Avassalador, Flamengo goleia o Madureira e recupera liderança da Taça Guanabara

53

Da redação do Sports Manaus, com informações do LANCE! – Lucas Pessôa  – Volta Redonda (RJ)

Gabigol marca dois, chega ao 73º gol e se torna o maior artilheiro do Rubro-Negro no século

Foto: Alexandre Vidal e Marcelo Cortes/CRF

Bastou um primeiro tempo em ritmo avassalador para o Flamengo acabar com a invencibilidade do Madureira no Campeonato Carioca. Com grande volume de jogo e bela atuação coletiva, o Rubro-Negro goleou por 5 a 1 e reassumiu a liderança da Taça Guanabara. Gabigol (2), Gerson, Diego e Arrascaeta marcaram para a equipe comandada por Rogério Ceni, enquanto Luiz Paulo descontou para o Tricolor Suburbano.

Este foi o último teste do Flamengo antes da primeira decisão da temporada. No próximo domingo, às 11h (de Brasília), a equipe rubro-negra volta a campo para enfrentar o Palmeiras, pela Supercopa do Brasil. A partida será disputada no Mané Garrincha, em Brasília.

Veja os destaques da goleada do Flamengo:

INÍCIO AVASSALADOR, GOL MAL ANULADO E BOLAS NA TRAVE

Assim como na última partida contra o Bangu, o Flamengo impôs um grande volume de jogo desde o início da partida. O Madureira até arriscou uma pressão na saída de bola, mas as linhas foram facilmente batidas e a equipe rubro-negra encontrou os espaços para construir oportunidades de gol.

Na primeira grande jogada, logo aos sete minutos de jogo, Gerson tabelou com Arrascaeta e serviu Gabigol na pequena área. O camisa 9 chegou a balançar as redes, mas o gol foi anulado após o assistente marcar um impedimento inexistente de Gerson na jogada. Em seguida, o Flamengo voltou a levar perigo com duas bolas seguidas na trave: primeiro em uma cabeçada de Bruno Henrique e depois com um chute desviado de Diego.

73 VEZES GABIGOL, O ARTILHEIRO DO SÉCULO

Com todo esse volume, não demorou muito para o Flamengo enfim tirar o zero do marcador e construir a vitória com naturalidade. Aos 15′, Bruno Henrique foi derrubado por Breno dentro da área, e Gabigol cobrou com categoria para marcar o seu 72º gol com a camisa rubro-negra. 

Pouco depois, aos 28′, saiu o gol histórico: Gabigol aproveitou o rebote após cabeceio de Rodrigo Caio e balançou as redes pela 73ª vez pelo Flamengo. Assim, ele se igualou a Renato Abreu e se tornou o maior goleador do clube no século XXI.

VOLANTES CHEGANDO NA ÁREA E MARCANDO

Não foi só Gabigol quem balançou as redes do Madureira. Antes do camisa 9 marcar o segundo gol dele, o Flamengo já vencia por 2 a 0: aos 21′, Gerson recebeu passe de Filipe Luís, dominou livre na área e finalizou cruzado para bater Felipe Lacerda. No fim do primeiro tempo, aos 43′, foi a vez de Diego receber assistência de Isla e finalizar de primeira para marcar o quarto gol do Flamengo.

ETAPA FINAL PROTOCOLAR

Na volta do intervalo, o Flamengo manteve o mesmo ritmo no ataque, mas foi o Madureira quem marcou primeiro. Em cobrança de escanteio aos 12 minutos, a marcação por zona do Rubro-Negro não funcionou, e Luiz Paulo cabeceou livre na pequena área para diminuir o placar.

Qualquer indício de reação, no entanto, parou por aí. Aos 19′, Gerson achou Arrascaeta aberto pela esquerda, o uruguaio cortou o marcador e teve liberdade para marcar o quinto gol rubro-negro. Em seguida, o Flamengo diminuiu o ritmo, e Rogério Ceni aproveitou para rodar a equipe com as cinco substituições disponíveis.

FICHA-TÉCNICA
Madureira 1 x 5 Flamengo – 8ª rodada da Taça Guanabara

Estádio: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data e hora: 05 de abril de 2021, às 21h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Assistentes: Gabriel Conti Viana e Thiago Gomes Magalhães
Cartões amarelos: Breno (MAD) / Willian Arão, Vitinho, Gabigol, Rodrigo Muniz e Bruno Henrique (FLA)
Cartões vermelho: Bruno Oliveira (MAD)

GOLS: Gabigol, 16’/1ºT (0-1) e 28’/1ºT (0-3); Gerson, 21’/1ºT (0-2); Diego, 43’/1ºT (0-4), Luiz Paulo, 12’/2ºT (1-4) e Arrascaeta, 19’/2ºT (1-5)

MADUREIRA (Técnico: Alfredo Sampaio)

Felipe Lacerda; Rhuan (Bruno Oliveira, 0’/2ºT), Breno, Maurício Barbosa e Juninho; Victor Feitosa (Humberto, 29’/2ºT), Rodrigo Yuri (Gutemberg, 29’/2ºT) e Nivaldo (Eberson, 0’/2ºT); Sillas, Luiz Paulo e Bruno Santos.

FLAMENGO (Técnico: Rogério Ceni)

Diego Alves; Isla (Vitinho, 37’/2ºT), Willian Arão, Rodrigo Caio (Bruno Viana, 21’/2ºT) e Filipe Luís; Diego Ribas (Hugo Moura, 30’/2ºT), Gerson (João Gomes, 30’/2ºT), Everton Ribeiro (Rodrigo Muniz, 30’/2ºT) e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.

 



I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.