Santos se impõe na Vila, chega ao G8 do Brasileiro e afunda o Botafogo na lanterna da competição

40

Da redação do Sports Manaus, com informações do LANCE! – Vinícius Faustini – Santos (SP)

Soteldo e Bruno Marques marcam para o Peixe, enquanto Pedro Raul desconta para o Glorioso no 2 a 1 deste domingo, em jogo válido pela 30ª rodada

Foto:  Ivan Storti/Santos FC

Não teve nada de “ressaca” da ida para a final da Copa Libertadores. Em jogo marcado por muita persistência, o Santos contou com os gols de Soteldo e Bruno Marques para derrotar o Botafogo por 2 a 1 (Pedro Raul marcou para os botafoguenses) na tarde deste domingo, em jogo válido pela 30ª rodada, e chegou ao G8 do Brasileirão.  A equipe comandada por Cuca está com 45 pontos em 29 partidas, enquanto o Alvinegro amarga a lanterna da competição, com míseros 23 pontos em 30 jogos.

O Alvinegro volta a campo na próxima quarta-feira, às 17h, contra o Atlético-GO, no estádio Nilton Santos. O Peixe, por sua vez, enfrenta na quinta-feira o Fortaleza, no Castelão, às 19h.

Bastaram três minutos para evidenciar a superioridade do Santos e a tensão inicial do Botafogo. Após a finalização de Diego Pituca sair mascada, Soteldo se desvencilhou de Kevin e entrou na área. Enquanto Marcelo Benevenuto apenas observava, o camisa 10 teve liberdade para fazer um “mini-voleio” e estufar a rede.

Com espaço para se movimentar e maior volume de jogo, o Peixe viu Laércio desperdiçar chance de ampliar mas, aos poucos, deixou de impor seu ritmo. Melhor jogador santista na etapa inicial, Soteldo exigiu Diego Loureiro em cobrança traiçoeira de falta. 

GOL DE PÊNALTI ‘PÕE’ O BOTAFOGO DE NOVO NO JOGO 

Não faltou dedicação para a equipe de Eduardo Barroca tentar reagir ainda na etapa inicial. O comandante, que na parada técnica pediu “a bola no pé”, já tinha visto Bruno Nazário arriscar e Vladimir fazer a intervenção. Depois de uma série de cruzamentos pouco efetivos, o Botafogo encontrou o caminho para o empate no finzinho.

Caio Alexandre fez lançamento milimétrico para Matheus Babi, que foi derrubado dentro da área por Laércio. Pedro Raul converteu a cobrança deslocando Vladimir.

PRESSÃO SANTISTA RENDE ‘BOMBARDEIO’ CONTRA DIEGO LOUREIRO

O Santos regressou do intervalo tentando voltar a se impor diante de um adversário recuado. Kaio Jorge se desvencilhou de um adversário e bateu rente à trave. Logo depois, Marinho cobrou falta e a bola caprichosamente carimbou o travessão.  O camisa 11 teve nova oportunidade na bola parada, mas Diego Loureiro defendeu de mão trocada.

O arsenal santista trouxe um grande teste para Diego Loureiro, que fazia seu primeiro jogo na temporada. O goleiro salvou de mão trocada cobrança de falta de Marinho e cabeçada de Bruno Marques na pequena área. Enquanto isso, o Botafogo trocava passes e arriscava jogadas, mas era pouco incisivo e só exigiu Vladimir em conclusão de Pedro Raul.

BRUNO MARQUES DEIXA A VITÓRIA NA VILA

De tanto rondar a área botafoguense, o Santos encontrou o esperado gol da vitória. Soteldo avançou como quis pela direita e cruzou. A bola cruzou toda a área alvinegra até encontrar Bruno Marques, que deu cabeçada certeira e encobriu Diego Loureiro. O Botafogo chegou a ter um sopro de euforia quando Matheus Nascimento balançou a rede, mas o gol foi anulado por impedimento. Nos minutos finais, Marinho ainda carimbou a trave. Nada que tirasse a euforia santista.  

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2×1 BOTAFOGO

Data/Hora: 17/1/2021, às 16h
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões amarelos: Laércio, Soteldo (SAN), Kevin (BOT)

Gols: Soteldo, 3/1T (1-0), Pedro Raul, 46/1T (1-1) e Bruno Marques, 36/2 (2-1).

SANTOS: Vladimir, Pará, Laércio, Alex e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Sandry (Jean Mota, 26/2T) e Soteldo (Madson, 44/2T); Marinho (Arthur Gomes, 49/2T), Kaio Jorge (Bruno Marques, 26/2T) e Lucas Braga (Jobson, intervalo). Técnico: Cuca

BOTAFOGO: Diego Loureiro; Kevin (Gustavo Cascardo, intervalo), Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luis; Zé Welison (Cícero, 32/2T), Caio Alexandre e Bruno Nazário (Lecaros, 32/2T); Kelvin (Davi Araújo, 13/2T), Matheus Babi e Pedro Raul (Matheus Nascimento, 34/2T). Técnico: Eduardo Barroca

 



I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.