Thuler chama Lincoln de ‘macaco’ e é criticado por torcedores na web; zagueiro do Flamengo se pronuncia

81

Da redação do Sports Manaus, com informações do LANCE! – Rio de Janeiro (RJ)

No Twitter, internautas ficaram na bronca com atleta e reclamaram de racismo. Companheiros de equipe conversavam pelo Instagram com seguidores

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo 

O zagueiro Matheus Thuler, do Flamengo, foi acusado de racismo após chamar o atacante Lincoln, também do Rubro-Negro, de “macaco”.  A declaração foi feita durante um vídeo junto do meia Vinícius Souza, outro atleta da base do clube, e não foi bem vista entre os internautas.

Na “live” (vídeo ao vivo) com os torcedores, Thuler chama o amigo, que não responde, e pouco depois chama Lincoln: “E aí, preto?”. Após a declaração, o meia Vinícius emenda: “Que isso, cara?”, logo após ouvir a palavra “macaco”. Embora o vídeo não esteja mais disponível, muitos torcedores salvaram o momento exato do vídeo, sem demais contexto.

O caso não demorou muito para ser repercutido nas redes sociais. Depois do vídeo, o nome de Thuler ficou em primeiro lugar no Twitter, como o mais comentado do momento. Depois da repercussão, Vinicius Souza apagou a “live”, que automaticamente fica salva no Instagram. 

No Rio Grande do Norte passando férias após o fim da temporada de 2019, Vinicius, o goleiro Gabriel Batista e o zagueiro Thuler estão aproveitando os dias de descanso. Os jogadores ainda curtiram uma festa na cidade na noite deste sábado.

O atacante Lincoln, que chegou a disputar a última partida do clube carioca pelo Mundial de Clubes, contra o Liverpool, em dezembro, no Qatar, também curte os dias de folga até a volta para a temporada de 2020. O Flamengo se reapresenta em janeiro e a expectativa é que um time das categorias de base do clube tenha espaço durante a disputa do Campeonato Carioca.

Após a repercussão, o zagueiro comentou a declaração e pediu desculpas. Lincoln também se pronunciou sobre a polêmica pelo Instagram.  Veja as postagens dos atletas:



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.