Vasco joga mal e fica no empate sem gols com Volta Redonda pela Taça Rio

93

Da redação do Sports Manaus, com informações do LANCE – Gabriel Grey – Volta Redonda (RJ)

Ainda sem vencer no segundo turno do Carioca, Cruz-Maltino soma apenas dois pontos no Grupo B e está fora da zona de classificação em 4º lugar

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Mais do mesmo. Com outra atuação ruim, o Vasco empatou sem gols com o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira, neste domingo, e saiu de campo, mais uma vez, ouvindo vaias e protestos de seus torcedores. Ainda sem vencer na Taça Rio, Cruz-Maltino soma apenas dois pontos no Grupo B e está fora da zona de classificação em 4º lugar.

A equipe de Abel Braga volta agora suas atenções para Copa do Brasil. O Gigante da Colina enfrenta o Goiás, na próxima quinta-feira, às 21h30, em São Januário.

Lá e cá
A partida começou movimentada no Raulino de Oliveira, com chances de gol para as duas equipes. Logo no primeiro minuto, Marcelo bateu rasteiro, a bola desviou, e sobrou para João Carlos na pequena área, mas o camisa 9 chutou desequilibrado e isolou. Na sequência, Bernardo, ex-Vasco, aproveitou uma saída errada de Pikachu, soltou a bomba de fora da área e obrigou Fernando Miguel a fazer uma grande defesa. O Vasco respondeu. Aos 12, Cano recebeu bola dentro da área, se livrou da marcação e chutou forte, mas o goleiro Douglas Borges fez boa defesa. O Cruz-Maltino tinha dificuldade para criar jogadas com troca de passe e insistia nos lançamentos longos. Aos 23, Pikachu foi lançado por Vinícius, invadiu a área e chutou forte por cima do gol.

Trave salva o Vasco
A equipe de Abel Braga parecia começar a ter o controle do jogo, mas o Volta Redonda voltou a assustar. Aos 25, o artilheiro João Carlos recebeu da entrada da área e soltou uma bomba no travessão. No minuto seguinte, a trave salvou o Vasco de novo. Em jogada pela ponta de Oliveira, Bernardo chegou batendo de primeira, com a perna esquerda, e carimbou o pé da trave vascaína. A pressão do Tricolor de Aço continuou. Aos 32, Pedrinho cobrou falta com categoria e a bola passou raspando o ângulo de Fernando Miguel. O primeiro tempo terminou com chance para os dois lados. Em contra-ataque puxado por Raúl, aos 41, Pikachu apareceu novamente como opção e soltou uma bomba obrigando Douglas Borges a fazer grande defesa. O Voltaço respondeu no último lance da primeira etapa. Em saída de bola errada do Vasco, a bola sobrou com João Carlos e o atacante acabou chutando para fora.

Empate amargo
O Vasco voltou mais organizado e conseguiu criar boas oportunidades na primeira metade da segunda etapa. Aos 12 minutos, Andrey, que pouco ajudou o ataque na primeira etapa, arriscou um chute forte, de longe, mas Douglas Borges fez grande defesa. A pressão continuou e o Cruz-Maltino teve a melhor oportunidade do jogo. Aos 15, Pikachu conseguiu encontrar Marrony entre o zagueiros, sozinho na área. O camisa 7 tentou driblar o goleiro e a bola acabou sobrando com Vinícius. O jovem atacante chutou de primeira, mas o zagueiro Daniel salvou em cima da linha. Abel tentou dar mais intensidade ao seu time e lançou Ribamar e Tiago Reis, mas foi Cano quem teve a última oportunidade. Aos 47, o argentino recebeu na entrada da área, girou e chutou forte de fora da área, mas Douglas salvou a pátria do Tricolor de Aço. Apesar de muitos atacantes, o Cruz-Maltino não conseguiu furar o bloqueio da zaga do Voltaço e acabou amargando mais um empate no Campeonato Carioca.

FICHA TÉCNICA:
VOLTA REDONDA 0 X 0 VASCO

Data/Hora: 08/03/2020, às 16h.
Local: Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ).
Árbitro: Rodrigo Carvalho de Miranda. NotaL!: 5,0 – Inverteu muitas faltas durante a partida.
Auxiliares: Gustavo Mota Correia e Thiago Gomes Magalhães.
Gramado: Regular
Público e renda: Público: 6.771 / R$140.930,00
Cartão amarelo: Andrey (VAS) / João Carlos (VRE)
Cartão vermelho: –

GOL: 

VOLTA REDONDA: Douglas Borges; Oliveira, Heitor, Daniel, Luiz Paulo; Bruno Barra, Marcelo [Saulo Mineiro, 37′ 1ºT (Douglas Lima, 16′ 2º)], Bernardo, Wallisson (William Mineiro, 30′ 2ºT); Pedrinho e João Carlos. Técnico: Luizinho Vieira

VASCO: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Werley, Leandro Castan, Henrique; Andrey, Raul (Tiago Reis, 22 ‘2ºT), Marcos Jr (Juninho – Intervalo); Vinícius (Ribamar, 31’ 2ºT), Cano e Marrony. Técnico: Abel Braga



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.