Site www.sportsmanaus.com.br full screen background image

Tumulto, choro e ameaça de invasão: treino da Seleção tem clima tenso

128

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações de Bernardo Cruz – LANCENET

Grande quantidade de torcedores se aglomerou na entrada na Granja Comary para tentar assistir à atividade da equipe de Tite. Barreira policial controlou entrada

Foto: Bernardo Cruz

Choros, confusão e clima tenso. O que era pra ser um dia de festa para a torcida no penúltimo treino da Seleção Brasileira na Granja Comary, em Teresópolis, acabou tendo esse cenário. Cerca de 400 pessoas (estimativa não oficial) comparecerem ao local para ver de perto os jogadores. Nem todos conseguiram.

Desde as primeiras horas desta sexta-feira, torcedores começaram a se concentrar na entrada da Granja Comary. Por volta das 14h, devido ao alto número e, de forma desordenada, houve uma tentativa de entrar no local. Foi o estopim para a confusão generalizada.

– Estou aqui em Teresópolis desde segunda-feira. Dormi na rodoviária, tudo porque queria ver a Seleção. Quando vi a movimentação muito grande, por minha iniciativa e para ajudar outras pessoas, consegui organizar uma lista. Tinha cerca de 390 – declarou Ryan Thierre, de 22 anos, morador de Nova Iguaçu.

Por iniciativa deste torcedor, os funcionários do condomínio onde fica a Granja, juntamente com a Polícia Militar, tentaram organizar a situação. Não tiveram muito êxito e o clima ficou exaltado. Muitas crianças estavam presentes e choraram com o ocorrido. Em alguns casos, elas entravam e ficavam esperando os responsáveis conseguirem superar o tumulto.

Diante da proximidade da atividade, o síndico do condomínio da Granja foi ao local e informou para a polícia que iria abrir os portões. Após muita conversa, foi montado um esquema e, aos poucos, os torcedores foram entrando. Na segunda barreira, onde a PM fez o controle, nem todos puderam entrar.

Com o treino já em andamento, os que ficaram na barreira policial gritaram para entrar no local. Foi em vão. Gritos de “vergonha” e “Uh é 7 a 1” foram entoados. Alguns torcedores tentaram invadir, mas foram contidos. A segurança foi reforçada. Uma tarde que tinha tudo para ser de festa do encontro entre Seleção e torcida acabou prejudicado por essa série de incidentes.



Paulo Rogério/sportsmanaus@gmail.com

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) / +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.