SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Pela Série D, Manaus prevê grupo difícil e Nacional acredita na classificação na fase de grupos

Os representantes do futebol amazonense no Campeonato Brasileiro da Série D já conhecem seus adversários na competição. O atual campeão estadual, o Manaus FC está no grupo A1, ao lado de Rio Branco-AC, Macapá-AP e Baré-RR. Já o Nacional, vice-campeão ano passado, ficou no grupo A3 com São Raimundo-PA, Real Desportivo-RO e São Raimundo-RR.

Com quatro competições na temporada, o Gavião do Norte depois de ser eliminado com uma grande atuação diante do CSA-AL, pela Copa do Brasil, mas passando pelo Remo-PA, na primeira fase da Copa Verde, que fazer história no primeiro com Baré, jogando em casa, entre os dias 21 e 22 de abril. Já o Leão da Vila Municipal, já acostumado na competição nacional, enfrenta o São Raimundo-RR, na capital amazonense, também com data a ser definida pela CBF.

O treinador do Manaus, Wladimir Araújo, ao saber do grupo na Série D, fez um analise dos seus adversários na primeira fase, mas mostrou confiança na classificação, mesmo não sabendo em detalhes sobre cada equipe.

– É um grupo muito forte com Rio Branco, que disputou a Série C. O Baré tem tradição na Série D e o Macapá, tem seu valor. Com certeza, é um grupo forte, mas estamos preparados para fazer um grande campeonato na competição. Vamos brigar pelo nosso objetivo, que é classificar em primeiro para ter vantagem no mata-mata, mas o Manaus tem todas as condições de passar – disse ao SPORTSMANAUS, mas apontou o time acriano como um dos favoritos na chave.

– O Rio Branco é uma equipe que tem mais tradição, com certeza é mais forte. Depois vem o Baré, acho que também vai brigar pela vaga. São as duas equipes com mais tradição e o Macapá deve ser a quarta força dentro da primeira fase.

Nada fácil

Para o diretor de futebol do Nacional, Maurilio Menezes Aguiar, o grupo já era o esperado, pois nessa fase a CBF procura reunir as equipes da região. Segundo o dirigente, a equipe tem plenas condições de conseguir a classificação.

– São clubes da região com características regionais que nós conhecemos e que dependendo do estádio, eles ganham força, mas em regra geral o grupo é equilibrado. Temos objetivos conjuntos, nós buscamos logicamente o acesso a Série C, sendo nossa maior meta, mas temos também o Amazonense. Como um está contido no outro, eu acredito que nós se saindo bem no estadual, já encaminha uma boa equipe para Série D – finalizou.

Outras postagens...

FAF confirma cinco equipes na divisão de acesso e a volta de Sul América e Iranduba

Paulo Rogério

Pelo cancelamento do Campeonato Amazonense, dirigentes defendem pró e contra da decisão

Paulo Rogério

Pelo Campeonato Amazonense, São Raimundo marca dois, mas empata com JC em 2 a 2, em Itacoatiara

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol