SportsManaus
NOTÍCIAS

Praças esportivas do Governo do Amazonas entram em processo final de revitalização nos gramados

Da Redação do Sports Manaus, com informações da Assessoria de Comunicação 

Cronograma prevê encerramento dos trabalhos técnicos na quinta-feira (20/01)

Foto: Mauro Neto/Faar

Promovendo melhorias para o esporte, o Governo do Amazonas, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), vem trabalhando nos gramados de suas praças esportivas, visando a temporada dos clubes locais, que terá pontapé inicial com o Campeonato Amazonense de futebol 2022, na categoria masculina, no dia 26 de janeiro.

O trabalho técnico é desenvolvido nos estádios Arena da Amazônia Vivaldo Lima, Ismael Benigno, Carlos Zamith e Oswaldo Frota, com os serviços de corte vertical, poda helicoidal drástica, descompactação, topdressing, adubação, replantios pontuais, aplicação de fungicidas, irrigação e marcação do campo.

“Durante o ano de 2021 tivemos inúmeros jogos sediados nas praças esportivas do Estado, assim como jogos da Seleção Brasileira Masculina e Feminina, tornando a Arena da Amazônia um roteiro internacional de campeonatos esportivos. Conforme portaria, estamos em processo de revitalização dos nossos gramados, para que em breve a Arena da Amazônia, Ismael Benigno, Carlos Zamith e Oswaldo Frota estejam devidamente prontos para receber jogos da temporada 2022”, disse Jorge Oliveira, diretor-presidente da Faar.

O engenheiro agrônomo da Greenleaf Gramados, Ricardo da Silva, falou sobre os aspectos técnicos envolvendo o trabalho da empresa na revitalização dos gramados explicando passo a passo o processo para tornar as praças esportivas administradas pela Faar com alta qualidade para desempenhar o esporte de alto rendimento.

“A gente corta todas as folhas, fazemos cortes verticais para tirar o colchão, que é uma camada de material orgânico morto, que acaba se acumulando entre o solo e a superfície da grama, pois essa acaba atrapalhando a jogabilidade no campo, então fazemos esse corte vertical para tirar esse resíduo”, afirmou o Ricardo da Silva, que continuou.

“Depois jogamos esse topdressing, que é a aplicação de areia superficial para corrigir o micronivelamento do campo, e também fizemos a descompactação, que, além de deixar o solo mais macio, proporciona um melhor desenvolvimento sistema radicular da grama, pois você quebra aquela área de superfície compactada do solo e favorece o crescimento do sistema radicular do gramado. Essas foram as etapas do processo de revitalização, que foram concluídas ontem com a adubação”, concluiu o engenheiro agrônomo da Greenleaf.

 

Outras postagens...

“Portuga” chega em Manaus para levar 4 amazonenses aprovados

Paulo Rogério

Depois da semifinal, Sul América e Operário decidem a Copa Metropolitana de Futebol Sub-18

Paulo Rogério

Chorado! Veja como o Brasil venceu a primeira na Copa com gols no fim

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol