SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL INTERNACIONAL

Superliga Europeia: Barcelona, Real e Juventus voltam a se reunir, criticam dupla PSG-City e defendem a ‘competição mais atrativa do mundo’

Da Redação do Sports Manaus, com informações – ESPN.com.br

Trio de clubes voltou a debater o tema e a possível criação do torneio

Foto: Reprodução 

A presença de Real MadridBarcelona e Juventus nos Estados Unidos para a realização da pré-temporada serviu para assuntos extracampo serem tratados. E um que voltou à tona foi o debate pela criação da Superliga.

De acordo com o jornal Marca, os presidentes dos três clubes se reuniram no último sábado (23) para tratar do assunto. O encontro durou pouco mais de uma hora e meia.

Segundo o veículo, os dirigentes estão otimistas quanto um respaldo jurídico que no primeiro semestre de 2023 será decidido que a Uefa realiza um monopólio, abrindo as portas para a criação da Superliga.

Em entrevista exclusiva à ESPN, Joan Laporta, presidente do Barcelona, revelou que os passos pelo torneio voltaram a ser dados e que a competição será a ‘mais atrativa do mundo’.

“Demos um passo. Alguns clubes, a princípio os que estão à frente. Juventus, Real e Barça. Há outros clubes que queriam estar, mas tiveram uma problemática determinada por não estarem tão decididos na hora de dar esse passo. Estamos com tranquilidade, sem ganas de insensibilidades, fomentando o diálogo com as instituições europeias, políticas e esportivas. Será a competição mais atrativa do mundo. Será uma competição aberta. Se respeitarão as ligas. Estamos abertos a conversar.”

Em seguida, em tom mais forte, o dirigente afirmou que os clubes ‘suportam o modelo europeu’ e detonou os clubes-estado, colocando-os como não-sustentáveis.

Estamos suportando o que é a carga do futebol europeu. E aí creio que pode ser a competição mais atrativa do mundo. Estamos seguros que vamos fazer as coisas bem, porque a lei nos ampara. Temos que marcar normas que nos permitam competir com os clubes-estado, que os recursos não provêm da indústria do futebol. Eles distorcem o futebol europeu e creio que não sejam sustentáveis, em que clubes com história, como Juve, Real e Barça, se veem ameaçados”, finalizou.

 

 

Outras postagens...

Barcelona e Bayern chegam a acordo, e Lewandowski está perto de trocar de clube por R$ 272 milhões

Paulo Rogério

Após a goleada no estadual da Série B, zagueiro do Rio Negro afirma: “Em busca de outra vitória”

Paulo Rogério

Presidente do Barcelona é investigado por esquema de corrupção

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol