STJD indefere pedido do Vasco para anulação de jogo contra o Inter

59

Da redação do Sports Manaus, com informações da AGÊNCIA BRASIL – Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo

Clube reclama de falha no sistema do VAR e recorrerá da decisão

Foto: Ricardo Duarte/Internacional/Direitos Reservados

O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Otávio Noronha, indeferiu nesta quinta-feira (4) o pedido do Vasco para anulação do jogo contra o Internacional, realizado no dia 14 de fevereiro, no estádio de São Januário, pela 36ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro de 2020. O Cruzmaltino entende ter sido prejudicado por um defeito nas linhas de impedimento do equipamento usado pela arbitragem de vídeo (VAR) no lance do primeiro gol do Colorado, que venceu por 2 a 0.

No despacho publicado no site oficial do STJD, Noronha argumenta que não houve “erro de direito”, como sustenta o clube carioca. Segundo o presidente, o Pleno do Tribunal já havia entendido, por unanimidade de votos, que um eventual erro de interpretação “não tem condão de anular uma partida”.

“Com todas as vênias, na presente hipótese, inexiste qualquer indício, mínimo que seja, a indicar um eventual erro deliberado por parte da arbitragem; chegando, lado outro, a ser impossível supor que a equipe de arbitragem desconheça as regras do jogo relativas à condição de impedimento. E se assim o é, mesmo se erro houvesse – o que não está a se afirmar – seria, certamente, de fato, e não de direito, o que impede, certamente, o recebimento deste procedimento de impugnação de partida”, diz o despacho.

Em nota, o Vasco afirma que recorrerá da decisão. O clube ainda diz que foi, “disparado”, o que teve mais decisões “desfavoráveis” do VAR no Brasileirão, com “18 intervenções contrárias”. O Cruzmaltino ainda menciona o diálogo entre os profissionais responsáveis pela arbitragem de vídeo, entendendo que “os operadores da tecnologia desistiram de aguardar a resolução do problema que dificultou o uso da linha de impedimento, muito embora a empresa tenha afirmado que o problema foi solucionado em poucos minutos”.

A polêmica

O lance ocorreu aos nove minutos do primeiro tempo. O lateral Moisés cobrou falta na área e Rodrigo Dourado, de cabeça, mandou para as redes. O Vasco argumenta que o volante do Inter estaria em posição de impedimento. O sistema do VAR, porém, não estava calibrado naquele momento e as linhas que ajudariam na identificação da posição irregular (ou não) do colorado não apareceram. O árbitro Flávio Rodrigues de Souza manteve a decisão de campo e validou o gol gaúcho.

O Vasco encerrou o Brasileirão na 17ª posição, sendo rebaixado à Série B. O clube terminou a competição com os mesmos 41 pontos do Fortaleza (16º), ficando atrás pelo saldo de gols.

Edição: Fábio Lisboa

 



I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.