SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

Técnico da Aparecidense-GO reconhece favoritismo do Manaus na Série C, mas avisa: “Vamos para buscar a vitória”

No primeiro jogo fora de casa, o Camaleão conquistou uma boa vitóira diante do Ypiranga-RS por 2 a 0.

Foto: Divulgação / Aparecidense-GO

Com uma vitória e uma derrota, a Associação Atlética Aparecidense-GO, trabalha seus ajustes em sua primeira participação no Campeonato Brasileiro da Série C. No segundo compromisso fora de casa, o Camaleão enfrenta o Manaus, neste domingo, 24/4, às 15h (16h de Brasília), na Arena da Amazônia, na capital amazonense. Pela primeira rodada, a equipe goiana conquistou uma boa vitória fora diante do Ypiranga-RS por 2 a 0.

De acordo com o técnico Eduardo Souza, o time amazonense tem suas qualidades, e já demonstrou isso em campo com jogadores perigosos. Segundo ele, será uma partida muito difícil por várias situações.  

– É um adversário muito agressivo, que sabe usar o fator campo e clima. É um jogo a ser realizado as três da tarde do horário de Manaus, onde será uma partida pesada. Claro, que nós viemos de um clima de sol, mas lá é um clima muito úmido, porém, estamos atentos a isso – disse ao SPORTS MANAUS, mas ainda frisou.

– O Manaus é um time, que usa muito os lados dos campos, tem uma bola aérea muito forte, haja vista que os dois gols na Série C, tanto com o Brasil saiu pela lateral, e diante do Remo no cruzamento com Hélio Paraíba. A gente tem que estar muito atentos a isso, mas também é uma equipe como todas da Série C, inclusive como a nossa que tem as deficiências – salientou o treinador.

LEIA MAIS:

Para o comandante do Camaleão, o elenco trabalhou intensamente durante a semana para superar as dificuldades naturais de mais um confronto fora de casa, como tem feito até agora no começo da Série C.

– Vamos para Manaus buscar a vitória, vamos trabalhar, agredir o adversário para ser competitivo. Trabalhamos durante a semana alguns pontos, que podemos explorar dentro do jogo. Armamos algumas estratégias, fizemos algumas trocas para ter essa estratégia, tanto no primeiro, como no segundo tempo para que a gente possa fazer mais um bom jogo e transformar em vitória, assim como foi em Erechim – comentou, mas frisou a sequencia com duas equipes bem fortes no campeonato.

– Nós pegamos dois times favoritos ao acesso e a classificação. O Manaus também é uma equipe que nos últimos anos, a exemplo do ano passado bateu na trave pelo acesso. E um time que tem um poder de investimento, é o maior do estado, e é apontado como futuro time na Série B. Nós sabemos, que a Aparecidense tem potencial para chegar em qualquer lugar, fazer um bom jogo e brigar pela vitória – finalizou Eduardo.  

 

 

Outras postagens...

Fluminense atropela o Cruzeiro em pleno Mineirão e avança às quartas de final da Copa do Brasil

Paulo Rogério

Esperança do Librade no Amazonense da Série B, jovem centroavante afirma: “Quero marcar muitos gols”

Paulo Rogério

Em jogo histórico, Fast goleia Bahia e garante vaga na próxima fase da Copa do Brasil Sub-20

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol