SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Série D: técnico do Manaus disse que é apenas cumprir dever de casa para garantir vaga

Foto: Janailton Falcão / Manaus FC

Agora é tudo ou nada para o Manaus diante do São Raimundo-PA, na sequência do Brasileiro da Série D no jogo de volta, pelas oitavas de final, neste sábado, 6/7, às 17h (18h de Brasília), na Arena da Amazônia, na capital amazonense. Depois da derrota no último final de semana por 1 a 0, somente a vitória interessa ao Gavião do Norte para chegar à próxima fase, que dá acesso ao Brasileiro da Série C de 2020.

De acordo com treinador Welington Fajardo, todo trabalho foi realizado ao longo da semana para deixar o Manaus pronto para a partida decisiva, que vai definir o futuro na Série D. Para ele, o importante foi esquecer o episódio do pênalti que originou o gol do adversário e focar na classificação.

– A motivação é sempre a mesma, pelo trabalho da semana, o time está muito motivado, mas independentemente do que aconteceu, triste por ter perdido o jogo pela forma como do fato extremamente infeliz do arbitro, mas de certa forma motivados de poder reverter o quadro, pois é a terceira fase, que é importante e faz parte de passar para última do acesso, portanto, a motivação é muito grande – disse.

– Ganhar jogo é sempre difícil, nós temos dessa vez o fato que temos de trabalhar muito a ansiedade, temos que apenas jogar futebol e fazer o que temos feito durante todas as partidas em casa. Agora é tentar pensar e jogar apenas futebol, e deixar a ansiedade bem baixa, para que isso, não venha atrapalhar no desenvolvimento do atleta em campo.

Sobre os desfalques que podem prejudicar a equipe diante do time paraense, Welington Fajardo, foi enfático ao mencionar que o elenco tem jogadores que podem substituir a altura os considerados titulares.

– Temos jogadores dentro do grupo e aconteceu durante o campeonato inteiro da gente substituir por contusão ou suspensão. Espero que os jogadores que entrem em campo para substituir correspondam, mas os outros com certeza, que podem entrar durante o jogo possam reverter a derrota em Santarém.

Outras postagens...

Em sua estreia, Princesa passa pelo Rio Negro, pelo Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

Na faixa de 17 a 21 anos, Lana tem a missão de comandar a jovem equipe do Princesa na temporada

Paulo Rogério

Com a base do Cliper, técnico do São Raimundo espera surpreender Manaus na estreia do Amazonense

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol