SportsManaus
FUTEBOL NACIONAL

São Paulo sai atrás, busca o empate com o Fluminense e se mantém líder

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações do LANCE – Yago Rudá – São Paulo (SP)

Com Diego Souza expulso aos 33 minutos do primeiro tempo, equipe de Diego Aguirre sai atrás, mas consegue buscar igualdade; Flu poderia ter saído com vitória nos minutos finais 

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Em uma partida repleta de oportunidades para os dois lados, São Paulo e Fluminense ficaram no empate, em 1 a 1, no Morumbi. Depois de ter Diego Souza expulso aos 33 minutos do primeiro tempo e sair atrás no marcador com um gol contra de Anderson Martins, o Tricolor do Morumbi teve forças para correr atrás do resultado e buscar a igualdade no marcador, placar que lhe garantiu a manutenção da liderança do Campeonato Brasileiro. 

Jogando para um público de mais de 49 mil pessoas em seu estádio, o São Paulo teve muitas dificuldades contra o Fluminense. Apesar de desfalcado de nomes importantes, como Gum e Pedro, os cariocas criaram muita resistência aos paulistas e poderiam ter conquistado a vitória, se não fosse a determinação do lateral Régis e uma dose de sorte dos mandantes já nos minutos finais.

Com a igualdade, o time de Diego Aguirre manteve sua invencibilidade no Morumbi e chegou aos 46 pontos na competição. Já o Fluminense, somou seu 27º ponto e segue em posição intermediária na classificação do Brasileirão.

Direto para o chuveiro
Dono da camisa 9 do São Paulo e um dos principais jogadores do atual elenco tricolor, Diego Souza foi protagonista do lance que mudou a história da partida e poderia ter resultado na vitória do Fluminense. Ainda na etapa inicial, o centroavante deu uma cotovelada em Léo, na altura do meio de campo, e imediatamente recebeu o cartão vermelho.

A cotovelada, apesar de não ter sido forte e ter pego no peito de Léo, foi sentida pelo jogador do Flu – que colocou a mão no rosto para reclamar. O árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA) acabou expulsando Diego.

Falha
Tão elogiada pelo técnico Diego Aguirre, a zaga do São Paulo protagonizou um lance bizarro que resultou no gol do Fluminense. Depois de um lançamento errado dos cariocas, o zagueiro Anderson Martins cabeceou para trás, enquanto o goleiro Sidão corria de encontrou a bola. Com o gol aberto, a bola rolou devagar até o fundo da rede. 

Na raça!
Poucos minutos depois de entrar em campo, o lateral Régis recolocou o Tricolor do Morumbi na partida. Sozinho e cercado de três marcadores, o camisa 33 partiu para o ataque, perdeu a bola para o lateral Ayrton Lucas, a recuperou na linha de fundo e cruzou na cabeça de Tréllez. O colombiano apenas teve o trabalho de estufar a rede defendida por Júlio César. 

Vitória escapa nos minutos finais
Quase no fim da partida, o Fluminense teve uma oportunidade de ouro para matar a partida e sair vitorioso do Morumbi. Depois de uma bela triangulação do time de Marcelo Oliveira, Matheus Alessandro saiu na cara do gol e carimbou a trava de Sidão. No rebote, Dodi parou em Anderson Martins. 

Bom público
Mais uma vez, a torcida do São Paulo registrou um bom público no Morumbi. Ao todo, 49.348 mil pessoas pagaram ingresso e assistiram o empate entre os tricolores paulista e carioca no Morumbi.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 FLUMINENSE
Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Data-Hora: 2/9/2018 – 16h
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA) 
Assistentes: Helcio Araujo Neves e Heronildo Freitas da Silva (PA)
Público/renda: 49.348 pagantes/R$ 1.881.675,00
Cartões amarelos: Bruno Peres e Tréllez (SAO), Sornoza e Jadson (FLU)
Cartões vermelhos: Diego Souza, aos 33’/1ºT (SAO)
Gols: Anderson Martins (contra) (8’/2ºT) (0-1), Tréllez (26’/2ºT) (1-1),

SÃO PAULO: Sidão; Bruno Peres, Bruno Alves, Anderson Martins e Edimar (Régis, aos 20’/2ºT); Hudson, Liziero (Luan, aos 33’/2ºT) e Shaylon (Tréllez, aos 8’/2ºT); Joao Rojas, Reinaldo e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre.

FLUMINENSE: Júlio César; Léo, Digão, Ibañez e Ayrton Lucas; Richard, Dodi, Jadson (Júnior Dutra, no intervalo) e Sornoza (Luciano, aos 25’/2ºT); Everaldo e Kayke (Matheus Alessandro, aos 31’/2ºT). Técnico: Marcelo Oliveira.

Outras postagens...

Atlético-MG bate Athletico-PR e segue em busca da liderança do Brasileirão

Paulo Rogério

Fluminense vence o Ceará no Castelão após 16 anos de jejum e se aproxima do G4 do Brasileirão

Paulo Rogério

Santos vence e abre boa vantagem sobre o Vasco na Copa do Brasil

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol