SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Após lockdown, técnico do Vila Nova-GO reinicia pré-temporada para estreia com Manaus, pela Série C

Foto: Douglas Monteiro

Último colocado ano passado da Série B, com 39 pontos, o Vila Nova-GO só pensa em seu retorno de divisão este ano. Após começar a pré-temporada no último dia 14 de junho, para disputa do Campeonato Brasileiro da Série C, a equipe retorna as atividades essa semana, depois do lockdown decretado pelo governo de Goiás. O Tigrão está no grupo A, com Botafogo-PB, Ferroviária-CE, Imperatriz-MA, Jacuipense-BA, Paysandu-PA, Remo-PA, Santa Cruz e Treze-PB.

De Goiânia, o treinador Fabian Guedes, o Bolívar, 39 anos, disse ao SPORTS MANAUS, que os treinos vão retornar na cidade de Santo Antônio, que fica na região metropolitana da capital. Para ele, apesar da parada, acredita que não vai atrapalhar a preparação, mas confessou que não foi muito bom.

– Acho que a gente não vai perder, porque temos um tempo de preparação. Claro que ficamos uma semana parada, e sabemos o quanto isso prejudica e acaba perdendo bastante coisa do que ganhamos nesse tempo de preparação. Ainda temos um tempo bom e estamos bem focados para poder acelerar a parte física, técnica e tática para que a gente possa ter uma equipe bem competitiva quando iniciar a competição – explicou, mas sintetizou sobre esse momento de isolamento social que vive o país.

– A gente sabe que depende do futebol e o quanto isso reflete no mundo, mas primeiramente pensando na saúde de todos. Eu acho que a partir desse momento que acaba se definindo uma data para iniciar o campeonato, acho que todos os times vão estar cumprindo tudo que é necessário e todos os protocolos para a volta das competições – disse.

Sobre o adversário de estreia na Série C, Bolívar afirma que o time amazonense manteve uma base para competição e considera isso importante. Por isso, acredita que vai ter pela frente uma equipe homogênea e com um elenco que já se conhece algum tempo.

– É uma equipe que manteve uma boa base do ano passado, quando conseguiu o acesso e acabou trazendo alguns jogadores pontuais. A gente sabe que o entrosamento é fundamental nesse período, principalmente nessa paralisação toda. Claro que na parte física com 30 dias, acredito que tem como fazer uma boa preparação. Acho que de repente conta muito uma equipe que manteve a base, isso é importante para poder dar continuidade ao trabalho – finalizou, mas ficou satisfeito com a divulgação do calendário pela CBF.

– É importante saber que tem uma data para o início da competição. A CBF acabou definindo as Séries A, B e C na mesma data. Isso é fundamental para que possamos ter o começo do campeonato e não só ficar apenas nos treinamentos. Agora é se preparar da melhor maneira possível, porque sabemos que vai ser uma competição muito forte e precisamos estar bem para alcançar nossos objetivos – justificou Bolívar.  

Outras postagens...

Representantes da Associação de Clubes do Amazonas se reúnem e definem dia 21/10 a eleição da entidade

Paulo Rogério

Na última tentativa, Nacional entra com recurso voluntário no Pleno do STJD contra decisão do TJD-AM

Paulo Rogério

Presidente do Galvez-AC diz que manteve 70% do time para o returno, mas teme o final próximo da Série D

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...