive, chegaram a balançar as redes, porém o árbitro anulou por impedimento. O atacante Palacio recebeu em posição irregular e deslocou Donnarumma para marcar o gol irregular. Quem abriu o placar, porém, foi o Milan. José Mauri tocou para Suso e o atacante espanhol passou por dois marcadores na entrada da área e finalizar no canto esquerdo do goleiro para fazer um belo gol.

O Milan permaneceu no ataque e voltou a ficar próximo de marcar mais uma vez, com o centroavante Piatek. O polonês aproveitou bate e rebate dentro da área e finalizou de voleio para defesa de Skorupski.

O brasileiro Paquetá começou a aparecer mais no jogo no segundo tempo. O meio-campista acionou Çalhanoglu na meia-lua e o alemão finalizou com muita força, pouco acima do travessão. O ex-Flamengo teve papel fundamental no segundo gol. O jogador arriscou chute de fora da área e o goleiro do Bologna espalmou para o lado. Na sobra, Borini mostrou oportunismo para ampliar o marcador.

O Bologna marcou seu gol logo depois do Milan aumentar. Sansone fez lançamento por cima da zaga, que falhou, e deixou o centroavante Destro livre para finalizar e marcar. Os rossoneros se complicaram quando Paquetá foi expulso aos 27 minutos da segunda etapa. O brasileiro recebeu o cartão amarelo e, ao reclamar, deu um tapa na mão do árbitro, que não exitou e aplicou o vermelho para o meio-campista. 

O Bologna até esboçou uma pressão no final, porém não surtiu efeito. Donnarumma foi obrigado a fazer defesa em finalização de Edera no canto esquerdo baixo. Ainda deu tempo para Sansone receber o segundo cartão amarelo por reclamação e ser expulso no último minuto de jogo.

Outras postagens...

Entenda por que um time irlandês lançou camisa com o rosto de Bob Marley

Paulo Rogério

Libertadores: River Plate bate Santa Fe com meia machucado no gol e sem reservas e derruba Flu do 1º lugar

Paulo Rogério

Chelsea vence a Supercopa da Uefa sobre o Villarreal com Kepa decidindo após entrar para os pênaltis

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol