SportsManaus
OUTROS ESPORTES

Rebeca Andrade será embaixadora dos Jogos da Juventude

Da Redação do Sports Manaus, com informações – COB

Campeã olímpica vai interagir e inspirar atletas da nova geração em Aracaju

Foto: Miriam Jeske/ COB

Motivação não faltará aos mais de 4 mil jovens que participarão dos Jogos da Juventude Aracaju 2022. Uma das principais estrelas do esporte nacional é presença garantida no evento, que acontece entre 2 e 17 de setembro. A campeã olímpica e mundial Rebeca Andrade é a primeira embaixadora confirmada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) na competição, que volta ao calendário nacional depois de dois anos em virtude da pandemia. A ginasta terá a missão de interagir e inspirar com os atletas da nova geração. Outra novidade para essa edição dos Jogos da Juventude é a transmissão ao vivo pelo Canal Olímpico do Brasil.

“Fiquei muito feliz com o convite do COB. Incentivar o esporte na base, estimular hábitos saudáveis e valores do esporte para jovens e crianças é fundamental não apenas para a formação de atletas, mas também de cidadãos de bem. Ser embaixadora dos Jogos da Juventude é uma honra e minha missão é inspirar essa garotada com mensagens e bons exemplos. Assim como fui inspirada por tantos grandes atletas quando eu ainda era uma menina que sonhava em ser atleta”, comentou Rebeca Andrade.

A presença de Rebeca em Aracaju ganha mais importância já que a ginástica artística fará sua estreia no programa esportivo dos Jogos da Juventude em 2022. Além dela, serão anunciados em breve outros grandes nomes do esporte nacional como embaixadores dos Jogos da Juventude.  Serão 16 modalidades em disputa esse ano e a ideia do COB é convidar um representante de cada para representar o seu esporte.

A principal função dos embaixadores é interagir com os jovens atletas, permitindo a troca de experiências com seus ídolos. Eles assistem as competições, entregam medalhas, alguns participam da cerimônia de abertura, de bate-papos e ações educativas. E certamente serão abordados para muitas selfies no Centro de Convivência da competição.

“Para muitos, os Jogos da Juventude é a porta de entrada para o sonho olímpico e nós queremos proporcionar um contato com os grandes ídolos do esporte brasileiro. Queremos que os melhores atletas de até 17 anos do país tenham inspiração e cada vez mais vontade de dar continuidade em suas trajetórias, buscando sempre a excelência para que em alguns anos eles também estejam entre os melhores atletas do mundo”, afirmou Kenji Saito, diretor de Desenvolvimento e Ciências do Esporte do COB.

 

 

Outras postagens...

Jogos Universitários chegam ao final em Brasília

Paulo Rogério

Seleção feminina é campeã por equipes no Pan de ginástica artística

Paulo Rogério

Olimpíada: Alison e Álvaro Filho vencem na estreia no vôlei de praia

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol